Totvs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Totvs
Totvs
Razão social Totvs S.A.
Empresa de capital aberto
Cotação B3TOTS3
Atividade Software
Gênero Sociedade anônima
Fundação 1983
Fundador(es) Laércio Cosentino e Ernesto Haberkorn
Sede São Paulo,  Brasil
Pessoas-chave Dennis Herszkowicz (CEO)

Laércio Cosentino (Chairman)

Empregados 12.000
Produtos Softwares ERP
Valor de mercado Aumento R$ 8,84 bilhões (ago/2018)[1]
Lucro Aumento R$ 252,1 milhões (2019)[2]
Faturamento Aumento R$ 2,32 bilhões (2019)[3]
Website oficial totvs.com.br

TOTVS (pronuncia-se tótus) é uma empresa brasileira de software, com sede em São Paulo. Líder absoluta em tecnologia para empresas, possui um amplo portfólio de sistemas e aplicações, além de oferecer serviços financeiros para empresas. Possui mais de 70 mil clientes dos mais variados portes e que atuam em 12 segmentos da economia brasileira, sendo eles: Agro, Logística, Manufatura, Distribuição, Varejo, Prestadores de Serviços, Educacional, Hotelaria, Jurídico, Construção, Saúde e Financial Services. Segundo a FGV, a TOTVS lidera o mercado de Software de Gestão no Brasil.

A empresa se posiciona como uma provedora que vai muito além do ERP tendo investido 3 bilhões de reais em pesquisa e desenvolvimento nos últimos cinco anos, para atender as exigências de seus clientes. Como uma empresa originalmente brasileira, a TOTVS acredita no 'Brasil que FAZ' e apoio o crescimento e sustentabilidade de milhares de negócios e empreendedores, em todo o país. O posicionamento de mercado está em assumir o compromisso de se tornar o trusted advisor de clientes do Grupo TOTVS, por meio da tecnologia.

Com mais de 50% de Market Share no Brasil e posicionada entre os 3 principais players na América Latina, a TOTVS possui clientes em mais de 40 países, Com aproximadamente 10 mil TOTVERS (como são chamados seus colaboradores), entre franquias e unidades próprias, ocupou a 25ª posição de marca mais valiosa do país no ranking da Interbrand em 2020, sendo a única marca de software presente neste ranking. No Brasil conta com 15 filiais, 52 territórios franqueados e 10 centros de desenvolvimento. No mercado internacional, conta com duas unidades na Argentina; um centro de desenvolvimento tecnológico e uma unidade comercial no México; uma unidade na Colômbia; uma unidade no Chile .

História[editar | editar código-fonte]

Na década de 80, a microinformática estava se popularizando e passou a ganhar o mercado. Percebendo o potencial de alcance que o mercado oferecia, Laércio Cosentino, viu a oportunidade para criação de uma nova empresa que desenvolvesse softwares que rodassem em microcomputadores para empresas. Ele propõe durante um almoço, sociedade ao então chefe, Ernesto Haberkorn, dono da Siga. Foi criada então, em setembro de 1983, a Microsiga.

Cada um dos sócios tinha 50% de participação na nova empresa e foi decidido que Laércio estaria a frente da gestão da companhia, que surgiu com o objetivo de promover soluções de gestão empresarial integradas e acessíveis para empresa de pequeno e médio porte que já faziam uso de microcomputadores.

Em 1989, a Microsiga iniciou um ousado plano de expansão, por meio do seu primeiro (na área de tecnologia), sistema de franquias. O projeto foi batizado de 'Tratado de Tordesilhas' e, as quatro franquias principais foram inauguradas, em quatro municípios brasileiros: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre.

No ano de 1992, a sede da Microsiga mudou-se do bairro de Perdizes para um imóvel na Avenida Braz Leme, na zona norte de São Paulo - SP. Este marco também deu início a integração da empresa com a comunidade do entorno, com ações de conservação das áreas públicas da região.

Em 1996, a Microsiga Software S.A torna-se a primeira empresa brasileira de software a obter o ISO 9001 e recebe certificado de qualidade do processo de Ciclo de Vida de softwares por ela desenvolvidos.

Em 1997, a empresa deu início ao seu processo de internacionalização, com a abertura de uma filial na Argentina, Dando continuidade ao projeto de expansão, a recém inaugurada filial na Argentina, intermediou entre os anos de 1997 e 2003, a abertura de novas franquias no Chile, Paraguai e Uruguai.

Em 1998, o sistema Protheus foi oficialmente lançado ao mercado. Hoje o ERP da Linha Protheus é considerado líder de mercado, sendo altamente personalizável e com capacidade para atender empresas de diversos setores. Neste mesmo ano foi fundado o Instituto Microsiga, entidade que promove formação profissional gratuita e apoio à empregabilidade de jovens e pessoas com deficiência, conhecido atualmente como Instituto da Oportunidade Social.

O ano de 1999 foi marcado pelo lançamento do Advanced Protheus 5 (AP 5), software ERP que sucedeu o Siga Advanced. Neste mesmo ano aconteceu um private equity (modalidade de investimento em empresas fechadas para o mercado de capitais) e a chegada do Advent International Corporation, fundo de investimento estadunidense, que ingressou no capital social da companhia, adquirindo 25% das ações da Microsiga. Por fim, o lançamento oficial da linguagem ADVPL, uma linguagem própria da empresa que trouxe bastante flexibilidade para evolução de seus sistemas.

Em 2001, em parceria com Ernesto Haberkorn e Fernando Cícero, Laércio lança aquele que seria um dos mais importantes livros da trajetória da TOTVS: Genoma Empresarial.

Em 2003, a Microsiga adquiriu ativos da empresa mexicana Sipros, especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções informatizadas em folha folha de pagamento e recursos humanos.

Em 2005, a Microsiga se muda para as novas instalações na Avenida Braz Leme, acompanhando o crescimento da companhia.

2006 foi o ano em que a TOTVS realizou seu IPO 9Initial Public Offering), sendo a primeira empresa de TI do setor da América Latina a abrir capital, listada no Novo Mercado da B3. Com este movimento, a TOTVS se consolida por meio de aquisições de concorrentes no mercado de software, como: RM Sistemas e Datasul.

Em 2009, nasce o Universo TOTVS, principal evento da companhia que reúne clientes para apresentar tendências e inovações em seus sistemas e aplicações, tornando-se, com o passar dos anos, um dos principais eventos de tecnologia do Brasil.

2010 foi marcado pela entrada da TOTVS nos Estados Unidos, com uma parceria selada com a Universidade de Stanford. Na mesma época, a companhia atingiu o valor de mercado de 1 bilhão de dólares, podendo ser considerada o 1º Unicórnio do Brasil, em uma época em que esse termo era pouco conhecido.

Em 2012, foi inaugurado o TOTVS Labs em Mountain Ville, no Vale do Silício, na Califórnia, EUA, principal polo mundial de informática e inovação na época. Já em 2013, a TOTVS adquiriu 5 novas empresas: Ciashop, PRX, RMS, Seventeen e e PC Sistemas.

Em 2013 também aconteceu a aquisição de participação minoritária, por meio da TOTVS Venture, no Capital Social da GoodData Corp., empresa da Califórnia (EUA) fornecedora de soluções de business intelligence na nuvem, baseadas em tecnologia de Big Data, que armazena e faz gestão de uma grande base de dados. Ainda neste ano, a TOTVS também lançou o TOTVS Fluig.

Em 2015, 60% do capital social da Neolog foi incorporado à TOTVS, e foi lançada durante o Universo TOTVS a versão 12 da Linha Protheus, uma proposta perene que passa a ganhar releases incrementais com maior peridiocidade do que acontecia anteriormente.

2017 marca a segunda mudança da sede da TOTVS. O novo prédio, ainda na Avenida Braz Leme, possui 65 mil m² e tem capacidade para receber até 3 mil pessoas. Além disso, possibilitou a integração de colaboradores da TOTVS que estavam espalhados por diversas unidades na cidade de São Paulo-SP.

Em 2018, Laércio Cosentino faz o processo de sucessão, passando a presidência da companhia para Dennis Hershkowitz. Cosentino passa a ser presidente do conselho de administração da empresa.

Já em 2019, o laboratório de Inovação da TOTVS muda para Raleigh, na Carolina do Norte, (EUA).O ano também trouxe o anúncio da operação de Joint Venture da TOTVS com a Vtex, promovendo assim a contratação da plataforma de digital commerce por meio de toda a estrutura comercial da TOTVS.

Também nesse ano, foi lançada a campanha de comunicação 'A TOTVS acredita no Brasil que FAZ'. Ainda no período, a TOTVS anunciou a criação da sua unidade de serviços financeiros, para oferecer aos seus clientes produtos de crédito e B2B.

Em 2020, foi criado o Programa de Diversidade e Inclusão, passo importante na sua estratégia de gestão de pessoas. O ano de 2021 trouxe uma sucessão de marcos importantes para a empresa, como o lançamento da política ESG, e já de quebra os reconhecimentos com o Prêmio Exame - Melhores do ESG na Área de Tecnologia e Melhor Empresa de Tecnologia no Prêmio Infomoney Melhores na Bolsa.

Nesse ano foi lançada também uma campanha de comunicação, exclusivamente em canais digitais com foco na marca, por meio de uma série de filmes, sendo o primeiro deles: 'Mistério desvendado! É tudo!'. Além de um filme sobre sua trajetória 'Bando de Inconformados'.

Ainda em 2021, a TOTVS anunciou a criação da Dimensa, empresa que é resultado de uma sociedade entre TOTVS e B3.

O ano também foi marcado por grandes anúncios de relevância:

- A criação do Fundo CVC para o investimento em Start-ups;

- O levantamento de 1,44 bilhão em follow-on, com a emissão de 39,77 milhões de novas ações ordinárias.

- Celebração de 15 anos da abertura de capital na B3.

Em 2022, a TOTVS anunciou a Joint Venture com o Itaú Unibanco, consolidando a TOTVS Techfin com foco na distribuição de serviços financeiros integrados ao sistema de gestão da TOTVS, baseado em inteligência de dados.

Aquisições[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua trajetória, a TOTVS realizou mais de 40 aquisições, poderosa alavanca para a execução de sua estratégia de fortalecimento do core business e de expansão para novos mercados. A empresa segue em permanente ampliação dos negócios, sempre atenta a novas oportunidades de M&As, visando o fortalecimento do seu portfólio.

Abaixo a linha histórica das principais aquisições:

Entre 2004 / 2005 a TOTVS  adquiriu 100% do capital social da Sipros. Atualmente, além da filial, a TOTVS tem um Centro de Pesquisa & Desenvolvimento no México, instalado na cidade de Querétaro. Ainda em 2005, a empresa adquiriu a Logocenter e, em 2006, anunciou a aquisição da RM Sistemas pelo valor aproximado de R$ 165 milhões de reais.

Em 2008 foi formalizada a fusão entre a TOTVS e a Datasul, empresa também de Joinville (SC), com 30 anos de mercado e que era, à época, a principal concorrente nacional da TOTVS no ramo de fornecimento de softwares. Entre 2009 e 2011 a TOTVS adquiriu a Total Banco, fornecedora de soluções para o core business dos bancos.

A empresa abriu uma operação em San Diego, na Califórnia, dentro do câmpus da Universidade da Califórnia, o TOTVS Labs, centro de pesquisa de soluções em computação em nuvem (cloud computing), em 2011. No ano seguinte, abriu um escritório no Vale do Silício, também na Califórnia.

No ano de 2013 a TOTVS adquiriu sete empresas de software brasileiras: a PRX, a ZeroPaper, a RMS, 72% da Ciashop, a Seventeen Tecnologia da Informação, a W&D Participações, controladora das empresas PC Sistemas e PC Informática, e a companhia estadunidense GoodData. Em maio de 2014, comprou, por 75,1 milhões de reais, a empresa paranaense Virtual Age, que atuava no desenvolvimento de softwares na nuvem para companhias de moda têxtil e vestuário.

Em 14 de agosto de 2015, a TOTVS anunciou a compra de 100% da empresa de automação comercial Bematech, por 550 milhões de reais. Em maio de 2019, a empresa vendeu o braço de hardware da Bematech por 25 milhões de reais, para a empresa Elgin.

Após anunciar a venda da Bematech, a companhia também informou a transferência para a VTEX a sua participação de 70% na Ciashop.

Ainda em 2019, a empresa adquiriu a Supplier para reforçar o portfólio de crédito da Techfin.

Em 8 de abril de 2020, comprou a empresa do interior paranaense Wealth Systems, que atuava no desenvolvimento de software de CRM e de força de vendas na nuvem, por 27 milhões de reais. Ainda em 2020 adquiriu a Consinco, por 252 milhões de reais.

No dia 21 de dezembro de 2020, foi anunciada a compra da Tail Target Tecnologia por 12 milhões de reais. Em 9 de março de 2021, anunciou a compra da automatizadora de marketing RD Station por 1,86 bilhão de reais.

O ano de 2022 foi marcado pela aquisição da Feedz, por 66  milhões, como forma de ampliar a operação na gestão de experiência humana.

Em 2023, a TOTVS adquire a Lexos por R$ 13,2 milhões e amplia seu portfólio de soluções em digital commerce para PMEs brasileiras. Ainda neste ano, a RD Station, líder em soluções de tecnologia para marketing digital e vendas para pequenas e médias empresas e que faz parte da dimensão de Business Performance da TOTVS, anunciou a aquisição total do software de vendas Exact Sales por RS 51 milhões.

A TOTVS e o Itaú Unibanco anunciaram, após a aprovação final do Banco Central e conclusão das demais condições precedentes, o fechamento da transação divulgada ao mercado em abril de 2022 para a constituição da joint venture TOTVS TECHFIN. A empresa já está apta a operar e atuará na ampliação e distribuição de serviços financeiros integrados aos sistemas de gestão da TOTVS, baseados em inteligência de dados e voltados para clientes empresariais e toda a sua cadeia de fornecedores, clientes e colaboradores.

A Supplier, que atua na oferta de produtos financeiros B2B e que também faz parte do escopo da transação, é uma subsidiária da TOTVS TECHFIN e contribuirá para o desenvolvimento e crescimento da joint venture.

O acordo foi aprovado, sem restrições, pela Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) em 14 de outubro de 2022 e as autorizações do Banco Central foram obtidas entre 21 de setembro de 2022 e 22 de junho de 2023.

Ainda em 2023, A TOTVS adquiriu a totalidade do capital social da TRS GESTÃO E TECNOLOGIA S.A. (“TRS”), pelo montante de R$ 78,8 milhões, e também realizou a aquisição da totalidade do capital social da franquia IP SÃO PAULO SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL LTDA. (“IP”), pelo total de R$ 137,6 milhões.

Além disso, TOTVS adquiriu 100% das operações de software da Ahgora por R$ 380 milhões. Com um portfólio 100% SaaS e com sede em Florianópolis, a Ahgora é uma das líderes de HR Tech no Brasil, tendo como destaque suas soluções de registro de ponto eletrônico por reconhecimento facial validado por inteligência artificial, gestão de escalas e controle de frequência e jornadas.

Ecossistema 3D da TOTVS[editar | editar código-fonte]

A TOTVS tem uma operação baseada em 3 dimensões de negócios, também conhecida como Ecossistema 3D - Gestão, Techfin e Business Performance, garantindo com isso a expansão de sua operação para novas avenidas de crescimento. Dessa forma, seu portfólio também ganhou esta mesma roupagem.

Em Gestão, estão sistemas como ERP, plataformas para RH e soluções verticais para empresas de diversos segmentos da economia (foco no core business). A dimensão Techfin, abrange serviços financeiros ofertados por meio da tecnologia como crédito B2B, antecipação de recebíveis, pagamentos via PIX, cartão de crédito ou carteiras digitais, entre outros. Já em Business Performance, estão soluções que permitem aos clientes vender mais e com isso alavancar seus resultados. Aqui estão as plataformas de automação de marketing, inteligência de dados, CRM, entre outros.

Mercado Internacional[editar | editar código-fonte]

A TOTVS, com sua solidez e amplo portfólio, expandiu ao longo dos anos seus negócios e se tornou um parceiro estratégico para empresas do Brasil e do mundo. Hoje é um dos três principais players de tecnologia da região da América Latina, com mais de 27% de participação de mercado.

Com tecnologia de ponta e localizada para cada região do ponto de vista de regulações e práticas fiscais e tributárias, a TOTVS apoia clientes no processo de internacionalização, com a presença de franquias e unidades próprias em aproximadamente 40 países.

Na Argentina estão localizadas duas unidades em Buenos Aires, sendo uma responsável pela operação comercial do Hub Sul da América Latina, e a outra dedicada especificamente ao setor de hospitalidade. Já o México conta com um centro de desenvolvimento tecnológico em Querétaro e, na Cidade do México, com uma unidade de operação comercial do Hub Norte da América Latina.

A Colômbia conta com uma unidade localizada em Bogotá, que é responsável pela operação comercial do Hub Andino da América Latina. No Chile está localizada uma unidade em Santiago, dedicada à comercialização dos produtos do segmento de hospitalidade.

Já nos Estados Unidos localiza-se o TOTVS Labs, laboratório de inovação da TOTVS,  em Raleigh, a capital do estado da Carolina do Norte.

Em Portugal, a empresa conta a unidade em Paço de Arcos, responsável pela atuação do segmento de hospitalidade na Europa.

Pessoas (capital humano)[editar | editar código-fonte]

A TOTVS promove um ambiente de trabalho humano, inclusivo, colaborativo e inovador. Ainda que a política da empresa possua diretrizes e processos estruturados, os colaboradores são estimulados a terem autonomia.

A cultura interna da TOTVS, #SOMOSTOTVERS, é estruturada pelos seguintes pilares: Tecnologia + Conhecimento são Nosso DNA; O Sucesso do Cliente É o Nosso Sucesso; e Valorizamos Gente Boa que É Boa Gente. Estes são elementos que traduzem as características das pessoas que compõem nosso capital humano e que pautam suas atitudes.

Para orientação de gestão no dia a dia, a TOTVS conta uma Política de Relações Humanas e Remuneração, que tem por objetivo estabelecer as diretrizes e responsabilidades a serem observadas no processo de gestão de pessoas na TOTVS, em todas as etapas do Ciclo de Gestão de Gente – Atração, Desenvolvimento e Engajamento –, alinhadas com a cultura interna e observando o conceito de meritocracia em suas ações.

As ações de atração e desenvolvimento são desenvolvidas respeitando e valorizando a diversidade e inclusão entre os colaboradores. A TOTVS não pratica e nem admite atos discriminatórios, seja em decorrência de raça, cultura, idade, religião, gênero e orientação sexual ou de qualquer outra natureza.

A promoção dos direitos humanos, a diversidade e a inclusão são parte da cultura e dos valores da TOTVS. A importância da diversidade e inclusão (D&I), levou a Companhia a desenvolver um programa dividido em quatro principais pilares: gênero, LGBTI+, pessoas com deficiência, raça e etnia. O programa, que só entrou em vigor após ampla pesquisa com o público interno, foi lançado oficialmente em março de 2020.

Diversidade e inclusão também é considerado como um de nossos eixos estratégicos para a TOTVS, com o propósito de reter e atrair os melhores talentos. A TOTVS acredita que uma força de trabalho mais diversa e inclusiva é importante não só para a inovação, como também para a compreensão das necessidades de uma base de clientes cada vez mais diversificada.

A companhia aderiu aos Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU (WEPS) e uma importante ação nesse movimento foi a criação do #ELASNATOTVS, banco de talentos específico para mulheres que tenham interesse em trabalhar na TOTVS. O programa é válido para todas que se identificam com o gênero feminino e tem como objetivo promover a equidade de gênero no mercado de tecnologia.

Em 2021 também foram criados grupos de afinidade, que são espaços seguros em que TOTVERS podem trocar experiências, falar sobre diversos temas, suas especificidades e celebrar quem são. Os grupos também existem para que todos possam refletir sobre ações que devem ser realizadas na TOTVS para estimular o engajamento dos demais TOTVERS e criar um ambiente ainda mais inclusivo. Os grupos de afinidade foram divididos em quatro grupos minoritários: gênero, LGBTQIAPI+, pessoas com deficiência e étnico-racial. Colaboradores que não fazem parte de nenhum grupo podem apoiar este movimento como pessoa aliada.

Em 2023, a companhia passou a integrar o IDIVERSA B3, novo índice da B3 que reúne companhias reconhecidas pela diversidade de gênero e raça em seu quadro de colaboradores.

ESG[editar | editar código-fonte]

A TOTVS está comprometida com o desenvolvimento de uma agenda ESG, que reflete o propósito da companhia sobre a forma como seus negócios podem influenciar e impactar positivamente a sociedade, enquanto empregadora e agente social. A empresa acredita no poder transformador da tecnologia e na capacidade que esta tem para construir um ecossistema mais digital, produtivo, sustentável e inclusivo. Acredita também que o fortalecimento em torno dos pilares do ESG, ambiental, social e governança, podem gerar inúmeras oportunidades de geração de valor aos stakeholders.

Com base na matriz de materialidade, a agenda de ESG é atualizada periodicamente, considerando os temas mais relevantes para os públicos de relacionamento e aqueles que têm maior potencial de impacto positivo.

Desde o final de 2020, a TOTVS tem uma Política de Sustentabilidade, que define diretrizes que orientam sua atuação em prol do desenvolvimento sustentável. Desde 2014,  a empresa é signatária do Pacto Global das Nações Unidas (ONU) e comunica anualmente, por meio do Relatório Integrado, os resultados e avanços nos temas que compõem os compromissos. Além disso, a TOTVS participa de grupos de trabalho do Pacto Global, incluindo a afirmação dos dez princípios universais, derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção.

A TOTVS foi a primeira empresa brasileira de tecnologia a assinar o Call to Action ONU, do Pacto Global, que reconhece a corrupção como um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento econômico e social em todo o mundo.

Além disso, a empresa está alinhada com os objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, em setembro de 2015, composta por 17 objetivos e 169 metas, a serem alcançados até 2030.

A TOTVS entregou seu segundo inventário ao Carbon Disclosure Project (CDP), com ênfase em impactos ambientais e nas questões de mudanças climáticas, e integrou o índice de Carbono Eficiente da B3 (ICO2). Aderimos, em 2014, ao Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, do Instituto Ethos, que tem por objetivo mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de forma sustentável e socialmente responsável, bem como promover um mercado mais íntegro e ético e erradicar o suborno e a corrupção.

Entre as funções do Pacto, estão as de auxiliar na implementação de políticas de promoção da integridade e de combate à corrupção e mobilizar empresas e entidades empresariais. Ainda no âmbito das iniciativas externas, a TOTVS participa do Grupo de Trabalho de Integridade do Instituto Ethos, um espaço de troca de experiências entre as empresas para discutir temas de integridade envolvendo práticas empresariais e a implementação de políticas de promoção da integridade e combate à corrupção, relacionadas ao Pacto Empresarial.

O ano de 2021 foi de evolução com os esforços de governança em ESG e de aumento do engajamento em prol dos temas ESG, com novas frentes de trabalho e maior foco no Grupo de Trabalho ESG. A TOTVS foi reconhecida pelo mercado, com melhoras no ISS ESG Corporate Rating, inclusão nos “Melhores em ESG” da revista Exame e ingresso nas carteiras ESG do JP Morgan e do BTG Pactual.

Referências