Tubarão-cobra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaTubarão-cobra
Chlamydoselachus anguineus2.jpg
Chlamydoselachus anguineus head.jpg
Estado de conservação
Quase ameaçada
Quase ameaçada
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Chondrichthyes
Subclasse: Elasmobranchii
Superordem: Selachimorpha
Ordem: Hexanchiformes
Família: Chlamydoselachidae
Género: Chlamydoselachus
Espécie: C. anguineus
Nome binomial
Chlamydoselachus anguineus
(Garman, 1884)

O tubarão-cobra (Chlamydoselachus anguineus) ou tubarão-enguia é uma espécie da família Chlamydoselachidae.

Esta espécie, que era considerada extinta, tem cerca de dois metros de comprimento e habita águas em profundidades que vão desde 600 a 11000 metros. Tem uma importância econômica reduzida (pesca).[1]

O tubarão-cobra é uma das criaturas mais antigas já encontradas vivas nos dias de hoje. Já foram encontrados fósseis deste animal com cerca de 80 milhões de anos.

Avistamentos[editar | editar código-fonte]

Um exemplar fêmea foi filmado em 24 de janeiro de 2007 numa rara aparição em águas pouco profundas do litoral do Japão, próximo à cidade de Shizuoka. No entanto, o espécime se encontrava em péssimo estado físico e morreu horas após ser coletado.[2]

Em 21 de janeiro de 2015 um exemplar foi capturado por um pescador nas águas de Victória, Austrália.[3]

Em agosto de 2017, um grupo de cientistas capturou acidentalmente um espécie deste tubarão medindo 1,5 metros,perto de Portimão, Portugal. o macho estava numa profundidade de mais de 700 metros.[4][5] Em 14 de novembro do mesmo ano foi anunciado que o mesmo grupo capturou na mesma região um outro espécie deste tubarão.[6]

Outras designações da espécie[editar | editar código-fonte]

Sinónimos da espécie[editar | editar código-fonte]

  • Didymodus anguineus
  • Chlamydoselache anguinea

Espécies extintas[editar | editar código-fonte]

Tubarão-cobra coletado no Japão

Chlamydoselachidae é uma família de tubarões que contém apenas o tubarão-cobra como espécie não-extinta.

Referências[editar | editar código-fonte]

Uma foto a partir de um vídeo do tubarão-cobra
  1. Chlamydoselachus anguineus - Species Summary
  2. Tubarão raro é filmado por parque marítimo japonês - UOL Notícias
  3. Fernando Moreira (22 de janeiro de 2015). «Tubarão 'pré-histórico' é capturado em águas australianas». Consultado em 22 de janeiro de 2015. 
  4. «Mystery shark caught off Portugal belongs to 80mn year old species». RT International (em inglês). 10 de novembro de 2017. Consultado em 10 de novembro de 2017. 
  5. «'Living fossil' netted off Portugal». BBC News (em inglês). 9 de novembro de 2017. Consultado em 10 de novembro de 2017. 
  6. «Tubarão-cobra capturado no Algarve». SIC. 14 de novembro de 2017. Consultado em 19 de novembro de 2017. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]