Toyota Motor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a cidade japonesa localizada na região de Mikawa, veja Toyota (Aichi).
Toyota/Toyota Motor
Toyota Motor Corporation
Logo
Toyota Headquarter Toyota City.jpg
Sede da empresa em Toyota, província de Aichi.
Slogan Let's Go Beyond
Leads You Ahead
Drive Your Dreams
Quality Revolution (Índia)
Let's Go Places
Moving Forward
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação TYO: 7203
LSE: TYT
NYSE: TM
Indústria Automotiva
Gênero Kabushiki gaisha
Fundação 28 de agosto de 1937 (79 anos)
Fundador(es) Kiichiro Toyoda
Sede Toyota, Aichi
 Japão
Áreas servidas Mundo
Proprietário(s) Japan Trustee Services Bank
(9.61%)
Toyota Industries Corporation
(6.48%)
The Master Trust Bank of Japan
(5.27%)
State Street Bank and Trust Company
(3.72%)
Nippon Life Insurance Company
(3.54%)
Presidente Akio Toyoda
Pessoas-chave Akio Toyoda (CEO, veja acima do nome do presidente homônimo)
Takeshi Uchiyamada (Chairman)
Empregados 338,875
Produtos Automóveis, carros de luxo, veículos comerciais, motores
Divisões Lexus
Scion
Subsidiárias 545
Ativos Aumento US$377.281 bilhão (2013)
Lucro Aumento ¥962.1 bilhão (FY 2013)
LAJIR Aumento ¥1.320 trilhão (FY 2013)
Faturamento Aumento ¥27.234 trilhão (FY 2015)
Página oficial Toyota Global

Toyota Motor Corporatio (TMC) (em Japonês: トヨタ自動車株式会社) é um fabricante automotivo japonês com sede na Toyota, província de Aichi, no Japão. Em março de 2014, a corporação multinacional era composta por 338.875 funcionários em todo o mundo[1] e, em fevereiro de 2016, era a 13ª maior empresa do mundo por receita. A Toyota foi o maior fabricante de automóveis em 2012 (por produção) à frente do Grupo Volkswagen e da General Motors.[2] Em julho desse ano, a companhia relatou a produção de seu veículo número 200 milhões.[3] A Toyota é a primeira fabricante de automóveis do mundo a produzir mais de 10 milhões de veículos por ano. Fez isso em 2012 de acordo com a OICA,[2] e em 2013 de acordo com dados da empresa. Em julho de 2014, era a maior empresa listada no Japão por capitalização de mercado (vale mais do que o dobro da segunda classificada, a SoftBank)[4] e por receitas.[5]

A Toyota é a líder mundial em vendas de veículos elétricos híbridos e uma das maiores empresas que incentivam a adoção de veículos híbridos em todo o mundo. As vendas globais acumuladas dos modelos de automóveis de passageiros híbridos da Toyota e da Lexus ultrapassaram o marco de 9 milhões em abril de 2016. A família de automóveis Prius constituem os modelos híbridos mais vendidos do mundo, com quase 5,7 milhões de unidades vendidas até 30 de abril de 2016.[6]

A empresa foi fundada por Kiichiro Toyoda em 1937, como uma subsidiária da empresa de seu pai, a Toyota Industries, para criar automóveis. Três anos antes, em 1934, enquanto ainda era um departamento da Toyota Industries, criou seu primeiro produto, o tipo A, e, em 1936, seu primeiro carro de passageiros, o Toyota AA. A Toyota Motor Corporation produz veículos sob cinco marcas: Toyota, Hino, Lexus, Ranz e Daihatsu. Também detém uma participação de 16,66% na Fuji Heavy Industries, uma participação de 5,9% na Isuzu, uma participação de 3,58% na Yamaha Motor Company[7] e uma participação de 0,27% na Tesla, bem como joint-ventures na China (GAC Toyota e Sichuan FAW Toyota Motor), Índia (Toyota Kirloskar), República Tcheca (TPCA), juntamente com várias empresas "não automotivas".[8]

História[editar | editar código-fonte]

Origem[editar | editar código-fonte]

O nome original da família era Toyoda, mas, por questões numerológicas, a indústria foi batizada como Toyota. As origens da empresa remontam à criação de uma secção dedicada à produção de automóveis na, já existente, empresa de fabricação de teares automáticos, chamada Toyoda Automatic Loom, em setembro de 1933.[carece de fontes?]

Pouco depois, esta secção da empresa produzia o primeiro motor, um seis cilindros em linha de 3,4 litros, com o nome de tipo A, em setembro de 1934, usado para produzir o protótipo do primeiro automóvel de passageiros, o modelo A1, que foi concluído em maio de 1935 e o utilitário de modelo G1, em Agosto de 1935. Em 1936, iniciou-se a produção dos modelos de passageiros AA.[carece de fontes?]

Século XXI[editar | editar código-fonte]

O sistema Toyota de Produção revolucionou a indústria automobilística com um sistema que aumentou a produtividade e a eficiência, evitando o desperdício. Modelo criado por Taichi Ohno, que foi idealizador da 3° revolução Industrial. Sendo que os automóveis japoneses teve um grande crescimento com a implementação desse sistema e a Toyota recebeu diversos prêmios de qualidade, que colaborou com a sua chegada ao posto de Maior Montadora do Mundo em 2006, que só foi perdido em 2011, após um Terremoto no Japão seguido por um Tsunami, que causou uma grande crise nas empresas do país, mas a 1° colocação foi recuperada um ano depois.[carece de fontes?]

Com o lucro recorde de 2006, a Toyota esteve muito perto de superar a norte-americana GM, tornando-se a maior fabricante de automóveis do mundo. No mês de maio de 2007, foi considerada a maior fabricante de automóveis do mundo, tendo, assim, superado a antiga rival norte-americana GM. Transformou-se na maior montadora do mundo, sempre fiel ao seu lema "um cliente é para sempre".[9][10]

A Toyota abriu o ano de 2008 com o slogan “Ampliando Horizontes”, e em março anunciou o lançamento da 10ª geração do Corolla, que veio para repetir o sucesso da geração anterior, dando continuidade à trajetória de conquistas da montadora no Brasil. É assim que a Toyota está determinada a crescer - com a mesma paixão e entusiasmo de quem um dia sonhou e montou no Brasil sua primeira fábrica fora do Japão. Para a Toyota, ampliar horizontes é imaginar e acreditar no futuro. Ainda que a companhia seja hoje mais conhecida pelos carros que produz, seguindo o modelo produtivo Toyotismo, continua ainda no negócio da produção de têxteis.[carece de fontes?]

Presença internacional[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a empresa completou 50 anos no dia 23 de janeiro de 2008. Em 1969 Kazuo Sakamaki, que fora o primeiro prisioneiro de guerra dos EUA na II Guerra Mundial capturado no ataque a Pearl Harbor (7 de Dezembro de 1941), foi nomeado presidente da filial brasileira da empresa. Meio século de história no país fez da Toyota uma empresa sólida, garantindo uma firme estrutura para possibilitar crescimento ainda maior no futuro. Uma história de sucesso, aliada ao forte compromisso com os princípios da empresa, resultou em prêmios como o de “Empresa Mais Admirada do Brasil” no setor automobilístico pelo quarto ano consecutivo, concedido pela revista CartaCapital.[carece de fontes?]

A Toyota bateu seu recorde histórico de vendas no Brasil, em 2008, com a comercialização de 80.884 unidades, o que representa um crescimento de 12% no comparativo com o ano anterior, quando foram vendidas 70.024 unidades. É a primeira vez que a montadora atinge volume de vendas superior a 80 mil unidades no País.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Overview». Global website. Toyota Motor Corporation. 31 de março de 2014. Consultado em 6 de fevereiro de 2015. 
  2. a b «World motor vehicle production OICA correspondents survey without double counts world ranking of manufacturers year 2012» (PDF). OICA. Março de 2013. Consultado em 20 de julho de 2014. 
  3. Flynn, Malcolm (2012-07-25). «Toyota Announces Its 200 Millionth Vehicle After 77 Years Of Production | Reviews | Prices | Australian specifications». Themotorreport.com.au. Consultado em 2012-09-09. 
  4. 時価総額上位:株式ランキング [Market capitalization: Top stock rankings] (em Japanese). Japan: Yahoo. Consultado em 2014-07-21. 
  5. 売上高:株式ランキング [Sales: stock rankings] (em Japanese). Japan: Yahoo. Consultado em 2014-07-21. 
  6. Millikin, Mike (2016-05-20). «Worldwide sales of Toyota hybrids surpass 9 million units; Prius family accounts for 63%». Green Car Congress. Consultado em 2016-05-22.  The Prius family accounts for 63% of Toyota's total global cumulative hybrid car sales: 5.691 million units, consisting of Prius liftback: 3.733 million; Aqua, Prius c: 1.249 million; Prius α, Prius v, Prius +: 0.634 million; Prius PHV: 75,000.
  7. «Stock Information». Yamaha. 2015-06-20. Consultado em 2015-10-27. 
  8. «Toyota: Non-Automotive». Japan: Toyota Motor Corporation. Consultado em 2010-08-27. 
  9. [[1], zero hora 28 de janeiro de 2013
  10. Toyota Leads Global Vehicle Sales, New York Times, 27 de Outubro 2014,

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Toyota Motor