Trem Intra Metropolitano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Trem Intermunicipal)
Ir para: navegação, pesquisa
Locomotiva do Trem Intra Metropolitano (TIM)

O Trem Intra Metropolitano[1] (TIM) foi um trem metropolitano criado pela FEPASA e administrado em seus últimos anos pela CPTM, atendia os municípios de São Vicente e Santos, possuía 5 estações e contava com cerca de 16,15 km de extensão.

História[editar | editar código-fonte]

Trem Intra Metropolitano[editar | editar código-fonte]

O Trem Intrametropolitano (inaugurado com essa grafia[2]) mais conhecido com TIM foi criado pela FEPASA no dia 12 de julho de 1990 para o transporte de passageiros da estação de Samaritá, em São Vicente, até a estação Ana Costa, em Santos. Em 1996 a CPTM assumiu a operação deste sistema devido a cisão da FEPASA para a criação da CPTM. Devido ao déficit gerado pelo sistema foi desativado em julho de 1999.

Pós-TIM[editar | editar código-fonte]

A linha foi utilizada para transporte de carga da região de Cubatão e o porto de Santos pela América Latina Logística. Este trecho deveria ter sido desativado para transportes de carga em agosto de 2007 quando um novo ramal que se conecta diretamente de Cubatão ao porto de Santos deveria ter sido entregue. Após sofrer uma remarcação, a conclusão deste novo ramal aconteceu em janeiro de 2008, quando o transporte de carga deixou de percorrer o centro da cidade de Santos e pôde ser retomado o projeto do VLT da baixada santista.

VLT da Baixada Santista[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: VLT da Baixada Santista
Composição que opera atualmente na Baixada Santista.

O Veículo Leve Sobre Trilhos da Baixada Santista é o projeto de transporte de média capacidade sobre trilhos elaborado pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo que seria operado pela CPTM[1], este projeto visa resolver o problema do transporte coletivo [2], assim como reduzir os índices de poluição na região. Após um período de operações experimentais e assistidas,a operação comercial começou em 31 de janeiro de 2016 em nove estações. O traçado entre os terminais Barreiros em São Vicente e Porto em Santos foi concluído em dezembro de 2016 e entregue em janeiro de 2017. A extensão até o terminal Valongo em Santos está em fase de licenciamento e deverá ser construída em 2017 assim como a extensão até o Samaritá na área continental de São Vicente.

Características do Sistema[editar | editar código-fonte]

Este sistema contava em seus últimos anos de operação com um total de 5 estações e uma extensão total de 16,136 km formado em sua totalidade por vias em superfície.

Os veículos deste sistema trafegavam a uma velocidade média de 40 km/h. O calibre da trilha é de 1000 milímetros em via singela e o combustível dos trens era o diesel.

Tabela do Sistema[editar | editar código-fonte]

Linha Terminais Inauguração Comprimento (km) Estações Duração das viagens (min) Funcionamento
Central Ana Costa ↔ Samaritá 12 de Julho de 1990 16,136 7 --- Desativada.

Linhas[editar | editar código-fonte]


Trem Intermunicipal
Linha Central*
*desativada

Frota[editar | editar código-fonte]

Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes válidas. Utilize o campo de resumo para uma breve explicação das alterações e, se achar necessário, apresente mais detalhes na página de discussão.

Este sistema contava com TUEs da Toshiba elétricos, mas pela falta de eletrificação desta linha, essas TUEs eram manobradas e rebocadas por locomotivas a diesel. Hoje essas TUEs operam na extensão operacional da Linha 8 da CPTM.

Modelo/Série Potência (kW) Bitola (m) Fabricante Origem Ano de Fabricação Adquirente Inicial Frota Ativa Frota Inativa Frota Total
TUE Série 5900*, atual série 4800 580 1,00 Kawasaki/Toshiba Japão 1957 E.F. Sorocabana 6 3 9
RSD-8** 671 1,00 ALCO EUA 1958 Cia. Paulista de Estradas de Ferro 2 1 3
TOTAL 8 4 12

(*) TUE´s • (**) Locomotivas

Frota - VLT da Baixada Santista[editar | editar código-fonte]

Modelo/Série Potência (kW) Bitola (m) Fabricante Origem Ano de Fabricação Adquirente Inicial Frota Ativa Frota Inativa Frota Total
Vossloh Tramlink V4[3] 420 kW 1,00 T'Trans/Vossloh Brasil/Espanha 2013 EMTU 10 + (11 a adquirir) 0 22

Galeria de Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]