Troféu Promessas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Troféu Promessas
Logotipo do Troféu Promessas.
Local Rio de Janeiro,RJ
 Brasil
País  Brasil
Primeira cerimónia 2011
Última cerimónia 2013
Detentor Rede Globo
Sítio oficial

O Troféu Promessas foi uma premiação realizada pela Geo Eventos com o apoio da Rede Globo entre 2011 e 2013 para premiar os melhores artistas da música cristã contemporânea brasileira. Com o fim do Troféu Talento em 2009, a premiação se tornou, logo em seu início, como a maior premiação da música evangélica, com indicações de cantores de grandes gravadoras do nicho, como a MK Music, Graça Music, Sony Music, Som Livre e Line Records.[1]

A premiação, durante os anos de existência, fomentou várias polêmicas e críticas da mídia especializada, sobretudo no ano de 2012, quando o vocalista do Resgate, Zé Bruno, criticou publicamente o prêmio, além de outros artistas, como Marina de Oliveira. Em 2013, a cerimônia de entrega dos prêmios foi cancelada e os vencedores foram divulgados pelo portal da premiação.[2]

História[editar | editar código-fonte]

2011[editar | editar código-fonte]

No dia 9 de agosto, no Rio de Janeiro, foram selecionados os vinte candidatos pelo comitê organizador. A escolha era de trabalhos lançados em 2010 e 2011. As votações pela Internet e SMS só iniciaram no dia 16[1]. Foram anunciadas nove categorias[3]. Segundo a crítica, a grande falha da organização foi na categoria melhor grupo, em que colocaram duplas como Cassiane e Jairinho com bandas de rap como Ao Cubo, bandas de rock como Oficina G3 com bandas de louvor e adoração como Trazendo a Arca e Livres para Adorar. Outra crítica foi os álbuns Emanuel, de Nívea Soares e Ainda não É o Último, da banda Resgate ficarem de fora da categoria melhor CD.[1]

O DVD Uma Nova História, de Fernandinho, foi desclassificado da competição,[4] após ser detectado que o mesmo havia sido lançado antes do período válido para a competição, segundo o regulamento do projeto. Entretanto, a canção "Uma nova história" continuou concorrendo, mesmo tendo sido lançada em 2009. A segunda fase iniciou no dia 06 de novembro com uma mudança. O regulamento dizia que nela haveria somente três finalistas, mas a organização voltou atrás e divulgou cinco.[5] As votações foram encerradas no dia 22 de novembro. Também foi anunciada que a data de cerimônia seria no dia 29 de novembro e seria realizada somente para convidados.[6]

No dia 29 de novembro de 2011 foi realizado o evento. A abertura foi feita por Silas Malafaia, e a apresentado pelo ator Eriberto Leão e Alex Passos. Participaram da cerimônia músicos e personalidades como Bruna Karla, Zé Bruno, Hamilton Gomes, Cristina Mel, Leonardo Gonçalves, Damares, Duca Tambasco, Jefferson, Thalles Roberto, Ana Paula Valadão, Jean Carllos, Aline Barros, André Valadão, Marcus Salles e outros. Asaph Borba foi o homenageado do ano.[7][8]

Vencedores[editar | editar código-fonte]

2011[7][editar | editar código-fonte]

2012[9][editar | editar código-fonte]

2013[editar | editar código-fonte]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Banimento do Resgate[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2012, Zé Bruno, vocalista da banda de rock Resgate, publicou um texto nas redes sociais do grupo de título "Quero ganhar o Troféu Promessas", ironizando o fato de traduções concorrerem o prêmio de "Melhor canção", além das campanhas de votos realizadas por artistas concorrentes. "Amigos cantores e artistas, não se ofendam com o humor ácido das palavras de um pobre maluco como eu que faz de conta que é pensador. Se fiz mal, é fácil resolver o problema… afinal, depois de tanto “faz de conta”, basta fazer de conta que eu nunca escrevi nada, e tá tudo certo."[10][11] Após a lista de vencedores darem vitória a "Me Ama", versão de "How He Loves", a cantora Marina de Oliveira ironizou a premiação, rindo do fato de uma tradução vencer um prêmio nacional.[12]

Na premiação seguinte, ocorrida em 2013, Zé Bruno, assim como o diretor do selo gospel da Sony Music Brasil, Maurício Soares foi considerado persona non grata pelo comitê do troféu, excluindo o Resgate de concorrer as categorias de "Melhor banda" e "Melhor CD de rock" com Este Lado para Cima.[13]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Ramos, Rafael (11 de setembro de 2011). «Confira as categorias e os indicados ao Troféu Promessas». Super Gospel. Consultado em 26 de novembro de 2011 
  2. «TOP 10 - Polêmicas gospel de 2013». O Propagador. Consultado em 7 de julho de 2015 
  3. Portal Diante do Trono. «Troféu Promessas divulga lista de indicados e dá início a votação popular via SMS e web». Consultado em 26 de novembro de 2011 
  4. Portal Diante do Trono. «DVD "Uma Nova História" foi desclassificado do Troféu Promessas». Consultado em 25 de janeiro de 2012 
  5. Shalaia Marques. «Troféu Promessas: iniciada a segunda fase de votação». Super Gospel. Consultado em 26 de novembro de 2011 
  6. Super Gospel (25 de novembro de 2011). «Noite de premiação do Troféu Promessas 2011 acontece no dia 29 de dezembro». Consultado em 26 de novembro de 2011 
  7. a b G1 (30 de novembro de 2011). «Troféu Promessas premia destaques da música gospel nacional». Consultado em 30 de novembro de 2011 
  8. Gospel+. «Vencedores do Troféu Promessas 2011 - #trofeupromessas». Consultado em 30 de novembro de 2011 
  9. Leiliane Lopes (6 de dezembro de 2012). «Confira os vencedores do Troféu Promessas 2012». Consultado em 6 de dezembro de 2012 
  10. Lopes, Leiliane (28 de setembro de 2012). «Zé Bruno ironiza Troféu Promessas». Gospel Prime. Consultado em 7 de março de 2015 
  11. Andrade, Danilo (27 de setembro de 2012). «Zé Bruno, do Resgate critica Troféu Promessas e irrita fãs do Diante do Trono». O Propagador. Consultado em 7 de março de 2015 
  12. «Concordando com Zé Bruno, do Resgate, Marina de Oliveira ri de vitória de Diante do Trono no Troféu Promessas». O Propagador. Consultado em 7 de julho de 2015 
  13. «Confira as categorias e indicados ao Troféu Promessas 2013». Super Gospel. Consultado em 7 de março de 2015 
  14. «Entrevista exclusiva - Resgate». Ruben Mukama. Consultado em 7 de julho de 2015