Tony Benn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tony Benn
Nascimento 3 de abril de 1925
Marylebone
Morte 14 de março de 2014 (88 anos)
Londres
Cidadania Reino Unido, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Progenitores
  • William Wedgwood Benn
  • Margaret Wedgwood Benn
Cônjuge Caroline Benn
Filho(s) Melissa Benn, Stephen Benn, Hilary Benn, Joshua William Wedgwood Benn
Alma mater
  • New College
  • Westminster School
  • Central Foundation Boys' School
Ocupação político, autobiógrafo, diarista
Título visconde
Causa da morte doença
Página oficial
http://www.tonybenn.com/

Anthony Neil Wedgwood Benn (Marylebone, 3 de abril de 1925 – Londres, 14 de março de 2014), inicialmente também conhecido por Anthony Wedgwood Benn, ou mais tarde por Tony Benn, foi um político e escritor britânico.[1] Foi membro do Parlamento Britânico durante 47 anos, entre as eleições gerais de 1950 e as de 2001, e foi também membro do Gabinete Britânico nos governos trabalhistas de Harold Wilson e James Callaghan nas décadas de 1960 e de 1970.[2]

Tonny Benn foi um político carismático que defendeu com paixão as causas do socialismo dentro do Partido Trabalhista Britânico.[3] Ele foi presidente da Stop the War Coalition[4] e das vozes mais críticas à Guerra do Iraque.[5]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Diários[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Tony Benn | Biography, Facts, & Radicalism». Encyclopedia Britannica (em inglês) 
  2. Brivati, Brian (14 de março de 2014). «Tony Benn obituary». the Guardian (em inglês). Consultado em 24 de abril de 2018 
  3. «Tony Benn Biography |». Biography Online (em inglês) 
  4. «The Stop the War Coalition has survived many rifts». The Independent (em inglês). 2 de dezembro de 2015 
  5. BBC News (3 de dezembro de 2015), Tony Benn v Hilary Benn on war votes - BBC News, consultado em 24 de abril de 2018 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Tony Benn