Topless

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Topless é um termo originário da língua inglesa que significa sem o top, isto é, sem a peça de roupa que cobre o tronco. O termo designa uma situação em que uma mulher está nua da cintura para cima, com os seios à mostra.[1][2]

Comportamento[editar | editar código-fonte]

Topless em uma praia de Devon, Inglaterra, em 2007.

É bastante comum falar em topless quando uma mulher está na praia ou à beira de uma piscina, geralmente com o objetivo de fazer bronzeamento nas partes comumente cobertas pelo biquíni.

Algumas culturas tradicionais, tais como os índios da América Central e do Sul, e também alguns povos da África e da Oceania, não estigmatizam o topless entre as mulheres, sendo visto como uma prática normal.

Em praias da Europa, o topless é muito comum; porém, no Brasil, a prática muitas vezes provoca estranhamento,[3] contrariando o clichê que apresenta o país como terra da liberdade de comportamento. Embora a lei brasileira proíba o chamado ultraje público ao pudor[4], não especifica quais condutas poderiam ser interpretadas como obscenas, não distinguindo, por exemplo, o topless e o uso de biquínis curtos, tão frequentes em praias brasileiras. Todavia, a prática de topless pode vir a ser punida legalmente, dependendo do caso, por ofender a convenção social já estabelecida, fazendo com que a conduta seja interpretada como obscena, portanto enquadrando-se no tipo penal previsto na legislação e sendo passível de proibição.[4]

Para os homens[editar | editar código-fonte]

Comumente, não se emprega a expressão para os homens, já que na língua inglesa o termo top não costuma ser utilizado para se referir ao vestuário masculino. A eles é destinado o termo sem camisa, normalmente para a proibição da entrada de pessoas nessa situação em bares, lojas e outros estabelecimentos.

Manifestações públicas[editar | editar código-fonte]

São comuns, principalmente na Europa e nos Estados Unidos, manifestações públicas em que os ativistas ficam sem a parte de cima ou mesmo sem a roupa toda, de forma a chamar a atenção da opinião pública, pois a nudez e o moralismo envolvidos sempre causam polêmica. Uma organização que utiliza bastante esse recurso é a People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), cujo objetivo é a proteção aos animais.[5][6]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Topless

Referências

  1. «Significado de Topless». Dicionário Online de Português. Consultado em 22 de janeiro de 2017 
  2. «Definição ou significado de topless». Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa. Consultado em 22 de janeiro de 2017 
  3. «Modelo brasileira faz topless na Europa: "No Brasil, não é visto com bons olhos"». iG Gente. 26 de julho de 2015. Consultado em 22 de janeiro de 2017 
  4. a b Código Penal Brasileiro, Parte Especial, Título VI, Capítulo VI.
  5. Santos, Daniel (5 de dezembro de 2013). «Uso do corpo nu em protestos é uma forma de comunicar, diz especialista». BOL. Consultado em 22 de janeiro de 2017 
  6. Donisete, Ricardo (5 de fevereiro de 2013). «A nudez é uma forma eficaz de protesto?». iG São Paulo. Consultado em 22 de janeiro de 2017