Transplante de Corintiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Transplante de Corintiano, também conhecida por Coração Corintiano, é uma famosa Marchinha de Carnaval, composta em 1968 por Manoel Ferreira, Ruth Amaral e Gentil Junior, que ganhou notoriedade na voz de Silvio Santos.[1]

Ela recebeu o troféu de marchinha campeã do carnaval de 1969.[1]

Segundo a esposa de Gentil Junior, a idéia da canção surgiu da junção de 2 fatos que aconteceram na mesma época: o jejum de títulos que o Corinthians vivia na década de 1960 e o primeiro transplante de coração da história, realizado em 1967.[1]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • 2 anos depois, os compositores Mauro de Almeida e Neyde Pereira escreveram uma marchinha em resposta a essa canção. Interpretada por Sidney Sander e gravada pelo selo Triunfo, a letra rebatia a ideia de outro coração corintiano, pedindo para que fosse transplantado um coração palmeirense no lugar, acabando assim com o constante sofrer do torcedor.[2]

Referências

  1. a b c brasil.estadao.com.br/ Família de compositor corre atrás de reconhecimento
  2. books.google.com.br/ No Compasso Da Bola, Por Paulo Luna