Totalmente Inocentes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Totalmente Inocentes
 Brasil
2012 •  cor •  90 min 
Direção Rodrigo Bittencourt
Roteiro Rodrigo Bittencourt
Elenco Fábio Porchat
Mariana Rios
Fábio Assunção
Ingrid Guimarães
Leandro Firmino
Cauê Campos
Lucas D'Jesus
Gleison Silva
Gênero Comédia, Favela movie
Lançamento 7 de setembro de 2012[1]
Idioma Português
Orçamento R$ 3,5 milhões [2]
Receita R$ 5,3 milhões [3]
Página no IMDb (em inglês)

Totalmente Inocentes é um filme brasileiro de 2012, uma comédia lançada no dia 7 de setembro de 2012, com roteiro de Rafael Dragaud e Carolina Castro, dirigida por Rodrigo Bittencourt e com distribuição de Paris Filmes.[4] Trata-se da fictícia favela do DDC, Da Fé e seus amigos decidem se transformar em traficantes. Só que eles não têm talento para a coisa.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Favela Santa Marta, onde foi gravado em parte.

O filme é uma paródia de outros grandes sucessos cinematográficos brasileiros: Tropa de Elite e Cidade de Deus, ele foi gravado em maior parte em Paulínia, no interior de São Paulo, e no Morro Dona Marta, na zona sul do Rio de Janeiro.[5]

O elenco conta com Fabio Assunção, Fábio Porchat, Kiko Mascarenhas, Fábio Lago, Leandro Firmino e Álamo Facó, além de participações especiais de Ingrid Guimarães, Felipe Neto, Vivianne Pasmanter e Di Ferrero, vocalista da banda NX Zero. O trio de protagonistas (Lucas D'Jesus, Gleison Silva e Cauê Campos, que vivem Da Fé, Bracinho e Torrado, respectivamente) foi escolhido após centenas de testes.[6]

Totalmente Inocentes é uma produção da Paris Filmes, Atitude Produções e Migdal Filmes, em coprodução com a Globo Filmes e RioFilme e distribuição da Paris Filmes e RioFilme Distribuições.[7]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Totalmente Inocentes recebeu mais críticas negativas do que positivas, em diversos sites; um dos principais sites brasileiros sobre filmes, o AdoroCinema.com classificou o filme com a nota de 1,5. O crítico do site escreveu que "Totalmente Inocentes é um filme cansativo, que não explora de forma convincente o material que tem em mãos [...] um filme totalmente fraco". Já críticos de outros sites bastante conhecidos, o CineClick falou que "Totalmente Inocentes tem um roteiro pobre e direção tacanha e não cumpre o compromisso básico de uma comédia: fazer rir".[8] Já o site Cinema com Rapadura, citou que "o humor chega a ser ridículo de tão sem graça".[9] A crítica dos espectadores dos sites não foram diferente, sendo que muitos apenas criticavam o roteiro de Rodrigo Bittencourt.[10]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado no dia 7 de setembro de 2012, e foram vendidos mais de 106 mil ingressos em todo o Brasil, desde o lançamento o longa-metragem não esta tendo uma receita razoável e continuou caindo o numero de espectadores que foram para as salas de cinema para assistir o filme.[4]

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora do filme trouxe nove faixas.[11]

  1. "I Started a Joke" - Faith No More
  2. "Tiro ao Álvaro" - Mariana Rios e Di Ferrero
  3. "Baby Elephant Walk" - Marcos Kuzka Cunha
  4. "Cedo ou Tarde" - Nx Zero
  5. "Uni-duni-tê" - Lola Fiuza e João Paulo Fiuza Soares
  6. "Funk do Sinistro" - Marcos Kuzka Cunha
  7. "Tropa de Elite" - Tihuana
  8. "Misirlou" - Rodrigo Bittencourt e Marcos Kuzka Cunha
  9. "O Que É, o Que É?" - Gonzaguinha

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.