Treinadores do Sport Club Corinthians Paulista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta é uma lista de treinadores do Corinthians.

Lista[editar | editar código-fonte]

Era amadora[editar | editar código-fonte]

Período Treinador Número de jogos Títulos
1910 – 1911 Itália Rafael Perrone [nota 1] 18 jogos
1912 – 1914 Espanha Casemiro González 37 jogos Campeonato Paulista 1914
1915 – 1920

            1916

            1917

            1919

Brasil Amílcar Barbuy [nota 2]

Espanha Casemiro González (Interino) [nota 3]

Espanha Casemiro González (Interino)

Brasil Nando (Interino) [nota 4]

126 jogos

1 jogo

1 jogo

2 jogos

Campeonato Paulista 1916
1921 – 1925 Brasil Guido Giacominelli [nota 5] 117 jogos Campeonato Paulista 1922

Taça Competência 1922

Campeonato Paulista 1923

Taça Competência 1923

Campeonato Paulista 1924

Taça Competência 1924

1926 – 1927 Brasil Ângelo Rocco 42 jogos
1927 - 1928 Brasil Neco 15 jogos
1928 - 1929 Brasil Ângelo Rocco 32 jogos Campeonato Paulista 1928

Campeonato Paulista 1929

1929 – 1931 Itália Virgílio Montarini 75 jogos Taças Cittá de Firenze, Ao Empório Toscano, Sudan Ovais e Professor Caputto 1929

Taça Apea 1930

Campeonato Paulista 1930

1932 – 1933 Brasil José de Carlo 25 jogos

Era profissional[editar | editar código-fonte]

1933 – 1934 Uruguai Pedro Mazzulo 31 jogos
1934 – 1937 brasileiro Amílcar Barbuy 87 jogos Taça Aliança da Bahia 1936

Taça Prefeitura de Salvador 1936

1937 – 1938 brasileiro Antônio Pereira / brasileiro Neco 41 jogos Campeonato Paulista 1937
1938 brasileiro Armando Del Debbio / brasileiro Ângelo Rocco (interino) 1 jogo
1938 – 1941 brasileiro Armando Del Debbio 131 jogos Taça Fasanello 1938

Taça Henrique Mundel/Festival São Paulo FC 1938 Campeonato Paulista 1938

Campeonato Paulista 1939

Campeonato Paulista 1941

1942 brasileiro Mário Henrique de Almeida (interino) [nota 6] 1 jogo
1942 brasileiro Carlos Menjou 28 jogos Torneio Quinela de Ouro 1942

Taça Cidade de São Paulo 1942

1942 – 1943 brasileiro Rato 13 jogos
1943

1943

brasileiro Amílcar Barbuy

brasileiro Albino Lotito (interino) [nota 7]

27 jogos

1 jogo

1944 brasileiro João Chiavoni 10 jogos
1944 brasileiro Mário Miranda Rosa (interino) 5 jogos
1944 Argentina Joseph Tiger 22 jogos
1945 brasileiro Eugênio Vanni (interino) 5 jogos
1945 brasileiro Alcides de Souza Aguiar 28 jogos
1945 – 1946 brasileiro Pellegrino Adelmo Begliomini 8 jogos
1946 brasileiro José Foquer 39 jogos
1947 – 1948 brasileiro Armando Del Debbio 38 jogos
1948 brasileiro Gentil Cardoso 22 jogos
1948 brasileiro Cláudio Pinho / brasileiro Hélio  Leite / brasileiro Servílio de Jesus (Interino) 3 jogos
1948 – 1949 Portugal Joreca 52 jogos
1949 – 1950 brasileiro Christino Calaf / brasileiro Manoel dos Santos 16 jogos Torneio Rio São Paulo 1950
1950 brasileiro Achiles Gama Malcher 29 jogos
1950 – 1951 brasileiro Newton Senra 50 jogos
1951 – 1954

            1954

brasileiro Rato

brasileiro Cláudio Pinho (interino) [nota 8]

163 jogos

4 jogos

Campeonato Paulista 1951

Campeonato Paulista 1952

Torneio Rio São Paulo 1953

Pequena Taça do Mundo 1953

Torneio Rio São Paulo 1954

1954 – 1958

            1956

            1957

brasileiro Oswaldo Brandão

brasileiro Cláudio Pinho (interino) [nota 9]

brasileiro José Gomes Nogueira (interino) [nota 10]

221 jogos

1 jogo

10 jogos

Campeonato Paulista 1954

Torneio Internacional Charles Miller 1955

Copa do Atlântico 1956

1958 brasileiro Rato (interino) 5 jogos
1958 – 1959

            1958

1958

brasileiro Cláudio Pinho

brasileiro Hélio Filé (interino) [nota 11]

brasileiro Albino Lotito (interino) [nota 12]

67 jogos

1 jogo

Quadrangular de Brasília 1958
1959 brasileiro Rato (interino) 7 jogos
1959 – 1960 brasileiro Sylvio Pirillo 56 jogos
1960 brasileiro Alfredo Ramos 21 jogos
1960 brasileiro Rato (interino) 15 jogos
1960 Argentina Jim Lopez 26 jogos
1961 brasileiro João Lima 15 jogos
1961 brasileiro Dino Pavão (interino) 2 jogos
1961 brasileiro Alfredo Ramos 22 jogos
1961 brasileiro Rato (interino) 2 jogos
1961 – 1962 brasileiro Martim Francisco 36 jogos
1962 brasileiro Rato (interino) 1 jogo
1962 – 1963

            1963

Paraguai Fleitas Solich

brasileiro Nesi Curi [nota 13]

70 jogos

1 jogo

1963 brasileiro Rato (interino) 21 jogos
1963 brasileiro Armando Del Debbio 8 jogos
1964 brasileiro Paulo Amaral 28 jogos
1964 brasileiro Roberto Belangero 24 jogos
1964 – 1966

           1965

brasileiro Oswaldo Brandão

brasileiro José Teixeira (interino) [nota 14]

100 jogos

1 jogo

Pentagonal do Recife 1965

Torneio Rio São Paulo 1966

Copa Cidade de Turim 1966

1966 brasileiro José Teixeira (interino) 2 jogos
1966 Argentina Filpo Nuñez 21 jogos
1966 – 1967 brasileiro Zezé Moreira 58 jogos Triangular Otávio Lage 1967
1967 – 1968 brasileiro Lula 35 jogos
1968 brasileiro Oswaldo Brandão (interino) 3 jogos
1968 brasileiro Aymoré Moreira 20 jogos
1969 – 1970

            1970

brasileiro Dino Sani

brasileiro Baltasar (interino) [nota 15]

109 jogos

1 jogo

Torneio Costa do Sol 1969

Troféu Apolo V 1969

1970 brasileiro Baltasar (interino) 1 jogo
1970 – 1971 brasileiro Aymoré Moreira 36 jogos Torneio do Povo 1971
1971 brasileiro Francisco Sarno 7 jogos
1971 brasileiro Baltasar 32 jogos
1971 – 1972 brasileiro Francisco Sarno 21 jogos
1972 brasileiro Luizinho (Interino) 3 jogos
1972 – 1973 brasileiro Duque 69 jogos
1973 – 1974 brasileiro Yustrich 63 jogos
1974 brasileiro Luizinho 27 jogos
1974 – 1975 brasileiro Sylvio Pirillo 68 jogos Copa São Paulo 1975
1975 brasileiro Luizinho (Interino) 2 jogos
1975 brasileiro Dino Sani 12 jogos
1975 – 1976 brasileiro Milton Buzetto 62 jogos
1976 Argentina Filpo Nuñez 13 jogos
1976 brasileiro Cabeção (interino) 1 jogo
1976 – 1977 brasileiro Duque 44 jogos
1977 – 1978

            1977

brasileiro Oswaldo Brandão

brasileiro João Avelino / brasileiro José Teixeira (interino) [nota 16]

53 jogos

11 jogos

Campeonato Paulista 1977
1978 Argentina Armando Renganeschi 21 jogos
1978 – 1979 brasileiro José Teixeira 115 jogos
1979 – 1980

            1980

brasileiro Jorge Vieira

brasileiro Nicanor de Carvalho (interino) [nota 17]

27 jogos

2 jogos

Campeonato Paulista 1979
1980 brasileiro Julinho (interino) 8 jogos
1980 brasileiro Orlando Fantoni 13 jogos
1980 brasileiro Julinho (interino) 1 jogo
1980 – 1981 brasileiro Oswaldo Brandão 58 jogos
1981 brasileiro Julinho 26 jogos
1981 – 1983 brasileiro Mário Travaglini 98 jogos Troféu Internacional Feira de Hidalgo 1981

Campeonato Paulista 1982

1983 brasileiro Zé Maria 10 jogos Taça Cidade de Porto Alegre 1983
1983 – 1984

            1983

            1984

brasileiro Jorge Vieira

brasileiro Hélio Maffia (interino)

brasileiro Hélio Maffia (interino)

77 jogos

2 jogos

3 jogos

Campeonato Paulista 1983
1984 brasileiro Hélio Maffia (interino) 16 jogos
1984 – 1985 brasileiro Jair Picerni 34 jogos
1985 brasileiro Hélio Maffia (interino) 1 jogo
1985 brasileiro Carlos Alberto Torres 39 jogos
1985 brasileiro Basílio (interino) 1 jogo
1985 brasileiro Mário Travaglini 24 jogos Copa Los Angeles das Nações 1985
1986

1986

brasileiro Rubens Minelli

brasileiro Basílio (interino)

38 jogos

8 jogos

Torneio Internacional Verão da Cidade de Santos 1986
1986 brasileiro Basílio (interino) 1 jogo
1986 – 1987 brasileiro Jorge Vieira 46 jogos Torneio Internacional Verão da Cidade de Santos 1987
1987 brasileiro Basílio (interino) 8 jogos
1987 brasileiro Chico Formiga 40 jogos
1987 brasileiro Basílio (interino) 1 jogo
1988 brasileiro Jair Pereira 33 jogos Campeonato Paulista 1988
1988 brasileiro Carlos Alberto Torres 9 jogos
1988 – 1989 brasileiro José Carlos Fescina 21 jogos
1989 brasileiro Ângelo Macariello (interino) 1 jogo
1989 brasileiro Ênio Andrade 11 jogos
1989 brasileiro Palhinha 25 jogos
1989 – 1990 brasileiro Basílio 44 jogos
1990 brasileiro Zé Maria de Oliveira 20 jogos
1990 -1991 brasileiro Nelsinho Baptista 59 jogos Campeonato Brasileiro 1990

Supercopa do Brasil 1991

1991 brasileiro Aguinaldo Moreira (interino) 1 jogo
1991 brasileiro Carlos Alberto Silva 3 jogos
1991 brasileiro Cilinho 36 jogos
1992 brasileiro Basílio 53 jogos
1992 brasileiro Aguinaldo Moreira (interino) 1 jogo
1992 – 1993 brasileiro Nelsinho Baptista 60 jogos
1993 brasileiro Márcio Araújo (interino) 1 jogo
1993 brasileiro Mário Sergio

brasileiro Eduardo Amorim (interino) [nota 18]

19 jogos

2 jogos

1994 brasileiro Afrânio Riul 5 jogos
1994 brasileiro Eduardo Amorim (interino) 1 jogo
1994 brasileiro Carlos Alberto Silva 31 jogos
1994 brasileiro Jair Pereira 46 jogos
1995 brasileiro Mário Sergio 10 jogos
1995 – 1996 brasileiro Eduardo Amorim 109 jogos Campeonato Paulista 1995

Copa do Brasil 1995

1996 brasileiro Aguinaldo Moreira (interino) 2 jogos
1996 brasileiro Valdyr Espinosa 24 jogos Torneio Ramon de Carranza 1996
1996 – 1997 brasileiro Nelsinho Baptista 62 jogos Campeonato Paulista 1997
1997 brasileiro Wilson Coimbra (interino) 2 jogos
1997 brasileiro Joel Santana 15 jogos
1997 brasileiro Candinho 6 jogos
1998 brasileiro Valdir Joaquim de Moraes (interino) 2 jogos
1998

1998

brasileiro Vanderlei Luxemburgo

brasileiro Oswaldo de Oliveira (interino) [nota 19]

67 jogos

3 jogos

Campeonato Brasileiro 1998
1999 brasileiro Oswaldo de Oliveira 8 jogos
1999 brasileiro Evaristo de Macedo 22 jogos
1999 – 2000

            2000

            2000

brasileiro Oswaldo de Oliveira

brasileiro Édson Cegonha (interino) [nota 20]

brasileiro José Carlos Serrão (interino) [nota 21]

87 jogos

7 jogos

1 jogo

Campeonato Paulista 1999

Campeonato Brasileiro 1999

Mundial de Clubes 2000

2000 brasileiro Oswaldo Alvarez 21 jogos
2000 brasileiro Valdir Joaquim de Moraes (interino) 1 jogo
2000 brasileiro Candinho 10 jogos
2001 Uruguai Dario Pereyra 6 jogos
2001 brasileiro Vanderlei Luxemburgo 67 jogos Campeonato Paulista 2001
2002

2002

brasileiro Carlos Alberto Parreira

brasileiro Jairo Leal (interino) [nota 22]

66 jogos

5 jogos

Torneio Rio São Paulo 2002

Copa do Brasil 2002

2003 brasileiro Geninho 55 jogos Campeonato Paulista 2003
2003 brasileiro Jairo Leal (interino) 1 jogo
2003 brasileiro Júnior 2 jogos
2003 – 2004 brasileiro Juninho Fonseca 17 jogos
2004 brasileiro Oswaldo de Oliveira 17 jogos
2004 – 2005 brasileiro Tite 51 jogos
2005 brasileiro Márcio Bittencourt (interino) 1 jogo
2005 Argentina Daniel Passarela 15 jogos
2005 brasileiro Márcio Bittencourt 28 jogos
2005 – 2006 brasileiro Antônio Lopes 37 jogos Campeonato Brasileiro de 2005
2006 brasileiro Ademar Braga 15 jogos
2006 brasileiro Geninho 11 jogos
2006 – 2007 brasileiro Emerson Leão 46 jogos
2007 brasileiro José Augusto (interino) 3 jogos
2007 brasileiro Paulo César Carpegiani 23 jogos
2007 brasileiro José Augusto (interino) 7 jogos
2007 brasileiro Nelsinho Baptista 11 jogos
2008 – 2010 brasileiro Mano Menezes 185 jogos Campeonato Brasileiro Série B 2008

Campeonato Paulista 2009

Copa do Brasil 2009

2010 brasileiro Adilson Batista 17 jogos
2010 brasileiro Fábio Carille (interino) 2 jogos
2010 – 2013

            2012

brasileiro Tite

brasileiro Cléber Xavier (interino) [nota 23]

221 jogos

2 jogos

Campeonato Brasileiro 2011

Copa Libertadores da América 2012

Mundial de Clubes 2012

Campeonato Paulista 2013

Recopa Sul Americana 2013

2014 brasileiro Mano Menezes 63 jogos
2015 – 2016 brasileiro Tite 106 jogos Troféu Sócrates 2015

Campeonato Brasileiro 2015

2016 brasileiro Fábio Carille (interino) 2 jogos
2016 brasileiro Cristóvão Borges 18 jogos
2016 brasileiro Fábio Carille (interino) 5 jogos
2016 brasileiro Oswaldo de Oliveira 9 jogos
2017 – 2018 brasileiro Fábio Carille 104 jogos Campeonato Paulista 2017

Campeonato Brasileiro 2017

Campeonato Paulista 2018

2018 brasileiro Osmar Loss 25 jogos
2018 brasileiro Jair Ventura 19 jogos
2019

2019

brasileiro Fábio Carille

brasileiro Leandro Cuca (interino) [nota 24]

69 jogos

1 jogo

Campeonato Paulista 2019
2019 brasileiro Dyego Coelho (interino) 8 jogos
2020

2020

brasileiro Tiago Nunes

brasileiro Evandro Fornari (interino[nota 25]) [3]

27 jogos

1 jogo

2020 brasileiro Dyego Coelho (interino) 7 jogos
2020 - 2021 brasileiro Vagner Mancini 45 jogos
2021 brasileiro Fernando Lazaro (interino) 2 jogos
2021 - brasileiro Sylvinho

Por número de jogos[editar | editar código-fonte]

* Atualizado em 18 de junho de 2021

Posição Treinador Jogo(s) Ano(s)
01º Rio Grande do Sul Oswaldo Brandão 435 1954-1957 / 1964-1966 / 1968 / 1974-1978 / 1980-1981
02º Rio Grande do Sul Tite 378 2004-2005 / 2010-2013 / 2015-2016
03º Rio Grande do Sul Mano Menezes 248 2008–2010 / 2014
04º São Paulo Amílcar Barbuy 240 1915-1920 / 1934-1935 / 1937 / 1943
05º São Paulo Rato 227 1937 / 1942-1943 / 1951-1954
06º São Paulo Nelsinho Batista 192 1990-1991 / 1992-1993 / 1996-1997 / 2007
07º São Paulo Fábio Carille 183 2010 / 2016 / 2017-2018 / 2019
08º São Paulo Armando Del Debbio 178 1939-1942 / 1947-1948 / 1963
09º Rio de Janeiro Jorge Vieira 146 1979-1980 / 1983-1984 / 1986-1987
10º Rio de Janeiro Vanderlei Luxemburgo 134 1998 / 2001
11º Rio Grande do Sul Sylvio Pirilo

Rio de Janeiro Oswaldo de Oliveira

124 1959-1960 / 1974 - 1975

1998 / 1999 / 1999-2000 / 2004 / 2016

12º São Paulo Mário Travaglini 122 1981 - 1983 / 1985
13º São Paulo Dino Sani 121 1969 - 1970 / 1975
14º São Paulo José Teixeira 118 1965 / 1966 / 1977 / 1978 - 1979
15º São Paulo Guido Giacominelli 117 1921 - 1925
16º São Paulo Basílio 116 1985 / 1986 / 1987 / 1989-1990 / 1992
17º Minas Gerais Duque 113 1972 - 1973 / 1976 - 1977
18º Minas Gerais Eduardo Amorim 112 1993 / 1994 / 1995 - 1996
19º Rio de Janeiro Jair Pereira 79 1988 / 1994
20º Brasil Ângelo Rocco

ItáliaBrasil Virigilio Montarini

75 1926 - 1927 / 1928 - 1929

1929 - 1931

21º Paraguai Fleitas Solich 70 1962 - 1963
22º Rio de Janeiro Carlos Alberto Parreira

São Paulo Geninho

66 2002

2003 / 2006

23º São Paulo Mílton Buzetto 62 1975 - 1976
24º Rio de Janeiro Zezé Moreira 58 1966 - 1967
25º São Paulo Neco

Rio de Janeiro Aymoré Moreira

56 1927 - 1928 / 1937 - 1938

1968 / 1970 - 1971

26º Portugal Joreca 52 1948 - 1949
27º Minas Gerais Newton Senra 50 1950 - 1951
28º Rio de Janeiro Carlos Alberto Torres 48 1985 / 1988
29º São Paulo Emerson Leão 46 2006 - 2007
30º São Paulo Vagner Mancini 45 2020 - 2021
31º São Paulo Alfredo Ramos 43 1960 / 1961
32º Brasil Antônio Pereira 41 1937 - 1938
33º Minas Gerais Chico Formiga 40 1987
34º Espanha Casemiro Gonzalez

Brasil José Foquer

39 1912 - 1914 / 1916 / 1917

1946

35º São Paulo Rubens Minelli 38 1986
36º Rio de Janeiro Antônio Lopes 37 2005
37º Minas Gerais Martim Francisco

São Paulo Cilinho

36 1961 - 1962

1991

38º São Paulo Lula

Santa Catarina Julinho

35 1967-1968

1980 / 1981

39º São Paulo Baltazar

Argentina Filpo Nuñez

São Paulo Jair Picerni

Minas Gerais Carlos Alberto Silva

34 1970 / 1971

1966 / 1976

1984 - 1985

1991 / 1994

40º São Paulo Luizinho 32 1972 / 1974 / 1975
41º Uruguai Pedro Mazzulo 31 1933 - 1934
42º ItáliaBrasil Achiles Gama Malcher

Rio de Janeiro Mário Sérgio

São Paulo Márcio Bittencourt

29 1950

1993 / 1995

2005 / 2005

43º Rio de Janeiro Carlos Menjou

Brasil Alcides de Souza Aguiar

Rio de Janeiro Paulo Amaral

Rio de Janeiro Francisco Sarno

28 1942

1945 - 1946

1964

1971 / 1971 - 1972

44º Rio Grande do Sul Tiago Nunes 27 2020
45º Argentina Jim Lopes 26 1960
46º Brasil José de Carlo

Minas Gerais Palhinha

Rio Grande do Sul Osmar Loss

25 1932 - 1933

1989

2018

47º São Paulo Roberto Belangero

Rio Grande do Sul Valdyr Espinosa

24 1964

1996

48º Rio Grande do Sul Paulo César Carpegiani 23 2007
49º Argentina Joseph Tiger

Pernambuco Gentil Cardoso

São Paulo Hélio Maffia

Rio de Janeiro Evaristo de Macedo

22 1944

1948

1983 / 1984 / 1985

1999

50º Argentina Armando Renganeschi

São Paulo José Carlos Fescina

São Paulo Oswaldo Alvarez

21 1978

1988 - 1989

2000

51º São Paulo Zé Maria de Oliveira 20 1990
52º Rio de Janeiro Jair Ventura 19 2018
53º Itália Rafael Perrone

Bahia Cristóvão Borges

18 1910 - 1911

2016

54º São Paulo Juninho Fonseca

Minas Gerais Adilson Batista

17 2003 - 2004

2010

55º Brasil Christino Calaf

Brasil Manoel dos Santos

São Paulo Candinho

16 1949 - 1950

1949 - 1950

1997 / 2000

56º Rio Grande do Sul João Lima

Rio de Janeiro Joel Santana

Argentina Daniel Passarella

Rio de Janeiro Ademar Braga

São Paulo Dyego Coelho

15 1961

1997

2005

2006

2019 / 2020

57º Minas Gerais Orlando Fantoni 13 1980
58º Minas Gerais João Avelino

Rio Grande do Sul Ênio Andrade

11 1977

1989

59º Brasil João Chiavoni

Brasil José Gomes Nogueira

São Paulo Zé Maria

Bahia José Augusto

10 1944

1957

1983

2007

60º São Paulo Begliomini 8 1945 / 1946
61º Rio de Janeiro Édson Cegonha 7 2000
62º Uruguai Dário Pereyra

Rio de Janeiro Jairo Leal

São Paulo Sylvinho

6 2001

2002 / 2003

2021 -

63º São Paulo Mário Miranda Rosa

São Paulo Eugênio Vanni

São Paulo Afrânio Riul

5 1944

1945

1994

64º São Paulo Aguinaldo Moreira 4 1991 / 1992/ 1996
65º Brasil Albino Lotito

Minas Gerais Hélio Leite

Bahia Servílio de Jesus

Rio Grande do Sul Valdir Joaquim de Moraes

3 1943 / 1958

1948

1958

1998 / 2000

66º ItáliaBrasil Nando

São Paulo Dino Pavão

São Paulo Nicanor de Carvalho

Paraná Wilson Coimbra

Paraíba Júnior

Rio Grande do Sul Cléber Xavier

São Paulo Fernando Lazaro

2 1919

1961

1980

1997

2003

2012

2021

67º Brasil Mário Henrique

Brasil Hélio Filé

São Paulo Nesi Curi

São Paulo Cabeção

Brasil Ângelo Macariello

São Paulo Márcio Araújo

São Paulo José Carlos Serrão

Santa Catarina Leandro Cuca

Santa Catarina Evandro Fornari

1 1942

1958

1963

1976

1989

1993

2000

2019

2020

Por país[editar | editar código-fonte]

Posição País Número de treinadores
Brasil Brasil 109
Argentina Argentina 4
Uruguai Uruguai

Itália Itália

2
Espanha Espanha

Portugal Portugal

Paraguai Paraguai

1

Por estado[editar | editar código-fonte]

Posição Estado Número de treinadores
São Paulo São Paulo 45
Rio de Janeiro Rio de Janeiro 19
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul 12
Minas Gerais Minas Gerais 11
Bahia Bahia

Santa Catarina Santa Catarina

3
Pernambuco Pernambuco

Paraná Paraná

Paraíba Paraíba

1

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O treinador uruguaio Pedro Mazzulo foi o primeiro treinador profissional da historia do clube;

Referências

  1. Diaféria, 1992, p.120
  2. a b Diaféria, 1992, p.121
  3. «Conheça Evandro Fornari, o auxiliar que comandará o Corinthians contra o Coritiba». OneFootball. Consultado em 20 de agosto de 2020 

Notas

  1. Antes do profissionalismo, não havia formalmente um técnico exclusivamente. Quem exercia o papel era o capitão do time, normalmente por sua liderança entre os demais jogadores.[1]
  2. O terceiro técnico do Corinthians, foi o que por mais longo tempo consecutivo permaneceu nessa função.[2]
  3. Substituiu o titular Amílcar Barbuy, durante a sua convocação a seleção brasileira.
  4. Em 1919, Fernando Torrini foi o capitão interino do Corinthians por dez dias na ausência de Amílcar Barbuy, que estava servindo à Seleção Brasileira.
  5. Ele também acumulou o cargo de presidente do Corinthians.[2]
  6. Era diretor de esportes do clube, assumiu interinamente a equipe entre a saída de Armando Del Debbio e a contratação de Carlos Menjou
  7. Era diretor do clube, substituiu o titular que não pode comparecer
  8. Substituiu o titular durante uma excursão ao Recife
  9. Substituiu o titular Oswaldo Brandão, enquanto este servia a seleção brasileira como auxiliar do técnico Flávio Costa
  10. Assumiu o comando técnico do clube enquanto o titular, Oswaldo Brandão, que também dirigia a seleção brasileira, estava no Peru disputando o Campeonato Sul Americano.
  11. Era treinador do time reserva, dirigiu a equipe titular em um amistoso substituindo o titular
  12. Substituiu o titular durante o Torneio Quadrangular de Brasilia
  13. Como o técnico titular Fleitas Solich, se atrasou, para a a partida amistosa contra o Paulista, acabou assinando a súmula já que acompanhava a delegação da equipe.
  14. Substituiu o titular que não pode comparecer
  15. Substituiu o titular Dino Sani
  16. Assumiram o comando técnico da equipe enquanto o titular Oswaldo Brandão estava de férias após a conquista do Campeonato Paulista de 1977
  17. Substituiu o titular Jorge Vieira que sofria crise renal
  18. Substituiu o titular Mário Sérgio, que fora suspenso pela CBF por 20 dias
  19. Substituiu o titular Vanderlei Luxemburgo, que estava na França comentando a Copa do Mundo, para o canal SporTV
  20. Substituiu o titular Oswaldo de Oliveira, que tirava folga após a conquista do Campeonato Mundial de Clubes da FIFA de 2000
  21. Substituiu titular Oswaldo de Oliveira, que não pode comparecer
  22. Substituiu o titular Carlos Alberto Parreira, enquanto este atuava na Copa do Mundo de 2002, como observador técnico da FIFA
  23. Substituiu o titular Tite, enquanto este estava de folga após a conquista da Copa Libertadores da América
  24. Substituiu o titular Fábio Carille que estava suspenso
  25. Devido a suspensão do treinador titular, o auxiliar técnico, foi responsável por comanda a equipe durante uma partida.

Referências

Bibliografia consultada[editar | editar código-fonte]

  • Unzelte, C.D. Almanaque do Timão. São Paulo: Editora Abril, 2000, 1ed. ISBN 978-85-7679-222-2
  • Diaféria, L. Coração Corinthiano: grandes clubes do futebol brasileiro e seus maiores ídolos. São Paulo: Fundação Nestlé de Cultura, vol.2, 1992. [414] p

Ligações externas[editar | editar código-fonte]