Tramontina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo jornalista brasileiro, veja Carlos Tramontina.
Tramontina
Razão social Tramontina S.A.
Tipo Empresa de capital fechado
Slogan O prazer de fazer bonito
Indústria Metalurgia, Beneficiamento de Madeira, Polipropileno, etc.
Gênero Privada
Fundação 1911
Fundador(es) Valentin Tramontina
Sede Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul
 Brasil
Área(s) servida(s) Mundo
Presidente Clovis Tramontina
Vice-presidente Joselito Gusso
Empregados 7.500
Produtos Utilidades domésticas (talheres, panelas, facas, etc)
Ferramentas
Ferramentas Elétricas
Materiais elétricos
Móveis de madeira e plástico
Equipamentos para jardinagem
eletros
Pias e cubas.
Faturamento Aumento R$ 4 bilhões (2012)[1]
Website oficial http://www.tramontina.com.br/

Tramontina é uma empresa metalúrgica brasileira sediada no município de Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul. Além de utensílios metálicos de cozinha (como facas), a Tramontina vende eletrodomésticos destinados também à culinária, veículos pequenos (como cortadores de grama), aparelhos de jardinagem, ferramentas, mobília, materiais elétricos (tomadas, por exemplo) e utensílios culinários (como panelas, latas de lixo, escorredores de louça e raladores).[2]

A Tramontina tem Centros de Inovação e Pesquisa e Desenvolvimento para suporte em todas as produções e estratégias da empresa. Os parceiros de mercado também podem contar com cinco centros de logística e cinco escritórios regionais de vendas no Brasil para satisfazer os seus clientes. Além disso, uma atuação sustentável faz com que a Tramontina atue conscientemente também em suas comunidades e no cuidado com o meio ambiente.

História[editar | editar código-fonte]

A empresa foi fundada por Valentin Tramontina em 1911,[3] filho de imigrantes italianos da aldeia de Poffabro, município de Frisanco, na região do Friuli-Venezia Giulia, nordeste da Itália.[4] O atual presidente é o empresário Clovis Tramontina.

Hoje a Tramontina é uma das empresas mais importantes do Brasil, possuindo dez unidades fabris descentralizadas, sendo oito no Rio Grande do Sul, uma no Pará e outra em Pernambuco. No conjunto dessas dez fábricas, a empresa produz, atualmente, mais de 18 mil itens destinados aos mais diferentes segmentos. Tem presença forte também no mercado internacional, com 11 unidades internacionais e exportando para mais de 120 países. A organização das fábricas se dá da seguinte forma:

  1. Tramontina Belém, localizada na cidade de Belém/PA, produz móveis de madeira para áreas internas e externas, utilidades domésticas e cabos para ferramentas.
  2. Tramontina Cutelaria, localizada na cidade de Carlos Barbosa/RS, produz facas de cozinha, profissionais e esportivas, utensílios de cozinha, talheres para uso diário, panelas, frigideiras, formas e assadeiras, tesouras, potes plásticos, uma linha infantil e uma linha de produtos e acessórios para churrasco.
  3. Tramontina Delta, localizada na cidade de Recife/PE, produz mesas, cadeiras, brinquedos, estantes, vasos, lixeiras, caixas organizadoras, gaveteiros e poltronas de plástico injetado ou rotomoldado.
  4. Tramontina Eletrik, localizada na cidade de Carlos Barbosa/RS, produz tomadas, interruptores, disjuntores, duchas, extensões, conduletes, acessórios para eletrodutos, aparelhos à prova do tempo, iluminação, injeção de alumínio sob encomenda e produtos para atmosferas explosivas.
  5. Tramontina Farroupilha, localizada na cidade de Farroupilha/RS, produz panelas, talheres e uma linha para servir de aço inoxidável, cozinhas profissionais e eletroportáteis.
  6. Forjasul Canoas, localizada na cidade de Canoas/RS, produz morsas, machados, marretas, ganchos para içamento de cargas, forjados sob encomenda e ferragens eletrotécnicas para linhas de transmissão e subestações de alta e extra-alta tensão e para redes aéreas de distribuição de energia elétrica.
  7. Tramontina Garibaldi, localizada na cidade de Garibaldi/RS, produz ferramentas industriais e organizadores metálicos para o setor industrial e automotivo, ferramentas profissionais para a construção civil e ferramentas manuais para uso doméstico.
  8. Forjasul Madeiras, localizada na cidade de Encruzilhada do Sul/RS, produz painéis de pinus, prateleiras retas e de canto, estantes e utilidades domésticas.
  9. Tramontina Multi, localizada na cidade de Carlos Barbosa/RS, produz equipamentos dirigíveis, ferramentas e equipamentos para jardinagem, agricultura e construção civil.
  10. Tramontina TEEC, localizada na cidade de Carlos Barbosa/RS, produz tanques, pias/cubas, coifas, cooktops, fornos, lixeiras, cachepôs e acessórios.

No mercado interno, a empresa conta com cinco Centros de Distribuição – Barueri/SPBelém/PA, Carlos Barbosa/RS, Goiânia/GO e Salvador/BA – e cinco Escritórios Regionais de Vendas – em Belo Horizonte/MGCuritiba/PRPorto Alegre/RS, Recife/PE e Rio de Janeiro/RJ, situados de modo a assegurar agilidade na entrega dos produtos. A empresa possui duas lojas de varejo no Rio Grande do Sul montadas exclusivamente com produtos da marca, uma na cidade de Carlos Barbosa e outra em Farroupilha.

Canivete da Tramontina.

Em 2013, a Tramontina inaugurou sua primeira loja-conceito na cidade do Rio de Janeiro, a Tstore.[5] A escolha pela cidade, segundo Clovis Tramontina, presidente da empresa, é o fato de a cidade receber eventos de proporção internacional como a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016. Segundo o empresário, a loja carioca é uma espécie de laboratório onde os produtos são oferecidos em primeira mão aos clientes. Em 2015 a segunda unidade da loja-conceito no Brasil foi inaugurada em Salvador, e a primeira no exterior, em SantiagoChile.

Em 2014, a marca iniciou as operações de venda via e-commerce de sua linha de móveis de madeira através da loja virtual Tramontina Móveis de Madeira,[6] em um mix de mais de 200 produtos, entre mesas, cadeiras, bancos, espreguiçadeiras, etc.

Já em 2016, a marca lançou um e-commerce para sua linha de facas personalizadas através da loja virtual Tramontina Facas Personalizadas. [7]

No exterior, a Tramontina possui Centros de Distribuição e Escritórios de Venda nos países África do SulAlemanhaAustráliaChileChinaCingapuraColômbiaEmirados Árabes UnidosEquadorEstados UnidosHondurasMéxicoNigériaPanamáPeru e Reino Unido, além de representantes comerciais que atuam em outros países, formando também um eficiente sistema de venda e distribuição internacional.

No que se refere ao seu quadro funcional, possui um turnover abaixo dos menores índices, fato que credita aos investimentos constantes no treinamento profissional de seus mais de 7 500 colaboradores e à valorização da “prata da casa”. A Tramontina também patrocina a equipe de futsal de Carlos Barbosa, a Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF), maior equipe de futsal do Brasil.

Responsabilidade Ambiental[8][editar | editar código-fonte]

Compromisso com o ambiente[editar | editar código-fonte]

A Tramontina possui o Programa de Gestão Ambiental, criado para formalizar as práticas e estar de acordo com as tecnologias de desenvolvimento sustentável. A marca adota sistemas próprios para os cuidados com o meio ambiente, como o tratamento de resíduos e de efluentes líquidos, que impede o descarte de substâncias nocivas.

Em nome desse compromisso, a empresa investe cada vez mais em tecnologias, equipamentos e projetos que minimizam o impacto ambiental e favorecem o desenvolvimento sustentável das comunidades. A preocupação e o cuidado com o meio ambiente resultaram em conquistas importantes, como a certificação na norma ISO 14001.

Água[editar | editar código-fonte]

A água é uma prioridade na política de preservação ambiental da Tramontina. Desde 1990, a empresa conta com Estações de Tratamento de Efluentes (ETEs), que permitem o tratamento e protegem os mananciais de água doce e potável que abastecem as comunidades e sustentam o ciclo natural da vida. Nas ETEs, as águas utilizadas nos processos fabris passam por uma série de tratamentos antes de serem reutilizadas ou devolvidas ao meio ambiente em qualidade que não prejudique o ecossistema. Ainda, parte dessas águas volta a ser aplicada nos processos industriais ou em atividades cotidianas, como as descargas de sanitários e os sistemas de resfriamento de máquinas. Em algumas unidades Tramontina, o índice de reúso pode chegar a 100%, uma ação que certamente contribui para racionalizar o consumo e proteger as reservas de água potável.

Resíduos Sólidos[editar | editar código-fonte]

A Tramontina faz a gestão integral dos resíduos sólidos, reduzindo e destinando cada um deles conforme suas características. São adotadas técnicas  e é feito o gerenciamento de todos os resíduos gerados. É priorizada a redução da geração por meio de controles de desperdício e reaproveitamentos internos, contribuindo para a manutenção da qualidade do ambiente.

Em Carlos Barbosa, numa área degradada por uma pedreira, a empresa possui a Central de Resíduos Industriais para receber todo o material. Criada para atender às unidades de Carlos Barbosa, Garibaldi e Farroupilha, essa Central tem capacidade de receber resíduos por 120 anos. Materiais como papéis, papelões e plásticos, que são recicláveis mas não podem ser reutilizados nos processos produtivos da Tramontina, são enfardados na Central de Triagem e encaminhados para comercialização.

Emissões Atmosféricas[editar | editar código-fonte]

A Tramontina utiliza, em suas unidades de produção, sistemas para controle de liberação na atmosfera de material particulado, gases de combustão (caldeiras) e compostos voláteis (processos de pintura).

O controle de emissões conta também com análises laboratoriais para o monitoramento. Por meio da utilização de sistemas de controle, são retidas as emissões de material particulado, que são destinadas para aterros na forma de resíduos sólidos ou são reaproveitadas no próprio processo produtivo, como é caso da serragem e do pó da usinagem de produtos de madeira, que são recolhidos e queimados em caldeiras, gerando energia.

Florestas de produção[editar | editar código-fonte]

Nos estados do Rio Grande do Sul e do Pará, a Tramontina possui áreas plantadas com espécies nativas, como, por exemplo, paricá, e exóticas (pinus e eucalipto), estando disponíveis para utilização nos processos produtivos 6 184 hectares de áreas plantadas.

Áreas de preservação permanente e matas nativas[editar | editar código-fonte]

APPs – Áreas de Preservação Permanente[editar | editar código-fonte]

O objetivo é perpetuar não só a vegetação nativa, mas também a biodiversidade, o solo, as águas e demais recursos naturais.

Matas Nativas Preservadas[editar | editar código-fonte]

A Tramontina mantém: 932 hectares de APPs e 1.910 hectares de Matas Nativas Preservadas, com o objetivo de manutenção do ecossistema, uma vez que se resguarda a vegetação do local e se contribui para a perpetuação não só das plantas mas também dos animais.

Referências

  1. Tramontina aposta em lojas conceito ISTOÉ Dinheiro. (Outubro, 2013).
  2. «Tramontina». Tramontina. Consultado em 25 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]