Titanfall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Titanfall
Desenvolvedora(s) Respawn Entertainment[1]
(Microsoft Windows & Xbox One)

Bluepoint Games[1]
(Xbox 360)

Publicadora(s) Electronic Arts
Diretor(es) Steve Fukuda
Produtor(es) Drew McCoy
Escritor(es) Jesse Stern
Programador(es) Jon Shiring
Artista(s) Joel Emslie
Motor Source (personalizado)[2]
Plataforma(s) Microsoft Windows
Xbox 360
Xbox One
Série Titanfall
Data(s) de lançamento Microsoft Windows, Xbox One
  • AN 11 de Março de 2014[3]
  • RU 14 de Março de 2014[3]
  • EU 13 de Março de 2014[3]
  • AU 13 de Março de 2014[3]
Xbox 360
  • AN 8 de Abril de 2014
  • EU 11 de Abril de 2014
Gênero(s) First-person shooter
Modos de jogo Multijogador

Titanfall é um videojogo em Primeira Pessoa (First-Person Shooter) produzido pelo estúdio Respawn Entertainment e publicado pela Electronic Arts. O primeiro jogo da série Titanfall, foi lançado para Microsoft Windows e Xbox One a 11 de Março de 2014; a versão Xbox 360 foi portada pela Bluepoint Games[1] e lançada cerca de um mês depois, a 8 de Abril. Titanfall criou muita expectativa e tornou-se um dos jogos mais aguardados da altura, visto ser o primeiro titulo criado por alguns dos ex-produtores da bem sucedida série Call of Duty.

Em Titanfall, os jogadores controlam “pilotos” e os seus Titãs de estilo-"mecha", num cenário de guerra de colónias espaciais em jogos de seis-contra-seis. O jogo foi optimizado para ter uma fluidez rápida, ajudando o jogador com várias habilidades como a possibilidade de correr nas paredes e as populações de soldados controlados pela inteligência artificial (IA). Num único jogo podem estar até cinquenta personagens, e a actividade que não é dada pelo jogador é carregada pelos serviços de computação em nuvem da Microsoft, melhorando assim o desempenho gráfico local. A equipa de produção começou a trabalhar no titulo em 2011, e o conceito Titã (Titan) cresceu desde um fato humano até ao exoesqueleto do tamanho de um tanque de batalha. A equipa queria com isso trazer os elementos de "escala, verticalidade e história"[4] para o género multijogador, algo tradicionalmente reservado às campanhas para um jogador.

Ganhou mais de 60 prémios durante a sua revelação oficial durante a E3 de 2013, incluindo o recorde de seis Prémios E3 Critics e ‘Melhor do Evento’ por várias imprensas especializadas. Também ganhou vários na Gamescom e no Tokyo Game Show. De acordo com o site de criticas agregadas Metacritic, Titanfall recebeu análises "geralmente favoráveis".[5] Os críticos elogiaram o equilíbrio no design, a arma ‘Smart Pistol’, a mobilidade, e a acessibilidade fácil dada aos jogadores de todos os tipos de perícia neste género. As criticas foram mais dirigidas à campanha, à IA desapontante e à falta de modos de jogo para o multijogador. Os críticos consideram que o jogo evoluiu com sucesso o género first-person shooter,[6][7][8] ao mesmo tempo que afirmaram que não entregou aquilo que devia tendo em conta a antecipação que criou.[9][10][11] Um sucesso comercial, em Outubro de 2015 Titanfall já tinha ultrapassado a marca das 10 milhões de unidades vendidas.[12] A sequela, Titanfall 2 foi lançada para PC, Xbox One e PlayStation 4 em outubro de 2016.[13][14]

Em novembro de 2017, a Electronic Arts entrou em processo de aquisição da Respawn Entertainment, pagando "cerca de 151 milhões de dólares à vista e outros 164 milhões à longo prazo na forma de ações restritas da Respawn."[15]

Referências

  1. a b c Michael McWhertor (27 de janeiro de 2014). «Titanfall for Xbox 360 being developed by Bluepoint Games». Polygon. Vox Media. Consultado em 6 de maio de 2015 
  2. Leadbetter, Richard (25 de agosto de 2013). «Digital Foundry vs. Respawn: the Titanfall interview». Eurogamer. Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  3. a b c d Larder, Andrew (23 de outubro de 2013). «Titanfall Release Date March 11, 2014 (US) / March 13, 2014 (Europe & Australia), Collector's Edition Revealed». Digital Gaudium. Consultado em 23 de outubro de 2013 
  4. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Polygon:_stretch_the_limits
  5. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Metacritic:_XONE
  6. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome IGN:_and...
  7. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Forbes:_game_changer
  8. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome RPS:_here.27s_why
  9. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Eurogamer_review
  10. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Polygon_review
  11. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Edge_review
  12. Karmali, Luke (5 de outubro de 2015). «"TITANFALL SALES PASS 10 MILLION GLOBALLY"». IGN. Consultado em 5 de outubro de 2015 
  13. Luke Karmali (12 de março de 2015). «TITANFALL 2 CONFIRMED, COMING TO XBOX ONE, PS4 AND PC». IGN. Consultado em 6 de maio de 2015 
  14. «Titanfall 2 anunciado para PC, Xbox One e PS4». Eurogamer. 12 de abril de 2016. Consultado em 12 de abril de 2016 
  15. Anselmo, Luciana (10 de novembro de 2017). «EA anuncia compra de desenvolvedora de Titanfall». PlayReplay. Consultado em 10 de novembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]