Tonalismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James McNeill Whistler, Paisagem Notirna em Negro e Dourado

O Tonalismo foi um estilo artístico que surgiu na década de 1880 nos EUA. É caracterizado por pinturas atmosféricas, com um tom predominante, quase monocromáticas, que visavam representar algum estado de espírito, emoção ou sentimento melancólico, mais do que reproduzir exatamente o tema retratado. Os maiores representantes desse movimento foram George Iness e James McNeill Whistler. É derivado da escola de Barbizon[1].

Principais artistas associados ao movimento[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Avery, Kevin J. & Fischer, Diane P. "American Tonalism: Selections from the Metropolitan Museum of Art and the Montclair Art Museum ". Burlington Magazine, Vol. 142, No. 1168, July, 2000. p. 453.