Esta é uma lista boa. Clique aqui para mais informações.

Troféu Joan Gamper

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Troféu Joan Gamper
Dados gerais
Organização Espanha Barcelona
Edições 52
Local de disputa Flag of Catalonia.svg Catalunha
Número de equipes 4 (1966–96)
2 (1997 – )
Sistema Jogo único
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Troféu Joan Gamper (em catalão: Trofeu Joan Gamper), também conhecido como Copa Joan Gamper, é um torneio internacional de futebol interclubes, de caráter amistoso, geralmente realizado em agosto, antes do início da temporada europeia.[1] A competição é organizada pelo FC Barcelona no estádio Camp Nou e é nomeada em homenagem a Joan Gamper, membro fundador, jogador e posteriormente presidente do clube. A competição foi inaugurada em 1966 por Enric Llaudet, um dos sucessores de Gamper como presidente do clube.[2] O troféu em si é de prata de 800 gramas (1,8 libras) com cinco micrômetros de acabamento em ouro, em cima de uma base de rodapé de mármore de 10 quilogramas (22 lb).[3]

Inicialmente, quatro equipes participaram da competição, que contou com duas semifinais, uma decisão de terceiro lugar e uma final. Na primeira edição da competição, em 1966, o Barcelona disputou juntamente ao RSC Anderlecht, da Bélgica, ao FC Nantes, da França, e ao FC Köln, da Alemanha. Na final, o Barcelona venceu a equipe alemã por 3-1 e sagrou-se campeão. O Köln posteriormente ganhou a competição em 1978 e 1981 e foi vice-campeão em 1979, fato que tornou-o a única equipe, além dos anfitriões, a vencer a competição mais de uma vez. A próxima edição protagonizou a primeira participação de outra equipe espanhola, o Atlético Madrid, que junto com os anfitriões, participaram ao lado do alemão Bayern de Munique e do argentino Boca Juniors, sendo que estes dois últimos clubes estão entre os convidados mais frequentes. O Bayern foi vice-campeão em 1984, 1987 e 2006, enquanto o Boca tornou-se o primeiro de vários convidados sul-americanos, e desde então retornou em 1977, 1984, 2003, 2008 e 2018. O único time não-europeu que ganhou o torneio foi o brasileiro Internacional, em 1982.

Competições seguintes incluíram equipes de renome da Serie A italiana e da Bundesliga da Alemanha. Outros clubes espanhóis de alto escalão também foram ocasionalmente convidados, incluindo Tenerife e Valencia, que foram vencedores em 1993 e 1994, respectivamente. Desde 1997, a competição foi reestruturada para um jogo único, visto que o torneio foi encurtado devido ao aumento do calendário de jogos da temporada do Barcelona.[1] Caso a partida esteja empatada após 90 minutos, não se joga a prorrogação e o vencedor é decidido em cobranças de pênalti.

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Lista de finais[editar | editar código-fonte]

A sigla (pr.) denota que o vencedor foi determinado na prorrogação (tempo-extra).
A sigla (p) denota que o vencedor foi determinado em uma cobrança de pênaltis.

Quatro clubes (1966–1996)[editar | editar código-fonte]

Ano Vencedor Placar Vice-campeão Terceiro lugar Placar Quarto lugar
1966 Espanha Barcelona 3–1 Alemanha Ocidental Köln Bélgica Anderlecht 7–0 França Nantes
1967 Espanha Barcelona 2–1 Espanha Atlético Madrid Argentina Boca Juniors 1–0 Alemanha Ocidental Bayern Munich
1968 Espanha Barcelona 5–4 Brasil Flamengo Espanha Athletic Bilbao 3–1 Alemanha Ocidental Werder Bremen
1969 Espanha Barcelona 2–1 Espanha Zaragoza Checoslováquia Slovan Bratislava 2–1 Argentina Estudiantes
1970 Hungria Újpest 3–1 União Soviética Dynamo Moscow Espanha Barcelona 1–0 Alemanha Ocidental Schalke 04
1971 Espanha Barcelona 1–0 Argentina Chacarita Juniors Hungria Budapest Honvéd 2–0 Alemanha Ocidental Bayern Munich
1972 Alemanha Ocidental Borussia Mönchengladbach 3–2 Bulgária CSKA Sofia Espanha Barcelona 0–0 (p) Brasil Vasco da Gama
1973 Espanha Barcelona 2–2 (p) Alemanha Ocidental Borussia Mönchengladbach Argentina San Lorenzo 1–1 (p) Peru Municipal
1974 Espanha Barcelona 4–1 Escócia Rangers Espanha Athletic Bilbao 1–0 Países Baixos Ajax
1975 Espanha Barcelona 2–1 Países Baixos Feyenoord Checoslováquia Spartak Trnava 1–1 (p) Hungria Újpest
1976 Espanha Barcelona 2–0 Alemanha Ocidental Eintracht Frankfurt Checoslováquia Sparta Praga 1–1 (p) União Soviética CSKA Moscow
1977 Espanha Barcelona 4–1 Alemanha Ocidental Schalke 04 Argentina Boca Juniors 2–1 Checoslováquia Slovan Bratislava
1978 Alemanha Ocidental Köln 5–0 Áustria Rapid Wien Espanha Barcelona 3–2 Brasil Botafogo
1979 Espanha Barcelona 3–2 (pr.) Alemanha Ocidental Köln Bélgica Anderlecht 2–2 (p) Suíça Zürich
1980 Espanha Barcelona 2–1 Brasil Vasco da Gama Argentina River Plate 0–0 (p) Países Baixos PSV Eindhoven
1981 Alemanha Ocidental Köln 4–0 Espanha Barcelona Brasil Vasco da Gama 2–1 Inglaterra Ipswich Town
1982 Brasil Internacional 3–1 Inglaterra Manchester City Espanha Barcelona 1–1 (p) Alemanha Ocidental Köln
1983 Espanha Barcelona 2–1 Alemanha Ocidental Borussia Dortmund Bélgica Anderlecht 4–2 Inglaterra Nottingham Forest
1984 Espanha Barcelona 3–1 Alemanha Ocidental Bayern Munich Argentina Boca Juniors 3–1 Inglaterra Aston Villa
1985 Espanha Barcelona 3–1 Alemanha Ocidental Hamburger SV Países Baixos Ajax 4–2 Áustria Rapid Wien
1986 Espanha Barcelona 1–0 Países Baixos PSV Eindhoven Inglaterra Tottenham Hotspur 2–1 Itália Milan
1987 Portugal Porto 2–0 Alemanha Ocidental Bayern Munich Espanha Barcelona 3–2 Países Baixos Ajax
1988 Espanha Barcelona 3–1 Roménia Steaua București Uruguai Peñarol 3–3 (p) Países Baixos PSV Eindhoven
1989 Bélgica Mechelen 2–0 França Sochaux Espanha Barcelona 1–0 Brasil Internacional
1990 Espanha Barcelona 3–1 Bélgica Anderlecht Países Baixos PSV Eindhoven 2–1 União Soviética Spartak Moscow
1991 Espanha Barcelona 3–0 França Marseille Brasil Internacional 2–0 Áustria Rapid Wien
1992 Espanha Barcelona 2–0 Países Baixos Feyenoord Bélgica Club Brugge 3–3 (p) Bulgária CSKA Sofia
1993 Espanha Tenerife 3–1 Espanha Barcelona França Bordeaux 2–0 Croácia Hajduk Split
1994 Espanha Valencia 4–1 Espanha Barcelona Países Baixos PSV Eindhoven 2–1 Itália Brescia
1995 Espanha Barcelona 5–1 Argentina San Lorenzo Países Baixos Feyenoord 3–2 Bulgária CSKA Sofia
1996 Espanha Barcelona 2–1 Itália Internazionale Bélgica Anderlecht 3–2 Argentina San Lorenzo

Dois clubes (1997–presente)[editar | editar código-fonte]

Ano Vencedor Placar Vice-campeão
1997 Espanha Barcelona 2–2 (p) Itália Sampdoria
1998 Espanha Barcelona 2–2 (p) Brasil Santos
1999 Espanha Barcelona 2–1 Portugal Sporting CP
2000 Espanha Barcelona 2–1 Países Baixos PSV Eindhoven
2001 Espanha Barcelona 3–2 Itália Parma
2002 Espanha Barcelona 1–0 Sérvia e Montenegro Red Star Belgrade
2003 Espanha Barcelona 1–1 (p) Argentina Boca Juniors
2004 Espanha Barcelona 2–1 Itália Milan
2005 Itália Juventus 2–2 (p) Espanha Barcelona
2006 Espanha Barcelona 4–0 Alemanha Bayern Munich
2007 Espanha Barcelona 5–0 Itália Internazionale
2008 Espanha Barcelona 2–1 Argentina Boca Juniors
2009 Inglaterra Manchester City 1–0 Espanha Barcelona
2010 Espanha Barcelona 1–1 (p) Itália Milan
2011 Espanha Barcelona 5–0 Itália Napoli
2012 Itália Sampdoria 1–0 Espanha Barcelona
2013 Espanha Barcelona 8–0 Brasil Santos
2014 Espanha Barcelona 6–0 México León
2015 Espanha Barcelona 3–0 Itália Roma
2016 Espanha Barcelona 3–2 Itália Sampdoria
2017 Espanha Barcelona 5–0 Brasil Chapecoense
2018 Espanha Barcelona 3–0 Argentina Boca Juniors

Títulos por clube[editar | editar código-fonte]

Clube Títulos
Espanha Barcelona 40
Alemanha Köln 2
Hungria Újpest 1
Alemanha Borussia Mönchengladbach
Brasil Internacional
Portugal Porto
Bélgica Mechelen
Espanha Tenerife
Espanha Valencia
Itália Juventus
Inglaterra Manchester City
Itália Sampdoria

Participações por clube[editar | editar código-fonte]

Conforme descrito anteriormente, o Barcelona é o organizador do evento e por isso participou de todas as 52 edições do torneio. O clube com mais participações, a seguir, é o holandês PSV Eindhoven, com seis, seguido por quatro clubes com cinco: Boca Juniors, da Argentina; Anderlecht, da Bélgica; e Bayern de Munique e Köln, da Alemanha. Nove clubes participaram de três edições; oito clubes participaram de duas; e 45 foram as equipes a participarem por uma única oportunidade.

Prêmios e recordes[editar | editar código-fonte]

Lionel Messi é o maior artilheiro da história do Troféu Joan Gamper.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Jogador Mais Valioso

Recordes[editar | editar código-fonte]

Jogadores com mais gols
Posição Jogador Clube Gols
1 Argentina Lionel Messi Espanha Barcelona 8
2
Espanha Juan Manuel Asensi 7
Espanha Txiki Begiristain
Bulgária Hristo Stoichkov
3 Espanha Josep Maria Fusté 6
Espanha Marcial Pina
Artilharia consecutiva
  • Lionel Messi é o único jogador na história do Troféu Joan Gamper a marcar gols em seis edições consecutivas (2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018).[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Geral
Específicas


  1. a b Lozano Ferrer, Carles et al
  2. «Enric Llaudet». FC Barcelona. Consultado em 16 de agosto de 2010. 
  3. Miguel, J.; Giménez, S. (16 de agosto de 2008). «La gran fiesta culé». SPORT.es (em espanhol). Grupo Zeta. Consultado em 11 de agosto de 2010. 
  4. «Messi, MVP del Joan Gamper». MARCA.com (em espanhol). 3 de agosto de 2013. Consultado em 16 de setembro de 2015. 
  5. «Messi sí quiere». SPORT.es (em espanhol). Grupo Zeta. 18 de agosto de 2014. Consultado em 16 de setembro de 2015. 
  6. «FC Barcelona v UC Sampdoria: Gamp-iones! (3-2) | FC Barcelona». www.fcbarcelona.com. Consultado em 10 de agosto de 2016. 
  7. «Leo Messi, MVP and top scorer in the Gamper | FC Barcelona». www.fcbarcelona.com. Consultado em 11 de agosto de 2016. 
  8. «BY THE NUMBERS: Leo Messi becomes top scorer in the Joan Gamper Trophy». FC Barcelona. Consultado em 16 de janeiro de 2018.