Traz Outro Amigo também (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Traz outro amigo também
 Brasil
2010 •  cor •  
Direção Frederico Cabral
Produção Natalia Sosa
Produção executiva Maurício N. Santos e Rosângela Barreto
Roteiro Samir Machado de Machado
Elenco Felipe Mônaco
Clemente Viscaíno
Gabriel Rocha
Renan Brambath
Nataniélhe Pacheco
Música Alexandre Ostrovski Jr.
Direção de fotografia Alberto La Sálvia
Direção de arte Ana Henriques
Figurino Carol Scortegagna
Edição Alberto Feoli
Companhia(s) produtora(s) Animake Imagem Virtual
Distribuição RBS TV
Idioma português brasileiro

Traz outro amigo também é um filme brasileiro de curta metragem dirigido por Frederico Cabral, de 2010, adaptado do conto homônimo do escritor português Yves Robert, publicado em Ficção de Polpa, volume 2, em 2008.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Um detetive (Felipe Mônaco), é contratado por um homem (Clemente Viscaíno) para encontrar seu amigo imaginário de infância, desaparecido há mais de cinqüenta anos. A princípio, aceita o caso somente pelo dinheiro, mas quando descobre que seu sobrinho (Gabriel Rocha) tem um amigo imaginário, começa a utilizar a imaginação das crianças para encontrar uma solução para o caso.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Felipe Mônaco – Samuel
  • Clemente Viscaíno - Artur
  • Gabriel Rocha - Gonçalo
  • Renan Brambath - Luís
  • Nataniélhe Pacheco - Carla

Festivais e prêmios[editar | editar código-fonte]

Brasileiros[editar | editar código-fonte]

  • 43° Festival de Brasília do Cinema Brasileiro [1]
    • Prêmio: Troféu Candango de Melhor Filme de Curta Metragem Digital (Juri Oficial)
    • Prêmio: Troféu candango de Melhor Roteiro de Curta Metragem Digital
    • Prêmio: Troféu Candango de Melhor Montagem de Curta Metragem Digital
  • Histórias Curtas 2010 [2]
    • Prêmio: Melhor Histórias Curtas Júri Oficial
    • Prêmio: Melhor Histórias Curtas Júri Popular
    • Prêmio: Melhor Roteiro
  • 2° Festival de Cinema Curta Amazônia [5]
    • Prêmio: Melhor Roteiro
    • Prêmio: Melhor Montagem
    • Prêmio: Melhor Direção de Arte
  • Festival Curta-SE 2011 [6]
    • Prêmio: Nova Digital e Troféu Ver ou Não Ver, Melhor vídeo (júri oficial)
    • Prêmio: Troféu Ver ou Não Ver de Melhor vídeo (júri popular)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]