Tufão Hagibis (2019)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tufão Hagibis
Categoria 5 (EFSS)
O supertufão Hagibis em seu pico máximo de intensidade a 8 de outubro de 2019
Formação 4 de outubro de 2019
Dissipação 20 de outubro de 2019
Vento mais forte (1 min) 160 nós (296 km/h, 184 mph)
Vento mais forte (10 min) 120 nós (222 km/h, 138 mph)
Pressão mais baixa 915 hPa (mbar) ou 686 mmHg
Danos Desconhecido
Fatalidades 70 totais[1]
Áreas afetadas Guam, Ilhas Marianas, Japão, Tokio
Parte da
temporada de tufões no Pacífico de 2019

O tufão Hagibis ou supertufão Hagibis (designação internacional: 1919, designação do Centro Conjunto de Avisos de Tufão: 20W) foi um poderoso ciclone tropical de categoria 5 equivalente a um supertufão que tocou terra na região de Kantō de Japão e o segundo ciclone tropical mais intenso no mundo de 2019. Hagibis foi a decimonovena tempestade nomeada, o nono tufão e o terceiro súper tufão da ligeiramente activa temporada de tufões no Pacífico de 2019. As origens de Hagibis formou-se a partir de uma perturbação tropical a 2 de outubro, localizada ao norte das Ilhas Marshall. Ao dia seguinte, o Centro Conjunto de Avisos de Tufão (JTWC) emitiu uma Alerta de Formação de Ciclone Tropical. A 4 de outubro, tanto o Centro Conjunto de Avisos de Tufão como a Agência Meteorológica do Japão começaram a emitir avisos sobre a depressão tropical alocada como 20W.

História meteorológica[editar | editar código-fonte]

Mapa que traça a trajectória e a intensidade da tempestade, de acordo com a escala de furacões de Saffir-Simpson

As origens de Hagibis se formou a partir de uma perturbação tropical a 2 de outubro, localizada ao norte das Ilhas Marshall. Ao dia seguinte, o Centro Conjunto de Avisos de Tufão (JTWC) emitiu uma Alerta de Formação de Ciclone Tropical. A 4 de outubro, tanto o Centro Conjunto de Avisos de Tufão como a Agência Meteorológica do Japão começaram a emitir avisos sobre a depressão tropical alocada como 20W. A 5 de outubro, a depressão intensificou-se rapidamente numa tempestade tropical, e a JMA deu-lhe o nome de "Hagibis". As temperaturas da superfície do mar e o baixo cisalhamento do vento permitiram que Hagibis se fortalecesse ainda mais, e a 6 de outubro, Hagibis se converteu numa tempestade tropical severa.

Typhoon Hagibis chart 2019-10-13 0600.png

A 7 de outubro, enquanto continuava movendo para o oeste, Hagibis intensificou-se explosivamente e converteu-se num súper tufão em só umas poucas horas, desenvolvendo um olho de alfiler. À medida que acercava-se às áreas deshabitadas das Ilhas Marianas, uma forte atividade convectiva como resultado de condições extremamente favoráveis viu a Hagibis se converter num súper tufão equivalente à categoria 5 muito poderoso na escala de furacões de Saffir-Simpson, com velocidades de vento sustentadas de um minuto de duração. 260 km/h (160 mph). O Serviço Meteorológico Nacional também começou a emitir avisos para suas áreas de responsabilidade, com um aviso de tufão emitido para Garapan e Tinian, e avisos de tempestade tropical emitidos para Sinapalo e Hagåtña. Hagibis passou sobre as Ilhas Marianas às 15:30 UTC de 7 de outubro a uma intensidade máxima, com ventos sustentados de 10 minutos de 195 km/h (120 mph) e uma pressão central de 915 hPa (27.02 inHg). Após passar as Ilhas Marianas, Hagibis começou um ciclo de substituição da parede do olho, o que provocou que terminasse a fase de intensificação rápida. À medida que a parede do olho principal começou a erosionar-se, o Centro Conjunto de Avisos de Tufão degradou ligeiramente o sistema a um sistema de categoria 4 de alta faixa às 00:00 UTC de 8 de outubro. Várias horas depois, Hagibis intensificou-se num sistema equivalente de categoria 5 ao completar o ciclo de substituição da parede do olho. Hagibis começou a debilitar-se a 10 de outubro.

Intensificação[editar | editar código-fonte]

Preparações[editar | editar código-fonte]

Guam[editar | editar código-fonte]

Ilhas Marianas[editar | editar código-fonte]

Japão[editar | editar código-fonte]

Copa Mundial de Rugby de 2019[editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio do Japão de 2019[editar | editar código-fonte]

A terceira sessão de treinamentos livres e a classificação foram suspendidas devido à ameaça do tufão Hagibis.[2] A classificação foi programada para disputar-se no domingo às 10:00 hora local (UTC +9).[3]

Impacto[editar | editar código-fonte]

Guam e Ilhas Marianas[editar | editar código-fonte]

As ilhas Marianas foram vistos pelo tufão Hagibis. O governador interino Arnold Palácios começou a dar sinais "claros" baseadas em informação do Serviço Meteorológico Nacional e o Centro de Operações de Emergência de CNMI. As comunidades têm estado limpando escombros e todos os centros de evacuação agora estão fechados. A maioria dos serviços públicos têm sido restaurados e as empresas têm estado reabrindo.[4]

Japão[editar | editar código-fonte]

O tufão Hagibis deixou pelo menos 70 mortos no Japão e muitas pessoas desaparecidas.[1] Cerca de 176 rios transbordaram, principalmente no norte e no leste do país. Já na região de Nagano, um dique desmoronou descarregando as águas do rio Chikuma em uma área residencial.[1]

Repercussões[editar | editar código-fonte]

Reacções internacionais[editar | editar código-fonte]

Recordes[editar | editar código-fonte]

Nomes retirados[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Tufão Hagibis – Tufão em novembro de 2007 próximo do Japão.
  • Tufão Francisco (2013) – Tufão em outubro de 2013 com uma trajectória similar próximo do Japão.
  • Tufão Jebi (2018) – Tufão em setembro de 2018 com uma similar trajectória, tocou terra no Japão deixando prejuízos devastadores depois da sua passagem.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «Tufão Hagibis deixa ao menos 70 mortos no Japão». Exame. 15 de outubro de 2019. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  2. «O tufão Hagibis obrigou à Fórmula 1 a tomar uma contundente decisão sobre o Grande Prêmio do Japão». Infobae. 11 de outubro de 2019. Consultado em 11 de outubro de 2019 
  3. Martínez, Sergio (11 de outubro de 2019). «Oficial: O F1 cancela a atividade do sábado; conhece os novos horários». Car and Driver. Consultado em 11 de outubro de 2019 
  4. «Hagibis finally exits». Saipan News, Headlines, Events, Ads | Saipan Tribune (em inglês). 9 de outubro de 2019. Consultado em 12 de outubro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tufão Hagibis (2019)
Temporada de tufões no Pacífico de 2019
P A W C S E M D G N W F L K O
B P F K L
M P O T O M O H
Escala de Saffir-Simpson
DT TT STS TY STY