Transdução de sinal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em biologia, transdução de sinal refere-se a qualquer processo através do qual uma célula converte um tipo de sinal ou estímulo em outro. A maioria dos processos de transdução de sinal envolvem sequências ordenadas de reações bioquímicas dentro da célula, que são levadas a cabo por enzimas activadas por mensageiros secundários, resultando numa via de transdução de sinal. Tais processos são usualmente rápidos, levando cerca de milisegundos a realizarem-se, no caso do fluxo de ions, ou minutos para a activação de cascatas de quinases mediadas por proteínas e lípidos, mas podem durar horas, e mesmo dias, a completar. O número de proteínas e outras moléculas participantes nos eventos envolvendo transdução de sinal aumenta à medida que o processo emana do estímulo inicial, resultando numa cascata de sinal, começando com um relativo pequeno estímulo que desenvolve uma grande resposta. Isto é referido como amplificação de sinal.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Especificidade
  • Cooperatividade
  • Afinidade entre sinal e receptor
  • Amplificação
  • Transdução de sinal
  • Sinalização celular
  • Sinalização

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

Não técnico
Técnico

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Transdução de sinal