TriFil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
TriFil
TriFil.gif
Slogan Apaixonada por você.
Atividade Têxtil
Fundação 1963
Sede Itabuna, Bahia
Empregados 4.000[1]
Faturamento 400 milhões/ano[2]
Website oficial www.trifil.com.br

TriFil é uma fabricante brasileira de moda íntima com uma fábrica e sede em Itabuna[2], na Bahia. A empresa é líder[2] no segmento e pioneira em explorar a tecnologia "sem costura" no Brasil. A companhia emprega cerca de 4.000 pessoas.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A empresa foi fundada em 1963, no bairro do Cambuci, em São Paulo. O fundador, Ludwig Heilberg, imigrante alemão e alfaiate, possuía uma pequena confecção de uniformes. Seus negócios foram rapidamente ampliados, passando a produzir também roupas de tamanhos especiais. No entanto, foi através da exploração de um novo nicho de mercado - a confecção de meias femininas - que a indústria cresceu. Nasceu, então, a marca TriFil, nome inspirado nos teares que trabalham com três fios.[3]

Até os anos 70, a empresa mantém um crescimento geométrico, quando as calças passaram a ser incorporadas ao vestuário feminino, obrigando a companhia a diversificar sua produção, confeccionando também esportivos sob licenciamento da marca Adidas. Em 1975, a fabrica começa a produzir camisas polo, agasalhos e calções de futebol com a marca TriFil. Em 1986, a indústria abandona a produção de agasalhos esportivos e aposta na confecção de moda íntima.[3]

Em 1990, foi inaugurada a segunda fábrica da empresa em Guarulhos (Região Metropolitana de São Paulo). O projeto foi baseado em um sistema verticalizado, tornando-se a empresa autossuficiente no beneficiamento de matéria prima. Nessa unidade foi criado um centro de texturização e recobrimento de fios. O crescimento da empresa se manteve e a Fábrica II teve seu espaço expandido para abrigar os setores de tecimentos de meias esportivas e masculinas.[3]

Em 1998, a TriFil importou da Itália máquinas de última geração e para apostar no segmento "sem costura", tornando-se a empresa pioneira do setor a explorar esse tipo de tecnologia. Já em maio de 2002, a empresa expande ainda mais sua produção com a inauguração de uma nova unidade fabril em Itabuna, na Bahia. Atualmente com uma área de 40.000 m² de construção, a planta abriga toda a expedição de produtos acabados.[3]

Hoje, na unidade da Bahia são produzidas as linhas de meias esportivas, masculinas e roupas íntimas sem costura TriFil, além de toda coleção de roupas e underwear Scala. Já em São Paulo, é confeccionada a linha de meias femininas e os fios especiais para malharia circular, retilínea e tecelagens. Todas as unidades contam com modernas instalações de tinturarias, com cozinha eletrônica de cores e equipamentos de aferição de cores.[3]

Grupo Scalina[editar | editar código-fonte]

Atualmente, as marcas TriFil e Scala fazem parte do Grupo Scalina que foi comprado pela empresa Lupo S/A em dezembro de 2017[4]. A Fábrica I, localizada em Itabuna (BA), é responsável pela fabricação de toda a linha sem costura da marca, meia fina, e socks.

Referências

  1. a b «Conhecendo a Trifil». Consultado em 8 de agosto de 2011 
  2. a b c «Carlyle compra participação na Scalina, dona da Trifil». Consultado em 9 de agosto de 2011  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "vermelho" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  3. a b c d e «Linha do Tempo». Consultado em 8 de agosto de 2011 
  4. «De filha para mãe». Consultado em 9 de agosto de 2011 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]