Torneio de Roland Garros de 2022

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Torneio de Roland Garros de 2022
Detalhes
Data 22 de maio a 5 de junho
Edição 126ª
Local Stade Roland Garros
França Paris, França
Organização Federação Internacional de Tênis (ITF)
Federação Francesa de Tênis (FFT)
Direção Amélie Mauresmo[1]
Categoria Grand Slam
Piso saibro
Premiação total € 43.600.000
Campeões
Profissionais
Simples masculino Espanha Rafael Nadal
Simples feminino Polónia Iga Świątek
Duplas masculinas El Salvador Marcelo Arévalo
Países Baixos Jean-Julien Rojer
Duplas femininas França Caroline Garcia
França Kristina Mladenovic
Duplas mistas Japão Ena Shibahara
Países Baixos Wesley Koolhof
Juvenis
Simples masculino França Gabriel Debru
Simples feminino Chéquia Lucie Havlíčková
Duplas masculinas Lituânia Edas Butvilas
Croácia Mili Poljičak
Duplas femininas Chéquia Sára Bejlek
Chéquia Lucie Havlíčková
Cadeirantes
Simples masculino Japão Shingo Kunieda
Simples feminino Países Baixos Diede de Groot
Simples tetraplégico Países Baixos Niels Vink
Duplas masculinas Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Duplas femininas Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Duplas tetraplégicas Países Baixos Sam Schröder
Países Baixos Niels Vink
Outros eventos
Duplas masculinas lendárias França Arnaud Clément
França Fabrice Santoro
Duplas femininas lendárias Itália Flavia Pennetta
Itália Francesca Schiavone
Edições
Torneio de Roland Garros
2021
2023
Grand Slam

O Torneio de Roland Garros de 2022 foi um torneio de tênis disputado nas quadras de saibro do Stade Roland Garros, em Paris, na França, entre 22 de maio e 5 de junho. Corresponde à 55ª edição da era aberta e a 126ª de todos os tempos. O evento voltou à ua capacidade total de espectadores após as duas últimas edições devido às restrições do pandemia de COVID-19 na França.

Com facilidade, Rafael Nadal derrotou Casper Ruud na final e levou o 14º título em Roland Garros; o 22º do Grand Slam, ampliando o recorde no masculino.[2] A polonesa Iga Świątek, que está fazendo uma temporada surpreendente, agora com 35 vitórias seguidas, conquistou o bicampeonato em Paris, finalizando em sets diretos contra Coco Gauff.[3]

Nas duplas, o primeiro Slam de El Salvador, e o primeiro de duplas da América Central, veio para Marcelo Arévalo, que levantou a taça com o experiente holandês Jean-Julien Rojer.[4] Entre as mulheres, a vitória ficou em casa: Caroline Garcia e Kristina Mladenovic, que não passavam por bons momentos na carreira e estavam brigadas, reataram e reviveram os velhos tempos. O último título das duas, em Paris, data de seis anos.[5] Em mistas, a japonesa Ena Shibahara e o holandês Wesley Koolhof firmaram parceria pela primeira vez antes de superar os cinco jogos que os levaram ao título.[6]

Nova direção[editar | editar código-fonte]

Guy Forget, que dirigia o evento há muitos anos, foi demitido no final de 2021, dando lugar a Amélie Mauresmo, em 9 de dezembro. A ex-número 1 do tênis feminino também assume a função no ATP de Paris.[7]

Duplas lendárias[editar | editar código-fonte]

Após três anos de hiato, as competições amistosas para veteranos retornou a Roland Garros. Anteriormente, cada chave contava com seis parcerias; agora, são oito. O masculino foi unificado, quando até 2019 era dividido em para jogadores acima e abaixo dos 45 anos. O formato se mantém: divisão em dois grupos e disputa por round robin; os primeiros colocados se enfrentam na final.[8]

Impacto da invasão da Ucrânia pela Rússia[editar | editar código-fonte]

Este foi o primeiro torneio do Grand Slam desde que os órgãos internacionais de tênis permitiram que jogadores da Rússia e da Bielorrússia continuassem a participar de eventos de tênis, mas não competissem sob o nome ou bandeiras da Rússia e da Bielorrússia até novo aviso, devido à invasão da Ucrânia pela Rússia em 2022. As medidas já estavam em vigor em outros torneios dos circuitos masculino e feminino desde o final do segundo mês do ano.[9][10]

Para fins informativos, as bandeiras neste artigo foram mantidas.

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Estes foram os países e regiões, e seus respectivos meios de comunicação, que transmitiram esta edição do torneio:[11]

Pontuação e premiação[editar | editar código-fonte]

Distribuição de pontos[editar | editar código-fonte]

ATP[13] e WTA[14] informam suas pontuações em Grand Slam, distintas entre si, em simples e em duplas. A ITF responde exclusivamente pelos juvenis[15] e cadeirantes.[16]

Considerado torneio amistoso, o de duplas mistas não gera pontos.

No juvenil, os simplistas jogam duas fases de qualificatório, mas só os que passam à chave principal pontuam. Em duplas, a pontuação é por jogador. A partir da fase com 16, os competidores recebem pontos adicionais de bônus (os valores da tabela já somam as duas pontuações).

Profissional[editar | editar código-fonte]

Evento V F SF QF R16 R32 R64 R128 Q Q3 Q2 Q1
Simples masculino 2000 1200 720 360 180 90 45 10 25 16 8 0
Duplas masculinas 0
Simples feminino 1300 780 430 240 130 70 10 40 30 20 2
Duplas femininas 10

Premiação[editar | editar código-fonte]

A premiação geral aumentou 27% em relação a 2021. Os títulos de simples tiveram um acréscimo de € 800.000 cada.

Os valores para duplas são por par. Diferentemente da pontuação, não há recompensa extra aos vencedores do qualificatório.

Os juvenis não são pagos. A premiação de duplas mistas não foi divulgada.[17][18][nota 1]

Evento V F SF QF Últimos 16 Últimos 32 Últimos 64 Últimos 128 Q3 Q2 Q1
Contemplados 1 1 2 4 8 16 32 64 16 32 64
Simples (2) € 2.200.000 € 1.100.000 € 600.000 € 380.000 € 220.000 € 125.800 € 86.000 € 62.000 € 31.000 € 20.000 € 14.000
Duplas (2) € 580.000 € 290.000 € 146.000 € 79.500 € 42.000 € 25.000 € 15.500
Duplas mistas € 122.000 € 61.000 € 31.000 € 17.500 € 10.000 € 5.000

Total dos eventos acima: € 42.988.600

Outros eventos + per diem (estimado): € 611.400

Total da premiação: € 43.600.000

Cabeças de chave[editar | editar código-fonte]

Cabeças baseados(as) nos rankings de 16 de maio de 2022. Rankings e pontos são de 23 de maio de 2022.

A colocação individual nos rankings de duplas masculinas e femininas ajudam a definir os cabeças de chaves nestas categorias e também na de mistas.

Em verde, o(s) cabeça(s) de chave campeão(ões). Em vermelho, o(s) vice-campeão(ões).

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Como o torneio acontece uma semana antes do que a edição de 2021, os pontos dos torneios de 2020 e 2021 não serão descartados até 13 de junho de 2022, uma semana após o final da edição atual. Assim, eles não são refletidos na tabela abaixo. Em vez disso, os jogadores perdão os pontos de torneios realizados durante a semana de 24 de maio de 2021 (Belgrado 2 e Parma) ou o 19º melhor resultado no último ano.

Este é um sistema de ajuste de classificação diferente do que a WTA está usando para a chave feminina.

Cabeça Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
caindo
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminado
na
Eliminado por
1 1 Sérvia Novak Djokovic 8.660 250 360 8.770 QF Espanha Rafael Nadal [5]
2 2 Rússia Daniil Medvedev 7.980 (0) 180 8.160 4ª fase Croácia Marin Čilić [20]
3 3 Alemanha Alexander Zverev 7.075 (0) 720 7.795 SF, ab. Espanha Rafael Nadal [5]
4 4 Grécia Stefanos Tsitsipas 5.965 (45) 180 6.100 4ª fase Dinamarca Holger Rune
5 5 Espanha Rafael Nadal 5.525 (0) 2.000 7.525 Campeão
6 6 Espanha Carlos Alcaraz 4.648 (3) 360 5.005 QF Alemanha Alexander Zverev [3]
7 7 Rússia Andrey Rublev 3.945 (45) 360 4.260 QF Croácia Marin Čilić [20]
8 8 Noruega Casper Ruud 3.940 (90) 1.200 5.050 F Espanha Rafael Nadal [5]
9 9 Canadá Félix Auger-Aliassime 3.820 (45) 180 3.955 4ª fase Espanha Rafael Nadal [5]
10 11 Reino Unido Cameron Norrie 3.455 (45) 90 3.500 3ª fase Rússia Karen Khachanov [21]
11 12 Itália Jannik Sinner 3.185 (10) 180 3.355 4ª fase, ab. Rússia Andrey Rublev [7]
12 13 Polónia Hubert Hurkacz 3.095 17 180 3.258 4ª fase Noruega Casper Ruud [8]
13 14 Estados Unidos Taylor Fritz 2.920 (45) 45 2.920 2ª fase Espanha Bernabé Zapata Miralles [Q]
14 15 Canadá Denis Shapovalov 2.531 (10) 10 2.531 1ª fase Dinamarca Holger Rune
15 16 Argentina Diego Schwartzman 2.505 (90) 180 2.595 4º fase Sérvia Novak Djokovic [1]
16 18 Espanha Pablo Carreño Busta 2.135 (10) 10 2.135 1ª fase França Gilles Simon [WC]
17 17 Estados Unidos Reilly Opelka 2.180 (45) 10 2.145 1ª fase Sérvia Filip Krajinović
18 21 Bulgária Grigor Dimitrov 1.740 (0) 90 1.830 3ª fase Argentina Diego Schwartzman [15]
19 20 Austrália Alex de Minaur 1.838 (23) 10 1.825 1ª fase França Hugo Gaston
20 23 Croácia Marin Čilić 1.695 (45) 720 2.370 SF Noruega Casper Ruud [8]
21 25 Rússia Karen Khachanov 1.620 (45) 180 1.755 4ª fase Espanha Carlos Alcaraz [6]
22 24 Geórgia Nikoloz Basilashvili 1.628 (10) 45 1.663 2ª fase Estados Unidos Mackenzie McDonald
23 26 Estados Unidos John Isner 1.616 (10) 90 1.696 3ª fase Espanha Bernabé Zapata Miralles [Q]
24 27 Estados Unidos Frances Tiafoe 1.599 (23) 45 1.621 2ª fase Bélgica David Goffin
25 28 Espanha Alejandro Davidovich Fokina 1.400 (10) 10 1.400 1ª fase Países Baixos Tallon Griekspoor
26 29 Países Baixos Botic van de Zandschulp 1.344 (26) 90 1.408 3ª fase Espanha Rafael Nadal [5]
27 30 Estados Unidos Sebastian Korda 1.326 250 90 1.166 3ª fase Espanha Carlos Alcaraz [6]
28 31 Sérvia Miomir Kecmanović 1.316 (20) 90 1.386 3ª fase Rússia Daniil Medvedev [2]
29 32 Reino Unido Daniel Evans 1.232 63 45 1.214 2ª fase Suécia Mikael Ymer
30 33 Estados Unidos Tommy Paul 1.218 90 10 1.138 1ª fase Chile Cristian Garín
31 34 Estados Unidos Jenson Brooksby 1.207 (0) 10 1.217 1ª fase Uruguai Pablo Cuevas
32 35 Itália Lorenzo Sonego 1.190 (20) 90 1.260 3ª fase Noruega Casper Ruud [8]
Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking Jogador Pontos
anteriores
Pontos
caindo
Nova
pontuação
Motivo
10 Itália Matteo Berrettini 3.805 (0) 3.805 Lesão na mão direita[19]
19 Espanha Roberto Bautista Agut 1.903 (23) 1.880 Lesão no punho direito[20]
22 França Gaël Monfils 1.715 (0) 1.715 Lesão no calcanhar direito[21]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Ao contrário da ATP, os pontos do torneio feminino de 2021 serão descartados ao final do torneio deste ano, embora a edição de 2021 tenha sido realizada uma semana depois de 2022. As jogadoras também perderão pontos do WTA de Estrasburgo, realizado durante a semana de 24 de maio de 2021.

Cabeça Ranking Jogadora Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Pontos
conquistados
Nova
pontuação
Eliminada
na
Eliminada por
1 1 Polónia Iga Świątek 7.061 430 2.000 8.631 Campeã
2 2 Chéquia Barbora Krejčíková 4.911 2.000+280 10+1 2.642 1ª fase França Diane Parry
3 4 Espanha Paula Badosa 4.545 430 130 4.245 3ª fase, ab. Rússia Veronika Kudermetova [29]
4 3 Grécia Maria Sakkari 4.726 780 70 4.016 2ª fase Chéquia Karolína Muchová
5 5 Estónia Anett Kontaveit 4.446 130 10 4.325 1ª fase Austrália Ajla Tomljanović
6 6 Tunísia Ons Jabeur 4.380 240 10 4.150 1ª fase Polónia Magda Linette
7 7 Bielorrússia Aryna Sabalenka 3.966 130 130 3.966 3ª fase Itália Camila Giorgi [28]
8 8 Chéquia Karolína Plíšková 3.678 70 70 3.678 2ª fase França Léolia Jeanjean [WC]
9 9 Estados Unidos Danielle Collins 3.315 130 70 3.255 2ª fase Estados Unidos Shelby Rogers
10 10 Espanha Garbiñe Muguruza 3.060 10 10 3.060 1ª fase Estónia Kaia Kanepi
11 11 Estados Unidos Jessica Pegula 2.955 130 430 3.255 QF Polónia Iga Świątek [1]
12 12 Reino Unido Emma Raducanu 2.910 (5)† 70 2.975 2ª fase Bielorrússia Aliaksandra Sasnovich
13 13 Letónia Jeļena Ostapenko 2.535 10 70 2.596 2ª fase França Alizé Cornet
14 14 Suíça Belinda Bencic 2.525 70 130 2.585 3ª fase Canadá Leylah Fernandez [17]
15 15 Bielorrússia Victoria Azarenka 2.440 240 130 2.330 3ª fase Suíça Jil Teichmann [23]
16 16 Cazaquistão Elena Rybakina 2.420 430 130 2.120 3ª fase Estados Unidos Madison Keys [22]
17 18 Canadá Leylah Fernandez 2.245 70 430 2.605 QF Itália Martina Trevisan
18 23 Estados Unidos Coco Gauff 1.886 430 1.300 2.756 F Polónia Iga Świątek [1]
19 19 Roménia Simona Halep 2.126 0 70 2.196 2ª fase China Zheng Qinwen
20 20 Rússia Daria Kasatkina 2.115 130 780 2.765 SF Polónia Iga Świątek [1]
21 17 Alemanha Angelique Kerber 2.354 10 130 2.474 3ª fase Bielorrússia Aliaksandra Sasnovich
22 22 Estados Unidos Madison Keys 1.899 130 240 2.023 4ª fase Rússia Veronika Kudermetova [29]
23 24 Suíça Jil Teichmann 1.783 0 240 2.023 4ª fase Estados Unidos Sloane Stephens
24 25 Eslovénia Tamara Zidanšek 1.683 780 130 1.033 3ª fase Estados Unidos Jessica Pegula [11]
25 27 Rússia Liudmila Samsonova 1.670 (30)† 10 1.650 1ª fase Montenegro Danka Kovinić
26 26 Roménia Sorana Cîrstea 1.670 240+180 70+30 1.350 2ª fase Estados Unidos Sloane Stephens
27 28 Estados Unidos Amanda Anisimova 1.610 10 240 1.840 4ª fase Canadá Leylah Fernandez [17]
28 30 Itália Camila Giorgi 1.583 70 240 1.753 4ª fase Rússia Daria Kasatkina [20]
29 29 Rússia Veronika Kudermetova 1.585 70 430 1.945 QF Rússia Daria Kasatkina [20]
30 31 Rússia Ekaterina Alexandrova 1.531 70+60 70+55 1.526 2ª fase Roménia Irina-Camelia Begu
31 32 Bélgica Elise Mertens 1.505 130 240 1.615 4ª fase Estados Unidos Coco Gauff [18]
32 34 Chéquia Petra Kvitová 1.435 70 70 1.435 2ª fase Austrália Daria Saville [WC]

† A jogadora não se classificou para a edição de 2021. Assim, seu 16º melhor resultado no último ano será deduzido.

Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking Jogadora Pontos
anteriores
Pontos
a defender
Nova
pontuação
Motivo
21 Rússia Anastasia Pavlyuchenkova 2.093 1.300 793 Lesão no joelho esquerdo[22]
33 Ucrânia Elina Svitolina 1.454 130 1.324 Lesão nas costas e gravidez[23]

Duplas[editar | editar código-fonte]

Mistas[editar | editar código-fonte]

Cabeça Ranking Equipe
1 9 China Zhang Shuai França Nicolas Mahut
2 19 Japão Ena Shibahara Países Baixos Wesley Koolhof
3 21 Canadá Gabriela Dabrowski Austrália John Peers
4 25 Estados Unidos Desirae Krawczyk Reino Unido Neal Skupski
5 37 Eslovénia Andreja Klepač Índia Rohan Bopanna
6 41 Cazaquistão Anna Danilina Cazaquistão Andrey Golubev
7 42 Estados Unidos Bernarda Pera Croácia Mate Pavić
8 42 México Giuliana Olmos El Salvador Marcelo Arévalo

Convidados à chave principal[editar | editar código-fonte]

Os jogadores a seguir receberam convite para disputar diretamente a chave principal baseados em seleções internas e recentes desempenhos.[24]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino

Duplas[editar | editar código-fonte]

Masculinas Femininas Mistas

Qualificados à chave principal[editar | editar código-fonte]

O qualificatório aconteceu no Stade Roland Garros entre 16 e 20 de maio de 2022.[25]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino
  1. França Geoffrey Blancaneaux
  2. Portugal Nuno Borges
  3. Estados Unidos Bjorn Fratangelo
  4. Croácia Borna Gojo
  5. Eslováquia Norbert Gombos
  6. Chéquia Zdeněk Kolář
  7. Rússia Pavel Kotov
  8. Austrália Jason Kubler
  9. Rússia Andrey Kuznetsov
  10. Áustria Sebastian Ofner
  11. Argentina Santiago Rodríguez Taverna
  12. Taipé Chinesa Tseng Chun-hsin
  13. Argentina Camilo Ugo Carabelli
  14. Peru Juan Pablo Varillas
  15. Espanha Bernabé Zapata Miralles
  16. Itália Giulio Zeppieri
  1. Estados Unidos Hailey Baptiste
  2. Roménia Irina Bara
  3. Suécia Mirjam Björklund
  4. Bélgica Ysaline Bonaventure
  5. Espanha Cristina Bucșa
  6. México Fernanda Contreras Gómez
  7. Sérvia Olga Danilović
  8. Grécia Valentini Grammatikopoulou
  9. Sérvia Aleksandra Krunić
  10. Canadá Rebecca Marino
  11. Alemanha Jule Niemeier
  12. Chéquia Linda Nosková
  13. Rússia Oksana Selekhmeteva
  14. Ucrânia Lesia Tsurenko
  15. Croácia Donna Vekić
  16. China Zhu Lin

Lucky losers

  1. Itália Franco Agamenone
  2. Argentina Pedro Cachín
  3. Argentina Juan Ignacio Londero
  1. Roménia Mihaela Buzărnescu
  2. Hungria Réka-Luca Jani
  3. Alemanha Nastasja Schunk
  4. Bulgária Viktoriya Tomova

Dia a dia[editar | editar código-fonte]

Eliminações em simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Finais[editar | editar código-fonte]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino Espanha Rafael Nadal Noruega Casper Ruud 6–3, 6–3, 6–0
principal
qualificatório
Feminino Polónia Iga Świątek Estados Unidos Coco Gauff 6–1, 6–3
principal
qualificatório
Duplas Masculino El Salvador Marcelo Arévalo
Países Baixos Jean-Julien Rojer
Croácia Ivan Dodig
Estados Unidos Austin Krajicek
46–7, 7–65, 6–3
principal
Feminino França Caroline Garcia
França Kristina Mladenovic
Estados Unidos Coco Gauff
Estados Unidos Jessica Pegula
2–6, 6–3, 6–2
principal
Misto Japão Ena Shibahara
Países Baixos Wesley Koolhof
Noruega Ulrikke Eikeri
Bélgica Joran Vliegen
7–65, 6–2
principal

Juvenil[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino França Gabriel Debru Bélgica Gilles Arnaud Bailly 7–65, 6–3
principal
qualificatório
Feminino Chéquia Lucie Havlíčková Argentina Solana Sierra 6–3, 6–3
principal
qualificatório
Duplas Masculino Lituânia Edas Butvilas
Croácia Mili Poljičak
Peru Gonzalo Bueno
Peru Ignacio Buse
6–4, 6–0
principal
Feminino Chéquia Sára Bejlek
Chéquia Lucie Havlíčková
Chéquia Nikola Bartůňková
Suíça Céline Naef
6–3, 6–3
principal

Cadeirante[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave
Simples Masculino Japão Shingo Kunieda Argentina Gustavo Fernández 6–2, 7–5
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot Japão Yui Kamiji 6–4, 6–1
principal
Tetraplégico Países Baixos Niels Vink Países Baixos Sam Schröder 6–4, 7–68
principal
Duplas Masculino Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Argentina Gustavo Fernández
Japão Shingo Kunieda
7–65, 7–65
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Japão Yui Kamiji
África do Sul Kgothatso Montjane
7–65, 1–6, [10–8]
principal
Tetraplégico Países Baixos Sam Schröder
Países Baixos Niels Vink
Austrália Heath Davidson
Brasil Ymanitu Silva
6–2, 6–2
principal

Outros eventos[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave
Duplas
lendárias
Masculino França Arnaud Clément
França Fabrice Santoro
França Sébastien Grosjean
França Cédric Pioline
6–3, 4–6, [10–7]
principal
Feminino Itália Flavia Pennetta
Itália Francesca Schiavone
Argentina Gisela Dulko
Argentina Gabriela Sabatini
1–6, 7–64, [10–6]
principal

Notas

  1. Foram usados os valores de premiação da última vez que foram atualizados (2019).

Referências

  1. «Mauresmo faz história e é a nova diretora de Roland Garros». bolamarela.pt. 9 de dezembro de 2021 
  2. «Nadal ergue 14º troféu em Paris e vence 22º Slam». globo.com. 5 de junho de 2022 
  3. «Swiatek não dá chances a Gauff e fatura o bi em RG». tenisbrasil.com.br. 4 de junho de 2022 
  4. «Com Rojer, Arevalo fatura 1º Slam de El Salvador». tenisbrasil.com.br. 4 de junho de 2022 
  5. «Garcia e Mladenovic não se falavam, mas fizeram as pazes e ganharam Roland Garros». bolamarela.pt. 5 de junho de 2022 
  6. «Shibahara e Koolhof faturam o título de duplas mistas». tenisbrasil.com.br. 2 de junho de 2022 
  7. «Mauresmo faz história e é a nova diretora de Roland Garros». bolamarela.pt. 9 de dezembro de 2021 
  8. «2022: The Legends Trophy by Emirates is back!» (em inglês). rolandgarros.com. 11 de maio de 2022 
  9. «Joint Statement by the International Governing Bodies of Tennis» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 1º de março de 2022 
  10. «Joint Statement by the International Governing Bodies of Tennis» (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada em 1º de março de 2022 
  11. «Broadcasters» (em inglês). rolandgarros.com. Cópia arquivada em 13 de maio de 2022 
  12. «Torneio que consagrou Guga, Roland Garros será transmitido pela Disney». lance.com.br. 19 de maio de 2022 
  13. «2022 ATP Tour: Media Guide» (pdf) (em inglês). atptour.com. p. 53 (arquivo); 103 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 18 de dezembro de 2021 
  14. «WTA Tour: 2022 Official Guide - All Time Records» (pdf) (em inglês). wtatennis.com. p. 152 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 10 de janeiro de 2022 
  15. «2022 ITF World Tennis Tour Juniors Regulations» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 18 (arquivo); 12 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de janeiro de 2022 
  16. «2022 Wheelchair Tennis Regulations» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 67-68 (arquivo); 64-65 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de janeiro de 2022 
  17. «Roland Garros Announces 2022 Prize Money» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 15 de maio de 2022 
  18. «French Open 2022: Dates, draws, prize money and everything you need to know» (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada em 19 de maio de 2022 
  19. «Berrettini adia retorno e não vai jogar Roland Garros». tenisbrasil.com.br. 15 de maio de 2022 
  20. «Roberto Bautista desiste de Roland Garros e estão três lucky losers confirmados». bolamarela.pt. 18 de maio de 2022 
  21. «Lesão força Monfils a desistir de Roland Garros». tenisbrasil.com.br. 16 de maio de 2022 
  22. «Atual vice de RG, Pavlyuchenkova não joga mais no ano». tenisbrasil.com.br. 17 de maio de 2022 
  23. «Svitolina e Monfils anunciam que vão ter uma filha em outubro». bolamarela.pt. 15 de maio de 2022 
  24. «Roland-Garros 2022: Wildcards Announced» (em inglês). rolandgarros.com. Cópia arquivada em 11 de maio de 2022 
  25. «French Open 2022 qualifying results and wild cards: Who will compete at Roland-Garros?» (em inglês). sportingnews.com. Cópia arquivada em 22 de maio de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]