Transporte passivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Transporte passivo é o nome dado a passagem natural de pequenas moléculas através da membrana plasmática, em virtude da diferença de pressão de difusão entre os líquidos que estão nos dois lados da membrana. É o que justifica a absorção e a eliminação de água pela célula. Trata-se de um fenômeno que ocorre espontaneamente, sem qualquer dispêndio de energia pela célula.

Há três tipos de transporte passivo:

Na difusão simples, a passagem de substâncias ocorre de forma direta.

Na difusão facilitada, ocorre com a ajuda de proteínas transportadoras.

Na osmose, ocorre a difusão de água da solução menos concentrada para a solução mais concentrada.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia celular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.