Tomb Raider: Underworld

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde outubro de 2009).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Tomb Raider: Underworld
Desenvolvedora(s) Crystal Dynamics
Publicadora(s) Eidos Interactive
Diretor(es) Eric Lindstrom
Produtor(es) Alex Jones
Projetista(s) Harley White-Wiedow
Escritor(es) Eric Lindstrom
Toby Gard
Programador(es) Rob Pavey
Compositor(es) Troels Brun Folmann
Colin O'Malley
Plataforma(s) Microsoft Windows
Nintendo DS
PlayStation 3
Wii
Xbox 360
Série Tomb Raider
Conversões/
relançamentos
Mac OS X
PlayStation 2
Data(s) de lançamento
  • AN 18 de novembro de 2008
  • EU 21 de novembro de 2008
Gênero(s) Ação-aventura
Modos de jogo Um jogador
Tomb Raider: Anniversary
Lara Croft and the Guardian of Light

Tomb Raider: Underworld é o nono jogo da série Tomb Raider. Desenvolvido pela Crystal Dynamics e distribuído pela Eidos Interactive. Foi lançado oficialmente nos Estados Unidos no dia 18 de novembro de 2008 para as plataformas: PlayStation 3, Xbox 360, PC, Wii e Nintendo DS. Na Europa, o jogo foi lançado no dia 21 de novembro para as mesmas plataformas. A versão PlayStation 2 foi lançada no dia 23 de janeiro de 2009 no Reino Unido. É o jogo que marca o fim da trilogia iniciada em Tomb Raider: Legend.

História[editar | editar código-fonte]

Por gerações e gerações, histórias foram contadas sobre o temível deus nórdico do trovão, Thor. Lendas dizem que ele possuía um martelo com o poder de "esmagar" vales e montanhas, com a força para destruir até mesmo os deuses. Por mais de mil anos, tem existido apenas como um mito … pelo menos até agora. Lara Croft vai tentar encontrar esse martelo para ver se ele lhe dá respostas sobre o paradeiro da sua mãe.

Expansões[editar | editar código-fonte]

Dois níveis exclusivos para o serviço Xbox Live Marketplace já estão disponíveis. São:

Beneath the Ashes[editar | editar código-fonte]

Lara volta para explorar as cinzas da Mansão Croft e acaba encontrando um fragmento de um templo viquingue e um misterioso artefato chamado "Ohk-Eshiva" que pode controlar os monstros criado pela vilã Natla.

Lara's Shadow[editar | editar código-fonte]

Nesse nível o jogador controla a clone de Lara. Mais rápida, forte e com poderes incríveis. No trailer do jogo, aparentemente vemos Lara explodindo a Mansão Croft, mas no terceiro nível, "Croft Manor: Protect by the dead", vemos o clone de Lara, chamado Doppleganger, que atira em Alister, e descobrimos ser a responsável por destruír a mansão. Na expansão, a missão de Dopplenganger é ajudar Jacqueline Natla, em esforços de matar Lara Croft, mas primeiro, Natla deve ativar uma máquina capaz de reconstruir seu corpo que foi destruído, como se fosse queimado, por Lara. Natla pede a Doppleganger que reative a máquina, que foi desativada por Amanda, mate Lara e por fim que se suicide.

Ao encontrar Lara de novo na cripta de seu pai, nas cinzas da Mansão Croft, Dopplenganger vê que Lara descobriu sobre o comando Ohk-Eshiva, que a mesma usa em Doppleganger, fazendo-na ter de obedecer agora somente às suas ordens. Lara pergunta se Doppelganger gostaria de ser livre, mas sua resposta não foi objetiva. Então, com o comando Ohk-Eshiva, Lara liberta Doppelganger e diz que ela não é mais escrava de ninguém. Com ressentimentos de Natla, Doppelganger se vinga destruindo a máquina capaz de regenerar Natla com ela dentro, fazendo-na cair e engolir Eitr (Veneno da Serpente de Midgard), matando a mesma de uma vez por todas.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]