After Laughter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Told You So)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
After Laughter
Álbum de estúdio de Paramore
Lançamento 12 de maio de 2017
Gravação Junho - Novembro de 2016
RCA Studio B
Gênero(s) New wave, pop rock, synth-pop
Duração 42:31
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Fueled by Ramen
Produção Justin Meldal-Johnsen, Taylor York
Cronologia de Paramore
Paramore
(2013)
Singles de After Laughter
  1. "Hard Times"
    Lançamento: 19 de abril de 2017
  2. "Told You So"
    Lançamento: 3 de maio de 2017
  3. "Fake Happy"
    Lançamento: 17 de novembro de 2017
  4. "Rose-Colored Boy"
    Lançamento: 5 de fevereiro de 2018
  5. "Caught In The Middle"
    Lançamento: 26 de junho de 2018

After Laughter é o quinto álbum de estúdio da banda americana de rock Paramore[1] lançado em 12 de maio de 2017 através do selo Fueled by Ramen. É o primeiro álbum desde a volta do baterista Zac Farro, que deixou a banda com seu irmão Josh em 2010, e de a saída do baixista Jeremy Davis que saiu em 2015.[2]

O primeiro single do álbum é a canção "Hard Times", lançada em 19 de abril de 2017 junto com seu videoclipe. Também foi anunciado a data do disco, junto com sua lista de faixa, pré-venda e anuncio da turnê.[3]

O álbum foi muito bem recebido pelos críticos.[4]

Bastidores e gravação[editar | editar código-fonte]

Em 19 de janeiro de 2016, Williams anunciou em sua conta no Twitter que a banda estava escrevendo canções para o quinto álbum.[5] A 8 de junho do mesmo ano, a banda divulgou o primeiro vídeo no estúdio de gravação.[6] Nas imagens preliminares de divulgação, foi mostrado o retorno de Zac Farro (integrante da banda que havia deixado o grupo em 2010) e o produtor Justin Meldal-Johnsen.[7] Apesar de ter declarado anteriormente que estava apenas fazendo gravações de bateria para a banda, em 2 de fevereiro de 2017, eles anunciaram que Zac tinha oficialmente retornado como membro do Paramore.[8] As gravações do quinto álbum aconteceram em Nashville, no histórico RCA Studio B, marcando a primeira vez que a banda gravou um trabalho seu em sua cidade natal. A produção ficou a cargo de Justin Meldal-Johnsen e do guitarrista Taylor York.[9]

Em uma entrevista para o The New York Times, Hayley Williams afirmou: "Eu não sabia se faríamos um novo álbum. [...] Havia um momento que eu nem sabia o que iria acontecer. Depois foi tipo, eu quero fazer isso acontecer, mas eu não sei como faremos."[10] Sobre o título do álbum, Williams esclareceu: "After Laughter é sobre a cara das pessoas quando elas acabam de rir. Se você observar alguém por tempo suficiente, sempre tem essa aparência que vem na cara da pessoa quando terminam de sorrir e eu sempre acho fascinante imaginar o que os trouxe de volta a realidade. Então, é sobre isso que After Laughter é."[11]

Música e letras[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic (81/100)[4]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allMusic 4 de 5 estrelas.[12]
The Guardian 4 de 5 estrelas.[13]
Newsday A-[14]
NME 4 de 5 estrelas.[15]
Paste 8,7/10[16]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.[17]
Sputnikmusic 4,1/5[18]

After Laughter é diferente de outros trabalhos lançados pelo Paramore, deixando para trás os gêneros pop-punk e emo de vez.[19][20] AllMusic diz que o álbum tem um som de synth-pop e new wave.[19] A revista Paste caracterizou o álbum como pop new wave dos anos 80.[21] Uma matéria na Billboard concordava e disse que as músicas de After Laughter eram "pop alternativo liso."[20] A Spin também descreveu o álbum como new wave, dizendo que era "o álbum mais brilhoso e animado da banda".[22] A Newsday diz que o grupo está "indo mais a fundo no mundo do pop-rock" e que o disco era "bem anos 80".[23] Silvio Essinger do jornal O Globo identifica influências do funk e o uso de sintetizadores, gerando uma sonoridade típica dos anos 80.[24]

As letras das canções predominantemente tocam em temas de exaustão, depressão e ansiedade.[25] A revista NME disse que o álbum é um "pop triunfante", destacando o contraste entre a "tristeza séria" das letras "por debaixo de toda a batida."[26] Similarmente, o The Guardian disse que o disco era "vibrante, um contraste com o tema das letras, que cobrem assuntos de infelicidade, depressão e ansiedade de envelhecer."[27] A Newsday afirmou que o álbum era "uma coleção de canções sobre como permanecer animado na face da adversidade".[23] A revista Billboard disse que "Williams canta sobre o ato de chorar em não menos que cinco canções e há vários momentos onde ela pode estar falando sobre a saída hostil e a subsequente batalha legal com o ex baixista Jeremy Davis."[20] A Spin falou que o álbum "observa um aspecto diferente do assunto de sobrevivência: o vazio e a inutilidade, e o quão frequente de alterar o indiferente universo que nos cerca e exige."[22]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as letras escritas por Hayley Williams, Taylor York e algumas com a associação de Zac Farro. 

CD[28]
N.º Título Duração
1. "Hard Times"   3:02
2. "Rose Colored Boy"   3:32
3. "Told You So"   3:08
4. "Forgiveness"   3:39
5. "Fake Happy"   3:55
6. "26"   3:41
7. "Pool"   3:52
8. "Grudges"   3:07
9. "Caught in the Middle"   3:44
10. "Idle Worship"   3:18
11. "No Friend"   3:23
12. "Tell Me How"   4:20
Duração total:
42:31

Performance[editar | editar código-fonte]

Comercial[editar | editar código-fonte]

After Laughter estreou na sexta posição dos mais vendidos na Billboard 200, vendendo pelo menos 67 000 unidades (53 000 físicas) na sua primeira semana de vendas.[29] O álbum também estreou entre os dez mais vendidos em vários países, como Inglaterra, Irlanda, Escócia, Austrália e Nova Zelândia.

Tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Paradas (2017) Melhor
posição
 Alemanha (Offizielle Top 100)[30] 18
 Austrália (ARIA)[31] 3
 Bélgica (Ultratop 50 Flandres)[32] 24
 Bélgica (Ultratop 40 Valônia)[33] 65
Escócia (Scottish Albums Chart)[34] 4
 Estados Unidos (Billboard 200)[29] 6
 Irlanda (IRMA)[35] 4
 Itália (FIMI)[36] 14
 Nova Zelândia (RMNZ)[37] 7
 Noruega (VG-lista)[38] 24
 Países Baixos (MegaCharts)[39] 17
 Suécia (Sverigetopplistan)[40] 19
 Reino Unido (UK Albums Chart)[41] 4

Equipe[editar | editar código-fonte]

Paramore
Pessoal extra
  • Justin Meldal-Johnsen – baixo, teclados, produção, engenharia, programação
  • Aaron Weiss – vocais, composição (faixa 11)
  • Zelly Boo Meldal-Johnsen – backing vocal (faixa 2)
  • David Davidson – violino
  • Benjamin Kaufman – violino
  • Betsy Lamb – viola
  • Claire Indie – Violoncelo
  • Daniel James – arranjos de cordas
  • Carlos de la Garza – engenharia, mixagem
  • Mike Schuppan – engenharia, mixagem
  • Kevin Boettger – assistente de engenharia
  • Dave Cooley – masterização
  • Ken Tisuthiwongse – arte
  • Scott Cleary – direção de arte, design
  • Anne Declemente – A&R
  • Steve Robertson – A&R
  • Brian Ranney – empacotamento
  • Lindsey Byrnes – foto da banda

Referências

  1. «Paramore Drop New Song 'Hard Times', Announce New Album 'After Laughter' – News – Rock Sound Magazine». Rock Sound. 19 de abril de 2017 
  2. «Paramore part ways with bassist Jeremy Davis». Alternative Press. 22 de abril de 2017 
  3. «Paramore on witter». Twitter. 19 de abril de 2017 
  4. a b «After Laughter Reviews». Metacritic. Consultado em 13 de maio de 2017. 
  5. «hayley from Paramore on Twitter». Twitter. Consultado em 5 de abril de 2016. 
  6. «Instagram video by Paramore • Jun 8, 2016 at 10:29pm UTC». Instagram. Consultado em 14 de junho de 2016. 
  7. «What are Paramore doing with...». news.google.com. Consultado em 14 de junho de 2016. 
  8. Payne, Chris (2 de fevereiro de 2017). «Rejoice, Paramore Fans: Drummer Zac Farro Is Back in the Band». Billboard. Consultado em 13 de maio de 2017. 
  9. «Paramore Drop Single, 'Hard Times,' Announce New Album, 'After Laughter'». Billboard. Consultado em 21 de abril de 2017. 
  10. Coscarelli, Joe (19 de abril de 2017). «Paramore Bounces Back With Old Faces and a New Sound». Consultado em 13 de maio de 2017. – via NYTimes.com 
  11. «INTERVIEW: Paramore Talks 'Hard Times' & Reveals 'After Laughter' Meaning». Consultado em 25 de abril de 2017. 
  12. «After Laughter - Paramore - Songs, Reviews, Credits - AllMusic». AllMusic. Consultado em 12 de maio de 2017. 
  13. Gibsone, Harriet (12 de maio de 2017). «Paramore: After Laughter review – bitter candy-coloured pop». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077. Consultado em 13 de maio de 2017. 
  14. «'After Laughter': Packed with potential pop hits». Newsday. Consultado em 12 de maio de 2017. 
  15. «Paramore - 'After Laughter' Review - NME». NME (em inglês). Consultado em 12 de maio de 2017. 
  16. «Paste Review of the Day: Paramore - After Laughter». pastemagazine.com (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2017. 
  17. «Review: Paramore's 'After Laughter' Triumphs Via Shiny Pop, Moody Lyrics». Consultado em 13 de maio de 2017. 
  18. «Review: Paramore - After Laughter | Sputnikmusic». www.sputnikmusic.com. Consultado em 12 de maio de 2017. 
  19. a b «After Laughter - Paramore | Songs, Reviews, Credits | AllMusic». AllMusic. Consultado em 13 de maio de 2017. 
  20. a b c «Paramore's 'After Laughter' Swaps the Band's Pop-Punk Past for a Chance to Elbow Into Top 40's Future». Billboard. Consultado em 12 de maio de 2017. 
  21. «Paste Review of the Day: Paramore - After Laughter». Pastemagazine.com (em inglês). Consultado em 13 de maio de 2017. 
  22. a b «Paramore 'After Laughter' Album Review». Spin. 12 de maio de 2017. Consultado em 12 de maio de 2017. 
  23. a b «'After Laughter': Packed with potential pop hits». Newsday. Consultado em 13 de maio de 2017. 
  24. Crítica: Paramore deixa o punk-pop e explora synths e batidas dançantes
  25. «Paramore 'After Laughter' Album Review». Spin. 12 de maio de 2017. Consultado em 14 de maio de 2017. 
  26. «Paramore - 'After Laughter' Review - NME». NME (em inglês). Consultado em 12 de maio de 2017. 
  27. Gibsone, Harriet. «Paramore: After Laughter review – bitter candy-coloured pop». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077. Consultado em 13 de maio de 2017. 
  28. «After Laughter by Paramore on Apple Music». iTunes. Consultado em 13 de maio de 2017. 
  29. a b Caulfield, Keith (21 de maio de 2017). «Harry Styles Debuts at No. 1 on Billboard 200 Albums Chart». Billboard. Consultado em 22 de maio de 2017. 
  30. Offiziellecharts.de – Paramore – After Laughter (em alemão). GfK Entertainment. Consultado em May 19, 2017.
  31. «ARIA Australian Top 50 Albums». Australian Recording Industry Association. 22 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  32. Paramore – After Laughter (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em May 19, 2017.
  33. Paramore – After Laughter (em francês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em May 19, 2017.
  34. 2017-05-19 Top 40 Scottish Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em May 20, 2017.
  35. «{Predefinição:Title}» 🔗. Irish Recorded Music Association. Consultado em May 20, 2017.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  36. «Album – Classifica settimanale WK 20 (dal 2017-05-12 al 2017-05-18)» (em italiano). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  37. «NZ Top 40 Albums Chart». Recorded Music NZ. Consultado em 22 de maio de 2017. 
  38. «{Predefinição:Title}» 🔗. VG-lista. Consultado em May 20, 2017.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  39. Paramore – After Laughter (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em May 19, 2017.
  40. «Sverigetopplistan - Sveriges Officiella Topplista». Sverigetopplistan. Consultado em 19 de maio de 2017. 
  41. 2017-05-19 Top 40 Official UK Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em May 20, 2017.