Tour Matriz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tour Matriz
Turnê nacional de Pitty
Local América do Sul
Álbum associado Matriz
Data de início 28 de julho de 2018 (2018-07-28)
(petrópolis)
Data de fim presente
Partes 2
N.º de apresentações 60
Cronologia de turnês de Pitty
Turnê SETEVIDAS
(2014-2016)

Tour Matriz (também conhecida como Turnê Matriz e Turnê Matriz 2.0) é o nome da sétima turnê da cantora brasileira, Pitty. Dando início em 28 de julho de 2018, na região serrana do município de Petrópolis, Rio de Jeneiro.[1]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Com a proposta de divulgar a quantidade de grandes talentos musicais do Brasil, a cantora divulga o projeto "Palco Aberto". A abertura de vinte shows da turnê ficam por conta de bandas escolhidas pela própria Pitty e Tony Aiex, editor-chefe do TMDQA!, por hashtagas nas redes sociais.

Parte 1: Turnê Matriz[editar | editar código-fonte]

"Quero uma outra perspectiva para essa tour, quero descobrir algo diferente, fundindo o que é simples e básico na sonoridade, na música e na estética visual, chegando em algo novo que converse mais com o meu momento atual. Um conceito de simplicidade baseado na experiência com a música. Diferente da minha última turnê, que foi mais tecnológica, quero experimentar uma coisa mais humana, mais próxima do público, e quem sabe, com uma surpresa mais intimista no show.".

Pitty sobre os shows desta turnê com um novo mapa de palco em formato mais intimista e sem recursos tecnológicos utilizados em excursões passadas".[2]

A turnê iniciou no segundo semestre de 2018. Pitty quis começar a leva de shows mesmo sem ter um novo álbum como base. O repertório desta primeira parte fora construído com recentes singles e todos os seus álbuns anteriores. Durante a turnê, Pitty fora compondo novas canções e, naturalmente, criando um novo repertório que a fez perceber que tinha um álbum inédito em mãos. O disco, intitulado a partir do título da turnê, partiu da ideia de revisitar suas origens, chegar na matriz sonora, como através do rock, ela dialoga com novas influências, perceber como isso se comporta nos dias de hoje e toda sua trajetória até então. O álbum foi gravado parte no Rio de Janeiro, no Estúdio Tambor, parte em São Paulo e parte em Salvador, onde Pitty nasceu e viveu até os 23 anos quando foi para o Rio gravar o primeiro disco.

Parte 2: Turnê Matriz 2.0[editar | editar código-fonte]

Com o lançamento do álbum, Matriz (2019), ganhou um novo repertório, baseado no novo álbum, mas Pitty deu início a segunda parte da turnê depois.

Repertório[editar | editar código-fonte]

Turnê Matriz
  1. Admirável Chip Novo
  2. Anacrônico
  3. SETEVIDAS
  4. Memórias
  5. I Wanna Be
  6. Te Conecta
  7. Na Sua Estante
  8. Um Leão
  9. Teto de Vidro
  10. Temporal
  11. Metamorfose Ambulante (cover Raul Seixas)
  12. Dançando
  13. Semana Que Vem
  14. Desconstruindo Amélia
  15. Me Adora
  16. Contramão
  17. Máscara
  18. Equalize
  19. Pulsos
  20. Serpente
Turnê Matriz 2.0
  1. Ninguém É De Ninguém
  2. Admirável Chip Novo
  3. Memórias / bad guy (cover Billie Eilish)
  4. SETEVIDAS
  5. Noite Inteira
  6. Te Conecta
  7. Na Sua Estante
  8. Motor
  9. Redimir
  10. Teto De Vidro
  11. Dançando
  12. Submersa
  13. Roda
  14. Bahia Blues
  15. Me Adora
  16. Máscara
  17. Sol Quadrado
  18. Equalize
  19. Para O Grande Amor
  20. Serpente

Curiosidades do setlist[editar | editar código-fonte]

  • Uma inovação nas turnês da cantora, a parte acústica, fez sucesso entre os fãs e é realizada em quase todos os shows. A única música performada em todos os sets acústicos foi o clássico "Teto De Vidro", que a cantora nunca deixa de performar. Outras músicas também performadas acústicamente foram "Temporal" (não cantada desde 2005), "Dançando", música do projeto Agridoce (que fazia a transição entre o set acústico e a retomada do set normal, função essa mais usada com "Submersa" atualmente), "Submersa", covers como "Metamorfose Ambulante", "Love Of My Life", "You Oughta Know" dentre outros, e versões inéditas de outras canções, como "Memórias", "O Lobo" e "Quem Vai Queimar?" (uma das mais pedidas pelos fãs).
  • Tendo ocorrências na Turnê Chiaroscuro, o bis também é outra forte característica da turnê. No bis são performadas as músicas "Equalize" (que era performada em shows menores depois de "Na Sua Estante" na fase 1.0 e após "Roda" nos shows de Ribeirão Preto e Araraquara), "Para O Grande Amor" e "Serpente", sendo "Pulsos" incluída algumas vezes em shows maiores da 1.0 e um cover de "Bom Brasileiro" performada em Porto Alegre, já na fase 2.0.
  • "Semana Que Vem" passou a ser performada depois do set acústico, e não depois de "Admirável Chip Novo", como era de costume desde o início da carreira de Pitty. Porém, esse costume se fez presente nos shows de São Bernardo do Campo, São Thomé das Letras, São Paulo (Virada Cultural e Encontro Das Tribos), Brumadinho, Patos De Minas, Niterói e Ribeirão Preto. Sua última performance até o momento foi em Santa Cruz do Rio Pardo, depois do set acústico.
  • "Roda" foi a primeira música do álbum homônimo a ser cantada depois do lançamento do mesmo é a única que foi performada em todos os shows desde então.
  • "Submersa" foi performada pela primeira vez em Brumadinho, MG, já com função de transição entre o set acústico e o rotineiro, porém foi performada sem essa função nos shows de Sorocaba, São José dos Campos e Uberaba, onde não houve set acústico.
  • "Ninguém É De Ninguém" foi cantada pela primeira vez em Recife, no penúltimo show da turnê antes do lançamento do álbum. Desde então, ganhou grande divulgação em performances televisivas, porém sendo performada apenas em 2 dos 5 shows feitos entre o lançamento do disco e o início da fase 2.0. Foi anunciada como single em 27 de julho, tendo clipe lançado dia 31 do mesmo mês. No show seguinte ao lançamento do clipe, passou a abrir o espetáculo, e assim o faz até o momento.
  • O setlist da turnê MATRIZ era o único que não tinha como primeira música um lançamento, coisa que não ocorreu nas outras turnês: Admirável Turnê Nova era aberta com a canção de mesmo nome do disco, Turnê Anacrônica idem, Turnê Chiaroscuro com "8 Ou 80" e Turnê SETEVIDAS com "Pouco", depois passando a ser o carro-chefe do álbum, "SETEVIDAS". Isso mudou a partir do show de Curitiba, onde "Ninguém É De Ninguém" passou a abrir os shows.

Agenda[editar | editar código-fonte]

Data Cidade Local Evento Palco Aberto
Parte 1 - Turnê Matriz
América do Sul
27 de Julho de 2018 Petrópolis Região Serrana
11 de agosto de 2018 São José do Rio Preto Recinto de Exposições
17 de agosto de 2018 São José dos Campos Palácio Sunset
18 de agosto de 2018 Cuiabá Rock Arena
24 de agosto de 2018 Salvador Concha Acústica
25 de agosto de 2018 Vitória da Conquista Parque de Exposições Festival De Inverno Bahia
30 de agosto de 2018 Porto Alegre Bar Opinião
21 de setembro de 2018 São Paulo Audio
29 de setembro de 2018 Fortaleza Shopping Riomar Fortaleza
30 de setembro de 2018 Brasília Esplanada dos Ministérios Green Move Festival
12 de outubro de 2018 Natal Arena das Dunas
20 de outubro de 2018 Rio de Janeiro Fundição Progresso
26 de outubro de 2018 Belo Horizonte City Hall
9 de novembro de 2018 Maringá Espaço Vivaro
10 de novembro de 2018 Curitiba Teatro Positivo
23 de novembro de 2018 Belo Horizonte Hangar 677
24 de novembro de 2018 São Bernardo do Campo Clube AFPSBC
1º de dezembro de 2018 Sorocaba Fábrica Festival
5 de janeiro de 2019 Praia Grande Kartódromo
18 de janeiro de 2019 São Luís Casa das Dunas
19 de janeiro de 2019 Belém Assembléia Paraense
26 de janeiro de 2019 Campos dos Goytacazes Farol de São Thomé
2 de fevereiro de 2019 Xangri-Lá Praia de Atlântida
6 de abril de 2019 Recife Baile Perfumado Flaira Ferro
20 de abril de 2019 São Tomé das Letras STL Valley STL Festival
11 de maio de 2019 São Paulo Estádio do Canindé Encontro das Tribos
17 de maio de 2019 Brumadinho Instituto Inhotim Festival MECAInhotim
19 de maio de 2019 São Paulo Avenida Rio Branco Virada Cultural
23 de maio de 2019 Patos de Minas Praça Park FenaMilho
7 de junho de 2019 Rio de Janeiro Armazém Píer Mauá Montreux Jazz Festival
9 de junho de 2019 Niterói Caminho Niemeyer Festival 3R
Parte 2 - Turnê Matriz 2.0
América do Sul
15 de junho de 2019 Ribeirão Preto Parque Permanente de Exposições Festival João Rock
14 de julho de 2019 Santa Cruz do Rio Pardo Recinto da Expopardo Rock Rio Pardo
3 de agosto de 2019 Curitiba Live Curitiba Mulamba
10 de agosto de 2019 São José do Rio Preto Recinto de Exp. Festival Planeta Rock
16 de agosto de 2019 Araraquara Circuito Da Mata Festival É Fogo Na Roupa!
18 de agosto de 2019 Goiânia Arena Principal Festival Bananada
24 de agosto de 2019 Manaus Studio 5 Festival Planeta Rock
14 de setembro de 2019 São Paulo Audio Violet Soda
21 de setembro de 2019 Fortaleza Dragão do Mar Ouse
28 de setembro de 2019 Praia Grande Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues 2º FERA
5 de outubro de 2019 Porto Alegre Pepsi on Stage Alice Kranen
12 de outubro de 2019 Sorocaba Clube União Recreativo Eugênio
19 de outubro de 2019 Ribeirão Preto Encontro das Tribos
26 de outubro de 2019 Rio de Janeiro Fundição Progresso Mariana Volker
2 de novembro de 2019 Uberlândia Complexo Parque do Sabiá Festival Te Vejo No Parque
15 de novembro de 2019 São José dos Campos Ilha Solteira Festival InterUNESP
16 de novembro de 2019 Uberaba Centro Park LIU Wonderland
23 de novembro de 2019 Belém Espaço Náutico Marine Club
30 de novembro de 2019 Salvador TNT Stage
7 de dezembro de 2019 Rio de Janeiro Teatro Municipal
13 de dezembro de 2019 Mogi das Cruzes The Blue Mogi
15 de dezembro de 2019 São Paulo Audio
28 de dezembro de 2019 Guarapari Encontro das Tribos
25 de janeiro de 2020 Rio de Janeiro Festival Spanta
26 de janeiro de 2020 Brasília Funn Summer
8 de fevereiro de 2020 São Paulo Somos Rock Festival
24 de fevereiro de 2020 Recife Marco Zero
16 de maio de 2020 Belo Horizonte Breve Festival

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Pitty divulga primeiras datas de nova turnê». TMDQA. Consultado em 10 de novembro de 2019 
  2. «Pitty conta sobre turnê e novos projetos». TMDQA. Consultado em 10 de novembro de 2019