Toni Kukoc

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Toni Kukoč
Toni Kukoc.jpg
Informações pessoais
Data de nasc. 18 de outubro de 1968 (51 anos)
Local de nasc. Split, Cróacia
Altura 6 ft 11 in (2.11 m)
Peso 235 lb (107 kg)
Informações no clube
Número 7
Posição Ala
Ala-pivô
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
1985–1991
1991–1993
1993–2000
2000–2001
2001–2002
2002–2006
Jugoslávia Jugoplastika
Itália Benetton Treviso
Estados Unidos Chicago Bulls
Estados Unidos Philadelphia 76ers
Estados Unidos Atlanta Hawks
Estados Unidos Milwaukee Bucks


436 (6.148)
80 (784)
76 (919)
254 (1.959)
Seleção nacional
1988-1991
1992-1995
Jugoslávia Iugoslava
Croácia Croácia
Medalhas
Competidor da Iugoslávia
Jogos Olímpicos
Prata Seoul 1988 Equipe
Copa do Mundo
Ouro Argentina 1990 Equipe
EuroBasket
Bronze Grécia 1987 Equipe
Ouro Iuguslavia 1989 Equipe
Ouro Itália 1991 Equipe
Competidor da  Croácia
Jogos Olímpicos
Prata Barcelona 1992 Equipe
Copa do Mundo
Bronze Canadá 1994 Equipe
EuroBasket
Bronze Grécia 1995 Equipe

Toni Kukoč (nascido em 18 de setembro de 1968) é um ex-jogador de basquete que atualmente é conselheiro especial de Jerry Reinsdorf, proprietário do Chicago Bulls.[1] Após um período de grande sucesso no basquete europeu, ele foi uma das primeiras estrelas europeias a jogar na National Basketball Association (NBA). Ele ganhou o Prêmio do Sexto Homem do Ano da NBA em 1996.

Kukoč era conhecido por sua versatilidade e habilidade de passe; embora sua posição natural fosse Ala, ele jogou todas as cinco posições na quadra com destreza e demonstrou visão da quadra e um arremesso que raramente eram encontrados em jogadores da sua altura. Juntamente com Vassilis Spanoulis, eles são os únicos jogadores na história a ver o prêmio de MVP do Final Four da EuroLeague em três ocasiões.[2] Ele foi eleito para o Hall da Fama da FIBA em 2017.[3]

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Kukoč nasceu e cresceu em Split, Croácia. Seu pai era dedicado ao atletismo, tendo jogado futebol como goleiro em um clube local.

Possuindo excelentes habilidades motoras, o jovem Toni cresceu participando de diferentes esportes, incluindo tênis de mesa e futebol. Ele se destacou especialmente no tênis de mesa quando adolescente, ganhando diferentes títulos da categoria jovem.[4] Ele logo mudou para o basquete.

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Europa[editar | editar código-fonte]

Kukoč começou a jogar no clube de sua cidade natal, Jugoplastika, aos 17 anos de idade. Ele alcançou um sucesso significativo durante seu tempo no clube, vencendo a EuroLeague em três temporadas consecutivas (1989-1991).[5] Kukoč foi premiado como MVP da final da EuroLeague nas duas vezes.

Depois, ele jogou pelo Benetton Treviso e venceu a Liga Italiana em 1992 e a Copa da Itália em 1993. Ele também jogou na final da EuroLeague em 1993, vencendo novamente o prêmio de MVP. Ele foi apelidado de "a Magia Branca", "a Aranha de Split", "a Pantera Cor-de-Rosa", "o Garçom" e "a Sensação Croata".[6] Ao longo dos anos 90, ele ganhou vários prêmios de jogador de basquete europeu do ano.

Chicago Bulls[editar | editar código-fonte]

Apesar de ser selecionado pelo Chicago Bulls no Draft de 1990,[7] Kukoč continuou a jogar na Europa. Ele foi jogar nos Bulls em 1993, depois da equipe ter ganho o seu primeiro tri-campeonato e Michael Jordan ter se aposentado. Embora decepcionado por não poder jogar com Jordan, Kukoč estreou na NBA em 5 de novembro de 1993.

Kukoč passou uma temporada de estreante sólida, tendo médias de 10.9 pontos, 4.0 rebotes, 3.4 assistencias e 1.1 roubos de bola.[8]

Depois que Horace Grant saiu, Kukoč entrou na equipe titular e terminou a temporada de 1994-95 em segundo em pontos, rebotes e assistências na equipe, atrás de Pippen. Além disso, Michael Jordan retornaria aos Bulls em março, cumprindo o desejo de Kukoč de jogar ao lado dele.

Para a temporada de 1995-96, os Bulls foram reforçados pelo retorno da Jordan e pela aquisição de Dennis Rodman. Com isso, o técnico Phil Jackson achou melhor que Kukoč continuasse no banco de reservas. Ele foi o terceiro na equipe em pontuação (atrás de Jordan e Pippen) e foi recompensado por seus esforços com o prêmio de Prêmio do Sexto Homem do Ano da NBA. Ele também ajudou os Bulls a ter melhor recorde na história da liga na época com 72-10 (mais tarde superado pelos Golden State Warriors de 2015-16), além do quarto título na história da equipe.

Kukoč foi novamente o sexto homem, quando os Bulls conquistaram seu quinto e sexto títulos da NBA. Mais uma vez, ele foi o terceiro goleador da equipe.

Fim de carreira e aposentadoria[editar | editar código-fonte]

No início de 1999, Pippen foi negociado com o Houston Rockets, efetivamente acabando com a dinastia dos Bulls. Kukoč foi um dos únicos jogadores que os Bulls mantiveram.

Durante a temporada de 1999-2000, Chicago continuou seu esquema de reconstrução e Kukoč foi negociado com o Philadelphia 76ers.[9]

Na temporada seguinte, ele foi contratado pelo Atlanta Hawks em um acordo de grande acordo que enviou Dikembe Mutombo aos 76ers.[10]

Depois de uma curta passagem pelos Hawks, ele foi negociado com o Milwaukee Bucks em troca de Glenn Robinson.

Em 12 de setembro de 2006, Kukoč anunciou que se aposentaria do basquete se não pudesse ser contratado pelo Milwaukee Bucks ou pelo Chicago Bulls para a temporada de 2006-07. Embora várias equipes da NBA tenham demonstrado interesse em seus serviços, Kukoč expressou o desejo de estar perto de sua residência na cidade de Highland Park, Illinois.[11]

Carreira na seleção[editar | editar código-fonte]

Iugoslávia[editar | editar código-fonte]

Kukoč fazia parte da Seleção Jugoslava que conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Verão de 1988. Ele foi nomeado MVP do Copa do Mundo de Basquete de 1990, onde também ganhou uma medalha de ouro.[12] Com a Iugoslávia, ele também ganhou a medalha de ouro no EuroBasket de 1989 e na EuroBasket de 1991.[13][14]

Croácia[editar | editar código-fonte]

Kukoč ganhou uma medalha de prata com a Seleção Croata nos Jogos Olímpicos de Verão de 1992. Ele também ganhou medalhas de bronze no Copa do Mundo de Basquete de 1994 e no EuroBasket de 1995.[15]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Kukoč e sua esposa, Renata, compraram sua casa em Highland Park, logo após chegar a Chicago, em 1993.

Depois de passar por uma cirurgia de substituição do quadril em 2009, agora ele joga pelo menos uma partida de golfe diariamente e venceu o campeonato nacional de golfe amador da Croácia em 2011.

Seu filho, Marin, jogou no time de basquete da Highland Park High School e depois se matriculou na Universidade da Pensilvânia.[16][17] Sua filha, Stela, joga vôlei.[18]

Estatísticas da NBA[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
1993–94 Chicago 75 24.1 .431 .271 .743 4.0 3.4 1.1 0.4 10.9
1994–95 Chicago 81 31.9 .504 .313 .748 5.4 4.6 1.3 0.2 15.7
1995–96† Chicago 81 26.0 .490 .403 .772 4.0 3.5 0.8 0.3 13.1
1996–97† Chicago 57 28.2 .471 .331 .770 4.6 4.5 1.1 0.5 13.2
1997–98† Chicago 74 30.2 .455 .362 .708 4.4 4.2 1.0 0.5 13.3
1998–99 Chicago 44 37.6 .420 .285 .740 7.0 5.3 1.1 0.3 18.8
1999–2000 Chicago 24 36.2 .381 .231 .761 5.4 5.2 1.8 0.8 18.0
1999–2000 Philadelphia 32 28.6 .438 .289 .673 4.5 4.4 1.0 0.3 12.4
2000–01 Philadelphia 48 20.4 .458 .410 .591 3.4 1.9 0.7 0.1 8.0
2000–01 Atlanta 17 36.4 .492 .481 .681 5.7 6.2 0.8 0.3 19.7
2001–02 Atlanta 59 25.3 .419 .310 .712 3.7 3.6 0.8 0.3 9.9
2002–03 Milwaukee 63 27.0 .432 .361 .706 4.2 3.7 1.3 0.5 11.6
2003–04 Milwaukee 73 20.8 .417 .292 .729 3.7 2.7 0.8 0.3 8.4
2004–05 Milwaukee 53 20.7 .410 .362 .721 3.0 3.0 0.7 0.2 5.6
2005–06 Milwaukee 65 15.7 .389 .306 .714 2.3 2.1 0.5 0.3 4.9
Carreira 846 26.3 .447 .335 .729 4.2 3.7 1.0 0.3 11.6

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
1994 Chicago 10 19.4 .448 .421 .735 4.0 3.6 0.5 0.3 9.3
1995 Chicago 10 37.2 .477 .438 .692 6.8 5.7 1.0 0.2 13.8
1996† Chicago 15 29.3 .391 .191 .838 4.2 3.9 0.9 0.3 10.8
1997† Chicago 19 22.3 .360 .358 .707 2.8 2.8 0.7 0.2 7.9
1998† Chicago 21 30.3 .486 .377 .645 3.9 2.9 1.2 0.5 13.1
2000 Philadelphia 10 25.7 .419 .324 .588 3.1 1.7 1.0 0.3 9.3
2003 Milwaukee 6 30.7 .492 .379 .700 4.2 3.7 2.2 0.2 14.8
2004 Milwaukee 5 21.0 .500 .333 .500 2.8 0.8 0.6 0.4 8.4
2006 Milwaukee 3 17.7 .571 .625 .500 1.7 3.0 0.3 0.0 7.3
Carreira 99 26.9 .440 .342 .697 3.9 3.2 1.0 0.3 10.7

Fonte:[19]

Prêmios e homenagens[editar | editar código-fonte]

Jugoplastika[editar | editar código-fonte]

  • 3× Campeão da EuroLeague (1989–1991)
  • 4× Campeão do Campeonato Iuguslavo (1988–1991)
  • 2× Campeão da Copa Iuguslava (1990–1991)

Benetton Treviso[editar | editar código-fonte]

  • Campeão do Campeonato Italiano (1992)
  • Campeão da Copa Italiana (1993)

Chicago Bulls[editar | editar código-fonte]

  • 3× Campeão da NBA (1996–1998)

National team[editar | editar código-fonte]

Yugoslavia[editar | editar código-fonte]

  • EuroBasket de 1989
  • Copa do Mundo de Basquete de 1990
  • EuroBasket de 1991

Individual[editar | editar código-fonte]

  • 3× Esportista croata do ano: (1989–1991)
  • MVP da Copa do Mundo de Basquete (1990)
  • 5× Jogador Europeu do Ano (1990-1991, 1994, 1996, 1998)
  • 4× Mister Europa (1990–1992, 1996)
  • 3× MVP do Final Four da EuroLeague (1990, 1991, 1993)
  • MVP do EuroBasket (1991)
  • Os 50 Maiores Jogadores da FIBA: (1991)
  • Sexto Homem da NBA (1996)
  • 50 Maiores Colaboradores da EuroLeague (2008)
  • Hall of Fame da FIBA (2017)

Referências

  1. «Toni Kukoc». NBA Stats (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  2. «Spanoulis named bwin MVP of 2013 Final Four». Welcome to EUROLEAGUE BASKETBALL (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  3. «Dream Team, Shaq and Kukoc headline 2017 Class of FIBA Hall of Fame Inductees». FIBA.basketball (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  4. «Toni Kukoc, the Pink Panther of basketball - Vladimir Stankovic - Wel…». archive.is. 28 de junho de 2013. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  5. «All The Final Fours 1988-2011». Welcome to EUROLEAGUE BASKETBALL (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  6. «The Bulletin - Google News Archive Search». news.google.com. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  7. «1990 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  8. «Toni Kukoč 1993-94 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  9. «A Look Back: Toni Kukoc». Philadelphia 76ers (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  10. Call, ANDRE D. WILLIAMS Of The Morning. «Kukoc is still unhappy about trade to Hawks ** He's getting playing time but can't stop Atlanta from losing to the Sixers, 108-103. ** Sixers». themorningcall.com (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  11. «All she wrote? Kukoc says 'it looks like I'm done'». ESPN.com (em inglês). 12 de setembro de 2006. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  12. «24sec.net - European Basketball». web.archive.org. 5 de janeiro de 2005. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  13. «1989 European Championship for Men | ARCHIVE.FIBA.COM». archive.fiba.com. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  14. «archive.fiba.com: 1991 European Championship for Men: Bulgaria». www.fiba.basketball. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  15. «1995 European Championship for Men | ARCHIVE.FIBA.COM». archive.fiba.com. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  16. «Marin Kukoc Stats, News, Bio». ESPN (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 
  17. «Marin Kukoc Player Profile, Pennsylvania , NCAA Stats, Events Stats, Game Logs, Bests, Awards - RealGM». basketball.realgm.com. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  18. «Isaacson: Kukoc's stories have familiar rings to them». ESPN.com (em inglês). 9 de junho de 2011. Consultado em 7 de outubro de 2019 
  19. «Toni Kukoč Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 7 de outubro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Prêmios e realizações
Precedido por
República Socialista Federativa da Iugoslávia Vlade Divac
Iugoslávia Saša Đorđević
Mr. Europa
1990-92
1996
Sucedido por
Croácia Dražen Petrović
Lituânia Arvydas Sabonis
Precedido por
Dragomir Bećanović
Yugoslav Sportsman of the Year
1990
Sucedido por
None