Trevor Ariza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trevor Ariza
Trevor Ariza 2017.png
Ariza com os Rockets em 2017.
Informações pessoais
Nome completo Trevor Anthony Ariza
Data de nasc. 30 de junho de 1985 (31 anos)
Local de nasc. Miami,  Flórida,  Estados Unidos
Altura 2,03 m
Peso 98 kg
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Houston Rockets
Número 1
Posição Ala
Clubes de juventude
2003–2004 Estados Unidos UCLA
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
20042006
20062007
20072009
2009–2010
20102012
20122014
2014–presente
Estados Unidos New York Knicks
Estados Unidos Orlando Magic
Estados Unidos Los Angeles Lakers
Estados Unidos Houston Rockets
Estados Unidos New Orleans Hornets
Estados Unidos Washington Wizards
Estados Unidos Houston Rockets

Trevor Anthony Ariza (Miami, 30 de junho de 1985) é um jogador de basquete profissional norte-americano que atualmente joga pelo Houston Rockets na NBA.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

New York Knicks (2004–2006)[editar | editar código-fonte]

Ariza foi selecionado na segunda rodada do Draft da NBA de 2004 pelo New York Knicks como a 43ª escolha geral. Jogou 80 jogos durante sua primeira temporada com o New York e obteve médias de 5,9 pontos, 3,0 rebotes e 1,1 assistências por jogo. Na época, ele se tornou o mais jovem jogador a usar o uniforme dos Knicks (19 anos, quatro meses e quatro dias de idade). Seus 80 jogos e 1.382 minutos foram os mais jogados por um novato dos Knicks desde Greg Anthony na temporada de 1991–92 (82 jogos).

Orlando Magic (2006–2007)[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2006, Ariza foi negociado junto com Penny Hardaway com o Orlando Magic, em troca de Steve Francis. Após a negociação, ele jogou 21 jogos e obteve média de 4,7 pontos por jogo. Na temporada de 2006–07, ele jogou 57 jogos e foi titular em 7, com as médias mais altas de sua carreira até então, com 8,9 pontos e 4,4 rebotes por jogo.

Los Angeles Lakers (2007–2009)[editar | editar código-fonte]

Ariza com os Lakers em 2008.

Em novembro de 2007, Ariza foi para o Los Angeles Lakers em troca de Brian Cook e Maurice Evans. Ele quebrou um osso em seu direito em janeiro de 2008, mas retornou no Jogo 2 das Finais da Conferência Oeste contra o San Antonio Spurs, marcando uma cesta em seu primeiro minuto de jogo. Os Lakers derrotaram os Spurs em cinco jogos e avançaram para as Finais da NBA de 2008, mas perderam para o Boston Celtics em seis jogos. Na temporada de 2008–09, ele jogou todos os 82 jogos (20 como titular). Ariza foi expulso durante um jogo contra o Portland Trail Blazers, em 9 de março de 2009, após cometer uma falta flagrante em Rudy Fernández. Em 15 de março, contra o Dallas Mavericks, Ariza anotou sua pontuação mais alta na carreira na época, marcando 26 pontos, além de obter 3 roubos de bola, 3 rebotes e 2 assistências. Depois de se tornar titular, ele começou a mostrar mais habilidades na defesa.

Playoffs de 2009[editar | editar código-fonte]

Ariza registrou sua pontuação mais alta nos playoffs até então, marcando 21 pontos no Jogo 1 da primeira rodada contra o Utah Jazz. No Jogo 1 da final da Conferência Oeste contra o Denver Nuggets, Ariza roubou um passe para Chauncey Billups para ajudar os Lakers na vitória. No Jogo 3, os Lakers lideravam por dois pontos, com 37,1 segundos restantes, quando Ariza roubou o passe de Kenyon Martin para Carmelo Anthony perto do meio da quadra, ajudando os Lakers a ficarem em vantagem na série por 2–1. Os Lakers ganharam a série por 4–2 e foram para as Finais da NBA novamente, desta vez contra o Orlando Magic. No Jogo 4 das Finais, Ariza passou em branco no primeiro quarto, mas somou 6 pontos no segundo e marcou mais 13 no terceiro, ajudando os Lakers a vencerem na prorrogação e terminando o jogo com 9 rebotes e três arremessos de três pontos convertidos. Os Lakers conquistaram o 15º título da NBA em cinco jogos, vencendo a série por 4–1. Ariza obteve suas médias mais altas na carreira até então, com 11,3 pontos, 4,2 rebotes por jogo e 50% dos arremessos de três pontos convertidos nos playoffs.

Houston Rockets (2009–2010)[editar | editar código-fonte]

Em 3 de julho de 2009, Ariza chegou a um acordo com o Houston Rockets no valor de 33 milhões de dólares por cinco anos de contrato. Ariza assinou usando a Exceção do Jogador Incapacitado, que foi concedido aos Rockets devido a lesão do pivô Yao Ming. Em 31 de outubro, contra o Portland Trail Blazers, Ariza registrou sua pontuação mais alta na carreira até então, marcando 33 pontos em uma vitória por 111–107. Em 13 de dezembro, Ariza foi expulso por tentar golpear DeMar DeRozan do Toronto Raptors depois de ter a bola roubada por ele, posteriormente sendo suspenso por um jogo. Em 14 de abril de 2010, no último jogo dos Rockets da temporada, Ariza registrou seu primeiro triplo-duplo da carreira, totalizando 26 pontos, 10 rebotes e 10 assistências.

New Orleans Hornets (2010–2012)[editar | editar código-fonte]

Em 11 de agosto de 2010, Ariza foi negociado com o New Orleans Hornets como parte de um acordo entre quatro times envolvendo cinco jogadores, com Darren Collison e James Posey indo para o Indiana Pacers, Troy Murphy para o New Jersey Nets e Courtney Lee para o Houston Rockets. Durante os playoffs de 2011, Ariza registrou suas médias mais altas na carreira em minutos por jogo (40,2), pontos por jogo (15,5), rebotes (6,5) e assistências (3,3), mas os Hornets perderam para o Los Angeles Lakers em seis jogos na primeira rodada.

Washington Wizards (2012–2014)[editar | editar código-fonte]

Ariza em sua passagem pelos Wizards em março de 2013.

Em 20 de junho de 2012, Ariza e Emeka Okafor foram negociados com o Washington Wizards em uma troca por Rashard Lewis e uma escolha de draft.

Em 12 de fevereiro de 2014, Ariza registrou sua marca mais alta na carreira convertendo dez arremessos de três pontos, anotou também sua marca mais alta na temporada marcando 32 pontos, além de conseguir 11 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola, em uma derrota por 112–113 para o Houston Rockets.

Em 1 de março de 2014, Ariza registrou sua pontuação mais alta na carreira ao marcar 40 pontos, incluindo oito arremessos de três convertidos, em uma vitória por 122–103 sobre o Philadelphia 76ers.

Em 27 de abril de 2014, Ariza estabeleceu uma nova marca mais alta nos playoffs, marcando 30 pontos contra o Chicago Bulls no Jogo 4 da primeira rodada, que os Wizards ganharam por 98–89. A equipe acabou sendo eliminada para o Indiana Pacers em seis jogos nas semifinais da conferência.

Segunda passagem pelo Houston Rockets (2014–presente)[editar | editar código-fonte]

Em 15 de julho de 2014, Ariza foi adquirido pelo Houston Rockets em um acordo sign-and-trade entre três times, que envolveu também o Washington Wizards e o New Orleans Pelicans. Em 6 de fevereiro de 2015, ele conseguiu sua marca mais alta na temporada com 24 pontos em uma vitória por 117–111 sobre o Milwaukee Bucks.

Em 9 de dezembro de 2015, Ariza saiu do jogo contra os Wizards com uma contusão na parte inferior das costas, o que rompeu sua sequência de 172 jogos seguidos. Em 24 de janeiro de 2016, ele registrou sua marca mais alta na temporada em pontos marcados e em arremessos de três convertidos, com 29 pontos e seis arremessos de três em uma vitória por 115–104 sobre o Dallas Mavericks. Ele superou essa marca na noite seguinte, marcando 31 pontos em uma vitória por 112–111 sobre os Pelicans. Em 27 de fevereiro, ele converteu dois arremessos de três contra o San Antonio Spurs, estendendo sua sequência para 29 jogos com pelo menos um arremesso de três convertido, a maior sequência feita por um jogador dos Rockets desde a sequência de 39 jogos de Aaron Brooks na temporada de 2009–10. A sequência terminou contra os Pelicans em 2 de março, no 30º jogo, com oito tentativas e nenhuma convertida.

Estatísticas na NBA[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  ER  Erros por jogo  PPJ  Pontos por jogo


Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2004–05 New York 80 12 17.3 .442 .231 .695 3.0 1.1 .9 .2 5.9
2005–06 New York 36 10 19.7 .418 .333 .545 3.8 1.3 1.2 .3 4.6
2005–06 Orlando 21 0 13.8 .400 .000 .700 3.9 .7 .7 .1 4.7
2006–07 Orlando 57 7 22.4 .539 .000 .620 4.4 1.1 1.0 .3 8.9
2007–08 Orlando 11 0 10.5 .452 .000 .533 2.2 .7 .5 .3 3.3
2007–08 L.A. Lakers 24 3 18.0 .524 .333 .683 3.5 1.5 1.1 .3 6.5
2008–09 L.A. Lakers 82 20 24.4 .460 .319 .710 4.3 1.8 1.7 .3 8.9
2009–10 Houston 72 71 36.5 .394 .334 .649 5.6 3.8 1.8 .6 14.9
2010–11 New Orleans 75 75 34.7 .398 .303 .701 5.4 2.2 1.6 .4 11.0
2011–12 New Orleans 41 41 32.9 .417 .333 .775 5.2 3.3 1.7 .6 10.8
2012–13 Washington 56 15 26.3 .417 .364 .821 4.8 2.0 1.3 .4 9.5
2013–14 Washington 77 77 35.4 .456 .407 .772 6.2 2.5 1.6 .3 14.4
2014–15 Houston 82 82 35.7 .402 .350 .853 5.6 2.5 1.9 .3 12.8
2015–16 Houston 81 81 35.3 .416 .371 .783 4.5 2.3 2.0 .3 12.7
2016–17 Houston 80 80 34.7 .408 .343 .738 5.7 2.2 1.8 .3 11.7
Carreira 875 574 29.2 .425 .351 .717 4.8 2.1 1.5 .3 10.5

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2007 Orlando 4 0 11.8 .313 .000 .250 2.3 1.3 .2 0 2.8
2008 L.A. Lakers 8 0 5.6 .583 .250 .500 1.4 .1 .1 .1 2.1
2009 L.A. Lakers 23 23 31.4 .497 .476 .563 4.2 2.3 1.6 .4 11.3
2011 New Orleans 6 6 40.2 .412 .333 .727 6.5 3.3 1.3 .5 15.5
2014 Washington 11 11 37.0 .481 .446 .778 8.9 1.7 1.5 .4 13.6
2015 Houston 17 17 38.5 .426 .375 .905 6.4 2.6 1.8 .1 13.2
2016 Houston 5 5 36.2 .255 .143 .750 4.2 .8 2.6 .2 6.6
Carreira 74 62 31.1 .441 .391 .701 5.2 2.0 1.4 .3 10.6

Referências

  1. «Trevor Ariza» (em inglês). nba.com 
Basketball pictogram.svg Este artigo sobre um(a) basquetebolista, integrado ao Projeto Basquetebol, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.