Turismo em Moçambique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2014)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Moçambique tem no turismo um grande potencial para o crescimento do seu produto interno bruto (PIB]), apesar da sua contribuição actual se situar apenas nos 5,6%.[1]

As praias com águas limpas são apropriadas para a prática de turismo, principalmente as que se encontram muito distantes de centros urbanos, como as da província de Cabo Delgado, com destaque para as ilhas Quirimbas, e da província de Inhambane, com destaque para o Arquipélago de Bazaruto.

O país tem ainda vários parques nacionais, com destaque para o Parque Nacional da Gorongosa, com as suas infrastruturas reabilitadas e repovoado em certas espécies de animais que já estavam desaparecendo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Turismo gera 15 mil empregos». Sociedade do Notícias S/A. 16 de Maio de 2014. Consultado em 17 de Fevereiro de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Moçambique é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Bandeira de Moçambique Moçambique
Bandeira • Brasão • Hino • Cultura • Demografia • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Turismo • Imagens