Torre (Serra da Estrela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Torre
A Torre assinala o ponto mais elevado da Serra da Estrela.
Torre está localizado em: Portugal Continental
Torre
Localização em Portugal Continental
Coordenadas 40° 19' 18.72" N 7° 36' 46.68" O
Altitude 1993 m (6539 pés)
Proeminência 1204 m
Cume-pai: Pico Almanzor[1]
Isolamento 159,17 km
Localização Manteigas, Seia, Covilhã
País  Portugal
Cordilheira Cordilheira Montejunto-Estrela (parte da Cordilheira Central da Península Ibérica)
Rota mais fácil Por estrada pavimentada

A Torre é o ponto de maior altitude da Serra da Estrela e também de Portugal Continental, e o segundo mais elevado de Portugal (apenas a Montanha do Pico, nos Açores, tem maior altitude, com 2351 metros). Este ponto não é um cume característico de montanha, mas sim o ponto mais alto de uma serra. A Torre tem a característica incomum de ser um topo acessível por uma estrada pavimentada, no fim da qual há uma rotunda com um monumento simbólico da Torre, existindo também um marco geodésico.[2] Diz-se, embora tal não seja confirmado, que o rei D. João VI teria no início do século XIX mandado erigir aqui um monumento em pedra, de modo a completar a altitude até chegar aos 2000 metros.[2]

O ponto situa-se no limite das freguesias de Unhais da Serra (Covilhã), São Pedro (Manteigas), Loriga (Seia) e Alvoco da Serra (Seia), sendo, por isso, pertença de três municípios: Covilhã, Manteigas e Seia. A Torre também dá o nome à localidade onde está situada, a parte mais elevada da serra.[3]

A altitude da Torre é de 1993 m, conforme acertos introduzidos por medições realizadas pelo Instituto Geográfico do Exército. Precisamente no ponto mais elevado foi construída um marco geodésico homónimo, que assinala o ponto mais elevado da Serra da Estrela. A sua proeminência topográfica é de 1204 m (o cume-pai é o Pico Almanzor, em Espanha) e o isolamento topográfico é de 159,17 km[4]

No local há um grande miradouro do qual se observa uma vista desobstruída sobre a paisagem de vales encaixados numa zona de contacto entre xisto e granito, recortados por diversos cursos de água.[2] As temperaturas mais baixas de Portugal são registadas no cume da Serra da Estrela, chegando mesmo a atingir -20 °C no inverno.[2]

Interesse turístico[editar | editar código-fonte]

Telecadeiras da estância de esqui próxima da Torre, em janeiro de 2007

A Torre é famosa pela queda de neve durante os meses de inverno, atraindo um grande número de turistas. Durante o verão, em dias claros, a vista pode abranger até ao mar, vendo-se ao longe a zona da Figueira da Foz.[2]

No local há um restaurante e lojas com produtos típicos da região, como o queijo da Serra da Estrela, a Estância de Esqui Vodafone e um monumento gravado na rocha em homenagem a Nossa Senhora da Boa Estrela, padroeira dos pastores.[5]

A área urbana mais próxima deste local é a cidade da Covilhã, distante cerca de 20 km, e os alojamentos mais próximos da Torre estão situados na localidade das Penhas da Saúde, a cerca de 10 minutos de distância.

Em setembro de 2016, a Turistrela, empresa concessionária do Turismo na Serra da Estrela, anunciou que quer construir uma rede de teleféricos de acesso à Torre para permitir a subida de turistas até ao ponto mais alto da montanha, mesmo quando as estradas estão fechadas.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações de interesse[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Torre (Serra da Estrela)