Titan Mare Explorer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Conceção artística da sonda.

O Titan Mare Explorer (TiME) foi uma sonda espacial proposta que deveria explorar Titã, o maior satélite natural de Saturno,[1] com lançamento proposto para 2016.[1] [2] [3] Foi proposta à NASA pela Proxemy Research como uma missão de exploração pioneira, originalmente fazendo parte do seu Programa Discovery.[4] A TiME seria uma missão de baixo custo aos planetas exteriores que teria medido os compostos orgânicos existentes em Titã e efetuado a primeira exploração náutica de um mar extraterrestre, analisado a sua natureza e, possivelmente, observar a sua costa. A missão custaria US$425 milhões, não incluindo o custo do veículo de lançamento.[2]

Competição[editar | editar código-fonte]

A TiME foi umas das três missões finalistas do Programa Discovery que recebeu US$3 milhões em maio de 2011 para desenvolver um estudo conceptual detalhado. As outras duas eram a InSight e a Comet Hopper. Após uma análise em agosto de 2012, a NASA escolheu a missão InSight.[5]

Referências

  1. a b Stofan, Ellen (2010). "TiME: Titan Mare Explorer" (pdf). California Institute of Technology. Consult. 17 de agosto de 2011. 
  2. a b Taylor, Kate (2011-05-09). "NASA picks project shortlist for next Discovery mission" [S.l.: s.n.] Consult. 20 de maio de 2011.  Parâmetro desconhecido |published= ignorado (Ajuda)
  3. Greenfieldboyce, Nell (2009-09-16). "Exploring A Moon By Boat" National Public Radio [S.l.] Consult. 8 de novembro de 2009. 
  4. Hsu, Jeremy (2009-10-14). "Nuclear-Powered Robot Ship Could Sail Seas of Titan". Space.com. Imaginova Corp. Consult. 10 de novembro de 2009. 
  5. Vastag, Brian (2012-08-20). "NASA will send robot drill to Mars in 2016" Washington Post [S.l.] Consult. 22 de agosto de 2013. 
Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.