Tratado de Zurique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Tratado de Zurique foi acordado em novembro de 1859 entre o Império Austríaco, por um lado, e a França e a Sardenha-Piemonte, por outro. Este tratado de paz foi precedido por acordos preliminares discutidos em Villafranca em 12 de julho, onde foi decidido pôr termo ao conflito armado mantido entre a Áustria e o Piemonte-Sardenha. Este tratado foi também importante para a consolidação da unidade territorial da Itália.

Ficou estabelecido que a Áustria cedia a Lombardia ao imperador francês, que deveria remeter ao rei da Sardenha-Piemonte. A Áustria e a França reconheceram a necessidade da criação de uma confederação italiana, sob a presidência honorária do papa. A Venécia (Veneza) devia fazer parte e tudo o resto estaria sobre a alçada do imperador da Áustria.

A França que combateu pela unidade italiana, devia encontrar mais tarde a sua recompensa, proporcionada pela cessão da Saboia e do condado de Nice.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]