Transversal de Valpaços

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Transversal de Valpaços
Antiga Estação de Mirandela, em 2013.
Antiga Estação de Mirandela, em 2013.
Bitola:Bitola estreita
Continuation backward
L.ª TuaCarvalhais
Station on track
Mirandela
Unknown route-map component "eBHF"
Mirandela (est. ant.)
Unknown route-map component "xABZgl" Unknown route-map component "CONTfq"
L.ª TuaCachão
Unknown route-map component "exCONTgq" Unknown route-map component "exABZg+r"
L.ª VinhaisVinhais (proj. abd.)
Unknown route-map component "exBHF"
Valpaços
Unknown route-map component "exCONTg"
Unknown route-map component "exSTR" + Unknown route-map component "exLSTR"
L.ª CorgoChaves (enc.)
Unknown route-map component "exABZg+l"
Unknown route-map component "exSTRr" + Unknown route-map component "exLSTR"
Unknown route-map component "exBHF" Unknown route-map component "exLSTR"
Pedras Salgadas
Unknown route-map component "exCONTgq" Unknown route-map component "exABZgr" Unknown route-map component "exLSTR"
L. TâmegaA. Baúlhe (proj. abd.)
Unknown route-map component "exSTR" + Unknown route-map component "exlHST"
Unknown route-map component "exLSTR"
Nuzedo
Unknown route-map component "exSTR" + Unknown route-map component "exLSTR+l"
Unknown route-map component "exLSTRr"
Unknown route-map component "exBHF"
Vila Pouca de Aguiar
Unknown route-map component "exCONTgq" Unknown route-map component "exABZgr"
L. Tâmega→ A. Baúlhe (proj. abd.)
Unknown route-map component "exCONTf"
L. CorgoRégua (des.)

A Transversal de Valpaços foi um projecto abandonado para uma linha férrea de bitola métrica em Portugal, que ligaria as estações de Pedras Salgadas ou Vila Pouca de Aguiar, na Linha do Tâmega, a Mirandela, na Linha do Tua. Esta linha teria uma estação em Valpaços, onde entroncaria um outro caminho de ferro, a Linha de Vinhais, que terminaria na vila de Vinhais, cujo projecto também foi abandonado. Ambos os projectos faziam parte do Plano Geral da Rede Ferroviária, publicado pelo Decreto n.º 18:190, de 28 de Março de 1930.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. PORTUGAL. Decreto n.º 18:190, de 28 de Março de 1930. Ministério do Comércio e Comunicações - Direcção Geral de Caminhos de Ferro - Divisão Central e de Estudos - Secção de Expediente, Publicado na Série I do Diário do Governo n.º 83, de 10 de Abril de 1930.



Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.