Trilhos Fortes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Trilhos Fortes"
Single de Claudia Leitte
do álbum As Máscaras
Lançamento 23 de abril de 2011
Gênero(s) Pop
Duração 3:54
Gravadora(s) Sony Music
Composição
  • Bruno Masi
  • Adriano Paternostro
  • Rodrigo Castanho
  • Betão Aguiar
Produção Robson Nonato
Informações sobre o vídeo musical
Lançamento 23 de abril de 2011
Director(es) Inês Vergara e LP Simonetti
Duração 3:54
Cronologia de singles de Claudia Leitte
"Água"
(2011)
"Preto, Se Você Me Der Amor"
(2011)

Trilhos Fortes é uma canção gravada pela cantora brasileira Claudia Leitte, servindo como o quinto e final single de seu primeiro álbum de estúdio, As Máscaras (2010). Composta por Bruno Masi, Adriano Paternostro, Rodrigo Castanho e Betão Aguiar, "Trilhos Fortes" foi originalmente gravada por Masi para seu álbum de mesmo nome, lançado em 2006.[1]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

No dia 8 de maio de 2010, Claudia Leitte divulgou em seu canal oficial no Youtube um vídeo de aproximadamente um minuto e meio em comemoração ao Dia das Mães que cerca de um ano mais tarde, em 23 de abril de 2011, viria a ser divulgado uma versão com duração maior como o videoclipe oficial de "Trilhos Fortes".[2] Essa foi a primeira vez na qual a música foi divulgada para o público em geral.[2] A canção foi lançada como o quinto e último single do álbum As Máscaras em 23 de abril de 2011. O anúncio do single foi feito através de um hotsite especial no site da cantora.[3] Em maio de 2011, Leitte divulgou a canção em diversas rádios do Rio de Janeiro.[4][5]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

"Trilhos Fortes" entrou na tabela musical brasileira da Billboard Brasil, Brasil Hot 100 Airplay, obtendo o número 13 como a sua posição máxima na tabela.[6] Já na tabela Hot Popular Songs, a canção alcançou a 11ª posição.[7] "Trilhos Fortes" alcançou a primeira posição entre as mais tocadas nas cidades de Salvador, Rio de Janeiro, Campinas, Ribeirão Preto e Recife.[8][9]

Formatos e faixas[editar | editar código-fonte]

CD Single
  1. "Trilhos Fortes" - 3:54

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Dirigido por Inês Vergara e LP Simonetti, o videoclipe mostra a rotina dupla de Claudia: momentos em família e momentos em shows. O videoclipe marca como o primeiro trabalho da cantora em que o seu primogênito, Davi, aparece. Para Leitte, o videoclipe mostra momentos bem íntimos: "Divido com o público o que qualquer ser humano pode ter em casa: paz de espírito. Divido o que tenho de mais valioso: minha família."[5][9]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Parada (2012) Melhor
posição
 Brasil (Billboard Brasil Hot 100)[6] 13
 Brasil (Billboard Brasil Hot Popular Songs)[7] 11
 Brasil (Billboard Brasil Regional Campinas Hot Songs)[7] 1
 Brasil (Billboard Brasil Regional Recife Hot Songs)[8] 1
 Brasil (Billboard Brasil Regional Ribeirão Preto Hot Songs)[8] 1
 Brasil (Billboard Brasil Regional Rio de Janeiro Hot Songs)[7][9] 1
 Brasil (Billboard Brasil Regional Salvador Hot Songs)[8] 1

Referências

  1. «Trilhos Fortes de Bruno Masi no Apple Music». Apple Music. Consultado em 28 de janeiro de 2018. 
  2. a b «Na véspera do dia das mães, Claudia Leitte posta vídeo em família». EGO. Consultado em 28 de janeiro de 2018. 
  3. «Trilhos Fortes». Claudia Leitte. Consultado em 28 de janeiro de 2018.. Cópia arquivada em 28 de abril de 2011 
  4. «Claudia Leitte faz alegria dos fãs no Rio de Janeiro». Quem. Consultado em 28 de janeiro de 2018. 
  5. a b «Carinho: Fãs fazem festa para Claudia Leitte em Copacabana». OFuxico. Consultado em 28 de janeiro de 2018. 
  6. a b "Brasil Hot 100 Airplay". Billboard Brasil (Brasil: BPP) (2): 84. Maio de 2012. ISSN 977-217605400-2
  7. a b c d «Billboard Brasil - Agosto de 2011». issuu. Consultado em 5 de janeiro de 2018. 
  8. a b c d «Nova música de Claudia Leitte já é a mais tocada em cinco cidades». Ofuxico. Consultado em 29 de dezembro de 2014. 
  9. a b c «Trilhos Fortes começa a semana como a música mais tocada no Rio de Janeiro». Claudia Leitte. Consultado em 28 de janeiro de 2018.. Cópia arquivada em 14 de maio de 2011