Tufão Lekima (2019)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros ciclones tropicais chamados Lekima, veja Tufão Lekima.
Tufão Lekima
Categoria 4 (EFSS)
Tufão Lekima no pico de intensidade em 8 de agosto
Formação 2 de agosto de 2019
Dissipação 14 de agosto de 2019
Vento mais forte (1 min) 129.5 nós (240 km/h, 149 mph)
Vento mais forte (10 min) 105.5 nós (195 km/h, 121 mph)
Pressão mais baixa 920 hPa (mbar) ou 690 mmHg
Danos US$ 3.47 bilhões (2019 USD)
Fatalidades 80
Áreas afetadas Ilhas Carolinas, Filipinas, Taiwan, Ilhas Ryūkyū, leste da China, Malásia
Typhoon Lekima 2019-08-12 0600.png

O tufão Lekima, conhecido nas Filipinas como tufão Hanna, é um ciclone tropical ativo que causou danos generalizados, principalmente, nas Filipinas, nas ilhas Ryūkyū, em Taiwan e no leste da China. O sistema originou-se de uma depressão tropical que se formou a leste das Filipinas em 30 de julho. Ele se organizou gradualmente, tornou-se uma tempestade tropical e recebeu o nome Lekima em 4 de agosto. Lekima intensificou-se sob condições ambientais favoráveis e alcançou o tufão máximo equivalente à categoria 4. No entanto, um ciclo de substituição da parede do olho causou o enfraquecimento do tufão antes que este atingisse a costa em Zhejiang no final de 9 de agosto, como um tufão equivalente à categoria 2.[1] Lekima enfraqueceu subsequentemente enquanto se deslocava pelo leste da China e fez sua segunda passagem em Shandong em 11 de agosto.[2]

O precursor do Lekima reforçou a monção do sudoeste das Filipinas, trazendo fortes chuvas para o país. As chuvas afundaram três barcos e, consequentemente, 31 pessoas morreram neste acidente.[3] Lekima causou danos catastróficos na China, onde matou 48 pessoas e deixou mais de US$ 3.4 bilhões de danos. O sistema também causou danos menores nas ilhas Ryūkyū e em Taiwan.[4][5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. 唐弢 (10 de agosto de 2019). 超强台风“利奇马”登陆浙江温岭 浙江转移70余万人. Xinhua News (em chinês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  2. Ye, Jing (叶婧); Zhang, Wuyue (张武岳) (11 de agosto de 2019). 台风“利奇马”在山东青岛再次登陆 山东26座水库超汛限水位. Xinhua News (em chinês). Consultado em 14 de agosto de 2019 
  3. Macairan, Evelyn (5 de agosto de 2019). «Death toll in Iloilo sea tragedy hits 31». The Philippine Star (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
  4. Typhoon Lekima leaves 49 dead, 21 missing in China. Relief Web (Relatório) (em inglês). Xinhua. 12 de agosto de 2019. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  5. PTI (12 de agosto de 2019). «Typhoon Lekima: 45 dead, one million displaced in China». The Week (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre ciclones tropicais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.