Toots Thielemans

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Toots Thielemans
'
Nascimento Jean-Baptiste Frédéric Isidor Thielemans
29 de abril de 1922
Marollen
Morte 22 de agosto de 2016 (94 anos)
Braine-l'Alleud
Sepultamento La Hulpe
Cidadania Bélgica
Alma mater
  • Université libre de Bruxelles
Ocupação compositor, músico de jazz, guitarrista de jazz, gaitista, compositor de bandas sonoras, viola, violino, gaita cromática, harmónica
Prêmios
  • prêmio Paul Acket (1995)
  • octave d'honneur (2011, Octaves de la musique)
  • NEA Jazz Masters (2009)
  • In Honorem - interprète (2012, Academia Charles Cros)
  • cavaleiro das Artes e das Letras
  • honorary doctorate of the Vrije Universiteit Brussel (2001)
Título barão
Página oficial
http://www.tootsthielemans.com/

"Toots" Thielemans (nascido Jean Baptiste Frederic Isidor, barão Thielemans; Bruxelas, 29 de abril de 192222 de agosto de 2016[1]) foi um jazzista belga, conhecido por tocar guitarra, harmônica de boca e também por ser um impecável assoviador profissional. Aficcionados e críticos de jazz têm-no como um dos maiores gaitistas de jazz do século XX.[carece de fontes?]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Thielemans começou sua carreira como guitarrista. Em 1949 entrou em uma jam session em Paris com Sidney Bechet, Charlie Parker, Miles Davis, Max Roach entre outros. Em 1951 participou de um tour com Bobbejaan Schoepen.

Mudou-se para os EUA em 1952, onde foi membro do Charlie Parker's All-Stars. Tocou e gravou com nomes com Ella Fitzgerald, The George Shearing Quintet, Quincy Jones, Bill Evans, Paul Simon, Billy Joel, Astrud Gilberto, Elis Regina, Sivuca e outros.

Seu maior sucesso é "Bluesette", em cuja gravação original, usou assovio e guitarra em uníssono. Bluesette foi um grande sucesso mundial no ano de 1962, tendo sido posteriormente regravada pelo próprio Thielemans e por muitos outros artistas de vários países. Sua harmônica peculiar pode ser ouvida também nas trilhas de diversos filmes como Midnight Cowboy e em programas de televisão de várias nações. Como assoviador profissional também gravou trilhas sonoras, principalmente para comerciais de TV, ao longo de sua carreira.

Nos anos 90 Toots embarcou em projectos temáticos sobre world music. Em 1998, lançou o álbum "Chez Toots", que incluía o tema Les Moulins De Mon Coeur, com a participação do cantor Johnny Mathis.

Toots at La Brasserie 1975

Discografia[editar | editar código-fonte]

Alguns dos seus principais trabalhos:

Referências

  1. «Toots Thielemans, considerado 'rei da gaita', morre aos 94 anos». G1. 22 de agosto de 2016. Consultado em 22 de agosto de 2016