Tori (artes marciais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O tori, à direita, executa um ataque contra o uke, na esquerda.

Tori (取り?) é um termo usado nas artes marciais japonesas para designar o executor de uma técnica exercida em parceria. O termo "tori" advém do verbo "toru" (取る?), que significa "tomar", "pegar" ou "escolher".

No judo, aikido e outras artes marciais, tori refere-se ao indivíduo que completa a técnica contra o parceiro de treino, chamado de uke. Independentemente da situação, tori é sempre aquele que completa o emprego da técnica com sucesso. Os termos tori e uke não são sinónimos de atacante e defensor, porque o papel é determinado pelo sucesso no emprego da técnica e não por quem começou.[1]

No aikido e artes marciais relacionadas, o tori executa uma técnica de defesa contra um ataque iniciado pelo uke.[2] Entretanto, no aikido, existem termos alternativos que descrevem o papel do tori, dependendo do estilo ou situação particular como "atirador" (投げ, nage?) e "performance com a mão" (仕手, shtay?)[nt 1].

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Shtay pode também referir-se à personagem principal do teatro japonês denominada de noh

Referências

  1. «What is Judo and Kodokan?» (em inglês). judoinfo.com/. Consultado em 27 de janeiro de 2014 
  2. «Japanese Terms used in Daily Practice» (em inglês). pacific-aikido.org. Consultado em 27 de janeiro de 2014 


Ícone de esboço Este artigo sobre esporte/desporto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.