Saltar para o conteúdo

Tiroteio em Praga em 2023

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tiroteio em Praga em 2023
Local Perto da Faculdade de Letras da Universidade Carolina, Praga, República Tcheca
Coordenadas 50° 05′ 21″ N, 14° 24′ 58″ L
Data 21 de dezembro de 2023
c. 15h00–15h20 (CET, UTC+1)
Tipo de ataque Tiroteio em escola, tiroteio em massa, assassinato-suicídio, spree killer, assassinato em massa, parricídio
Arma(s) Rifle estilo AR-10[1]
Mortes 16 (incluindo o perpetrador)[nota 1]
Feridos 25
Responsável(is) David Kozák

O tiroteio em Praga em 2023 ocorreu em 21 de dezembro de 2023, quando 16 pessoas, incluindo o atirador,[2][3][4] foram mortas em um tiroteio em massa na Faculdade de Letras da Universidade Carolina, na Praça Jan Palach, no centro de Praga, República Tcheca. Mais vinte e cinco pessoas ficaram feridas, nove delas gravemente.[5][6][7]

A polícia chegou e isolou uma grande área ao redor do local do tiroteio.[7][8] Ao fazê-lo, o atirador suicidou-se e o edifício da universidade foi evacuado.[7][9] A polícia encontrou seu pai morto no início do dia.[3]

O atentado é o tiroteio em massa mais mortal na história da República Checa desde a dissolução da Tchecoslováquia em 1993,[10] e é um dos tiroteios em massa mais mortíferos na Europa desde o massacre do teatro Bataclan em novembro de 2015.[11]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Assassinatos anteriores[editar | editar código-fonte]

Segundo a polícia, o suspeito foi possivelmente responsável pelos assassinatos de um pai de 32 anos e do seu filho num carrinho de bebê em uma floresta de Klánovice, no dia 15 de dezembro.[12] A operação de busca, durante a qual centenas de policiais revistaram toda a floresta, terminou em 20 de dezembro sem que nenhum suspeito fosse encontrado.[13]

De acordo com um oficial da Interpol, o suspeito matou seu pai na casa de sua família em Hostouň, distrito de Kladno, no mesmo dia do tiroteio na escola.[2][14]

A polícia revistou a residência, onde teria encontrado dispositivos explosivos improvisados e outros explosivos e armas de fogo.[15] A polícia também realizou buscas no Aeroporto de Praga,[16] onde o pai do atirador trabalhava no departamento de segurança do aeroporto.[17]

Tiroteio na Universidade Carolina[editar | editar código-fonte]

O prédio da Faculdade de Letras da Universidade Carolina.

As autoridades descobriram um grande arsenal de armas naquele dia num edifício da Universidade Carolina, no centro de Praga, e também foram informadas de que o atirador estava a caminho de Praga para tirar a própria vida. Pouco depois disso, o pai do atirador foi encontrado morto.[18]

Às 14h00, a polícia evacuou um prédio da Universidade Carolina, na rua Celetná, onde o suspeito deveria assistir a uma palestra.[19] Às 14h59, a polícia recebeu os primeiros relatos de tiroteio em outro prédio, com relatos de tiros vindos do telhado do prédio da faculdade de artes da universidade.[2] De acordo com Pavel Nedoma, diretor da vizinha Galeria Rudolfinum, um homem foi visto em uma varanda atirando em direção à ponte Mánes, sobre o rio Moldava. Às 15h20, a polícia encontrou o atirador morto.[14] Mais tarde, a polícia revistou a Praça Jan Palach e uma varanda em busca de explosivos.[20]

Um vídeo do repórter Jiří Forman mostrou o suspeito na escola com um rifle. Forman gritou para o suspeito: "Estou aqui, atire aqui!", na tentativa de desviar o fogo dos estudantes que evacuavam do prédio. Forman relatou a interação a um repórter da TV Nova, uma estação de televisão tcheca.[21]

Vítimas[editar | editar código-fonte]

O atirador matou 14 pessoas na universidade e feriu outras 25.[22]

Perpetrador[editar | editar código-fonte]

No dia seguinte ao tiroteio, foi montado um memorial improvisado em frente ao gabinete do reitor da universidade.

Um policial da Interpol de Praga disse que o autor do crime foi David Kozak, um estudante de história de 24 anos da cidade de Kladno, a 24 quilômetros de Praga.[4][23] Pensa-se que o atirador foi inspirado por outros tiroteios em massa no exterior, como o tiroteio na escola em Bryansk, na Rússia, ocorrido no início de dezembro.[2][24] O chefe da polícia tcheca, Martin Vondrášek, afirmou que o atirador tinha licença para porte de arma e possuía várias armas.[8]

Ele se formou como bacharel em História – Estudos Europeus pela Faculdade de Letras da Universidade Carolina.[25] Em 20 de junho de 2022, defendeu a sua tese de bacharel A problemática do antagonismo da revolta camponesa galega e da revolta de Cracóvia no ano de 1846.[26] Na tese, investigou as causas da derrota da revolta de Cracóvia para a independência do Estado polaco, principalmente o fracasso dos esforços dos insurgentes polacos para obter o apoio dos camponeses galegos para a sua causa. O Instituto Polaco de Praga atribuiu a esta tese o Prémio Marian Szyjkovský na categoria de melhor tese de licenciatura; eles entregaram o prêmio na Embaixada da Polônia em Praga, em 28 de abril de 2023.[27]

Notas e referências

Notas

  1. Incluindo quatorze na universidade, o perpetrador e o pai do perpetrador na casa de sua família.

Referências

  1. «Samonabíjecí pušky mají vrazi rádi. Čím střílel útočník z pražské fakulty». iDnes.cz. 21 de dezembro de 2023. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  2. a b c d Higgins, Andrew; Gross, Jenny (21 de dezembro de 2023). «15 Dead in Czech Republic After Shooting at Prague University». The New York Times. Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  3. a b Dalton, Jane (21 de dezembro de 2023). «=Prague shooting: Gunman kills at least 15 people at Charles university». The Independent. Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  4. a b Soukup, Jaroslav (21 de dezembro de 2023). «Masovým vrahem je 24letý student univerzity». Novinky.cz (em checo). Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  5. «Prague shooting: Several dead and dozens injured in university shooting» (em inglês). BBC. 21 de dezembro de 2023. Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  6. Laca, Peter (21 de dezembro de 2023). «Several Dead, Wounded in Prague University Shooting, Police Say». Bloomberg (em inglês). Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  7. a b c Nohl, Radek; Svihel, Petr. «Po střelbě na Filozofické fakultě je deset mrtvých, další jsou vážně zranění». Seznamzpravy (em checo). Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  8. a b Kottasová, Ivana; Gretener, Jessie; Mastrini, John (21 de dezembro de 2023). «Gunman kills 14 people and wounds 25 others at Prague university». CNN. Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  9. «Czech police say people have been killed in a shooting in downtown Prague». Houston Chronicle (em inglês). 21 de dezembro de 2023. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  10. «What we know about the mass shooting in Prague». BBC News. 21 de dezembro de 2023. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  11. De Vynck, Gerrit; Brady, Kate (21 de dezembro de 2023). «At least 15 dead in shootings at university in Prague». The Washington Post. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  12. «Prague shooter connected with two murders last week». BBC News. 21 de dezembro de 2023. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  13. Gavriněv, Vojtěch (21 de dezembro de 2023). «Co víme týden od vraždy v Klánovicích. Zločinec musí být absolutně bezcitný». Seznam zprávy (em checo) 
  14. a b Bayer, Lili (21 de dezembro de 2023). «At least 15 dead and dozens injured in Prague university shooting, Czech police say – as it happened». the Guardian. ISSN 0261-3077. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  15. Holoubek, Jan (21 de dezembro de 2023). «Masový vrah Kozák měl doma připravenou bombu». PrahaIN.cz (em checo) 
  16. Tykalová, Tereza (21 de dezembro de 2023). «Zasahují v Hostouni i na ruzyňském letišti. Policie má kvůli střelci manévry». iDNES.cz (em checo). Czech News Agency 
  17. Ehl, Martin (21 de dezembro de 2023). «Inspirací útočníka mohly být střelby v Rusku. Objevil se i účet na Telegramu». Hospodářské noviny (HN.cz) (em checo). Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  18. Jan, Lopatka (21 de dezembro de 2023). «Gunman kills 14 in attack at his Prague university». Reuters. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  19. Lopatka, Jan (21 de dezembro de 2023). «Gunman kills at least 15 people at his Prague university». Reuters. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  20. «Police: At least 15 people are dead afte mass shooting in Prague». ny1.com (em inglês). Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  21. «Televizní noviny 21. 12. 2023». TV Nova (em checo). 21 de dezembro de 2023. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  22. Kottasova, Ivana (21 de dezembro de 2023). «Police revise number of people killed in Prague shooting to 14». CNN. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  23. «Prague shooting: Gunman at Prague university who killed 15 was student - police». BBC News (em inglês). 19 de dezembro de 2023. Consultado em 21 de dezembro de 2023. Cópia arquivada em 21 de dezembro de 2023 
  24. Crisp, James; et al. (21 de dezembro de 2023). «Prague shooting: Prague university shooter killed father before gunning down 14». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 21 de dezembro de 2023 
  25. Elsnic, Miroslav (21 de dezembro de 2023). «Co se ví o útočníkovi na fakultě v Praze? Zřejmě to byl student, měl více zbraní». Deník (em checo) 
  26. Kozák, David (23 de maio de 2022). «Problematika antagonismu haličského rolnického a krakovského povstání v roce 1846». Charles University digital repository (em checo) 
  27. «Studenti z FF UK obdrželi cenu Mariana Szyjkowského v kategorii nejlepší bakalářské práce» (em checo). Filozofická fakulta Univerzity Karlovy. 3 de maio de 2023