Turma da Pata Lee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Turma da Pata Lee
Personagem fictícia de Quadrinhos Disney
Turmadapatalee.jpg
acima: Parceiro e Olímpia
embaixo:Netúnia, Folião e Pata Lee
Primeira aparição "A Fonte De Renda" em O Pato Donald #1759(1986)

A Turma da Pata Lee ou Os Adolescentes[1] é um grupo de personagens das histórias em quadrinhos Disney.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Pata Lee: Uma hippie sempre de bem com vida. Sua primeira aparição foi em "Arriva Paperetta Yè-Yè", de 1966. Criada por Romano Scarpa, é neta de Dora Cintilante[2], ex-namorada do Tio Patinhas, criada pelo americano Carl Barks[3]. Quando começou a ser publicada no país nos anos 70, era chamada de Pata Ié-Ié, mas com o surgimento da série, passou a ser conhecida como Pata Lee, em homenagem a cantora Rita Lee[1].
  • Folião: criado como uma ave brasileira chamada Aracuã, nome pelo qual era chamado em sua primeira aparição no longa animado da Disney Você já foi à Bahia?, também aparece em Melody Time com o Pato Donald e Zé Carioca na canção "Blame it on the Samba"[4]. Mudou de nome ao ser inserido na Turma. Extremamente atrapalhado, vive se metendo em confusão.
  • Parceiro: é um pelicano, o bonitão da turma, mas que nunca arruma namorada pois ninguém cai na sua conversa. Sua primeira aparição foi "A Fonta de renda", de 1986. Criado por Luiz Podavin. As personagens Netúnia e Olímpia também aparecerem pela primeira vez nesta história.
  • Netúnia: é a menina precoce do grupo, sempre sabendo de tudo sobre astrologia, ufologia, mas ninguém lhe dá ouvidos.
  • Olímpia: viciada em esportes

Os três últimos personagens foram criados no Brasil pelo Estúdio Disney da Editora Abril.

Publicação[editar | editar código-fonte]

A primeira história do grupo foi ""A Fonte De Renda" publicada em em O Pato Donald #1759, escrita por Arthur Faria Jr. e desenhada por Luiz Podavin[5], o grupo teve história publicada em mixes de outros personagens, mas nunca teve uma revista própria, porém, a edição #182 da revista Edição Extra (1988)foi intitulada "Os Adolescentes", contendo 84 páginas e 9 histórias[6], a última história publicada foi "Como Nos Velhos Tempos", desenhada por Paulo Borges e publicada em Zé Carioca #2138 (1999)[7]. A série não costumava ter a presença de outros personagens da Disney[8], exceto pelo Prefeito Leitão, prefeito de Patópolis, presente em duas histórias[9].

A série foi publicada na Itália como "Gli Adolescenti", porém, não deram continuidade as histórias brasileiras, a Pata Lee tem aparecido em histórias sem a Turma[10], nessas histórias, é retratada como uma adulta, tornando-se uma repórter do jornal A Patada do Tio Patinhas[2].

Referências

  1. a b «Abrindo o Bico». São Paulo: Abril Jovem. O Pato Donald (2318). 19 páginas. Maio 2005. 0304-2092 
  2. a b «Paperetta Yè-Yè». Topolino 
  3. Roberto Elísio dos Santos (7 de Abril de 2004). «A Saga de Tio Patinhas continua». Omelete 
  4. Jerry Beck (2005). The Animated Movie Guide. [S.l.]: Chicago Review Press. pp. 165 e 1966. ISBN 9781569762226 
  5. «A Fonte De Renda». Inducks 
  6. «Edição Extra No. 182 - Os Adolescentes». Inducks 
  7. «Como Nos Velhos Tempos». Inducks 
  8. «A Turma da Pata Lee». Inducks 
  9. «Aparições do Prefeito Leitão na Turma da Pata Lee». Inducks 
  10. «Publicações de histórias com a Pata Lee na Itália». Inducks 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]