Token Racing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Token (fórmula 1))
Ir para: navegação, pesquisa
Reino Unido Token Racing-Ford Cosworth
Nome completo Token Racing
Pilotos Reino Unido David Purley
Reino Unido Ian Ashley
País de Gales Tom Pryce
Chassis RJ02
Motor Ford Cosworth
Pneus Firestone
Histórico na Fórmula 1
Estréia GP da Bélgica de 1974
Último GP GP da Áustria de 1974
Corridas concluídas 2
Campeã de construtores 0
Campeã de pilotos 0
Vitórias 0
Pole Position 0
Voltas rápidas 0
Pontos 0

Token Racing foi uma equipe britânica de Fórmula 1, projetada em 1973 por Ron Dennis e seu sócio Neil Trundle, e depois vendida para Tony Vlassopoulo e Ken Grob, que concretizaram o projeto.[1]

A equipe, que começou a competir apenas no ano de 1974, participou de apenas três grandes prêmios. Essa foi a primeira e última temporada da equipe na categoria. [1]

Os pilotos que passaram pela equipe foram: David Purley, Ian Ashley e Tom Pryce. [1]

História[editar | editar código-fonte]

Em 1973, Ron Dennis e seu sócio Neil Trundle, projetaram uma equipe para competir na Fórmula 1 no ano seguinte. Mas com a crise do petróleo naquele ano, o projeto perdeu o seu único patrocinador, a Motul. Com isso o projeto não pôde ser continuado e foi vendido para Tony Vlassopoulo e Ken Grob. Os dois, então, concretizaram o projeto e criaram a Token Racing. [1]

A equipe estreou apenas no ano de 1974, no GP da Bélgica, quinta etapa da temporada, em Nivelles no circuito Nivelles-Baulers. O RJ02, nome dado ao carro da equipe, foi guiado pelo piloto galês Tom Pryce. Tom conseguiu se classificar, mas conseguiu apenas o 20º lugar. [2] Na corrida o carro teve problemas na suspensão e acabou abandonando.[1]

Mais de dois meses depois, a Token decidiu participar do GP da Grã-Bretanha, 10º etapa da temporada, no Circuito de Brands Hatch. Desta vez, quem guiou o carro da equipe foi o piloto britânico David Purley, que acabou não conseguindo se classificar.[3]

A Token, então, decidiu participar das duas etapas seguintes, os GPs da Alemanha e da Áustria. O piloto britânico Ian Ashley foi quem ficou encarregado de guiar o carro da equipe nas duas etapas.[1]

No GP da Alemanha, no antigo circuito de Nürburgring, Ian Ashley conseguiu se classificar para a corrida. O britânico terminou a corrida em 14º lugar.[4]

No GP da Áustria, etapa seguinte, disputado no circuito de Österreichring (atualmente chamado de Red Bull Ring), o britânico conseguiu completar a corrida, mas foi desclassificado. Esse foi o último GP da equipe britânica.[5]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f «Perfil da equipe Token Racing no site Grandprix.com» (em inglês). Grandprix.com. Consultado em 23 de janeiro de 2016. 
  2. «Resultados do GP da Bélgica de 1974 no site Stats F1». Stats F1. Consultado em 23 de janeiro de 2016. 
  3. «Resultados do GP da Grã-Bretanha de 1974 no site Stats F1». Stats F1. Consultado em 23 de janeiro de 2016. 
  4. «Resultados do GP da Alemanha de 1974 no site Stats F1». Stats F1. Consultado em 23 de janeiro de 2016. 
  5. «Resultados do GP da Áustria de 1974 no site Stats F1». Stats F1. Consultado em 23 de janeiro de 2016.