Turma do Astronauta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Turma do Astronauta
Astronauta.gif
Astronauta
País de origem Brasil
Língua de origem Português
Primeira publicação tira de jornal do Diário de São Paulo, 1963
Género(s) humor, aventura, ficção científica
Autor Mauricio de Sousa
Personagens principais Astronauta
Local da acção Espaço sideral
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

A Turma do Astronauta é uma série de histórias em quadrinhos ambientada no espaço sideral, criada pelo cartunista Mauricio de Sousa e publicada pela primeira vez em uma tira no jornal Diário de São Paulo em 1963[1] .

História e personagens[editar | editar código-fonte]

  • Astronauta-( 1963 ) Astronauta brasileiro que viaja pelo universo em sua nave espacial esférica, assim como seu traje. O órgão para o qual o Astronauta trabalha chama-se Brasa - Brasileiros Astronautas. O personagem é um aventureiro e adora conhecer novos planetas, mas sofre muito com a solidão, e vive sonhando com sua família e amigos. De vez em quando ele faz algumas visitas ao nosso planeta, mas nunca se satisfaz por completo pois quem ele realmente queria ver era a Ritinha[2] , a sua única companhia nas viagens é o seu computador.
  • Ritinha (1975)- Antiga namorada de Astronauta. Um dia, ela se cansou de esperar Astronauta voltar de suas longas viagens e se casou com Bonifácio (ver abaixo). É pouco freqüente nas histórias. Alguns rumores dizem que ela não é a verdadeira Ritinha, mas sim uma espiã alienígena que desistiu de invadir a Terra e que a verdadeira se encontra prisioneira de sua raça.
  • Bonifácio- Marido da Ritinha.
  • Computador- É o computador de bordo da nave do Astronauta, que algumas vezes se locomove como um robô. É ele que dialoga com o personagem principal no vazio do espaço. Originalmente era um malvado programa de computador com vontade própria que ansiava dominar o universo, porém, graças a um vírus de computador, seus programas de conquista e maldade foram apagados e ele ficou bonzinho.
  • Natalina- Mãe do Astronauta, costuma fazer muitos quitutes quando seu filho vai visitá-la.
  • Astrogildo- O pai fazendeiro do Astronauta, que também adora as visitas do filho.
  • Ditão ( 1963 ) - Amigo do Astronauta, que vive próximo da casa de seus pais.
  • Robocel-É uma espécie de robô.

Vilões[editar | editar código-fonte]

  • Gangue do Bronk- gangue de malfeitores espaciais que aparecem, vez ou outra, nas histórias. Um grande passatempo de Bronk, o líder da gangue, é chutar o Astronauta como se ele fosse uma bola de futebol.
  • Cabeleira Negra - Lider dos piratas espaciais, fez sua estréia no longa animado Uma Aventura no Tempo[3] .

Histórico[editar | editar código-fonte]

Mauricio de Sousa criou a Turma do Astronauta em 1963 para ser publicada como tira do jornal Diário de São Paulo, dois anos após cosmonauta russo Yuri Gagarin ter se tornado o primeiro homem a fazer uma viagem espacial[4] .

Mauricio de Sousa cita as tiras de aventura e ficção científica, Flash Gordon de Alex Raymond como uma de suas influências[5] . Ainda nos anos 60 ganhou um livro pela Editora FTD, "O Astronauta no Planeta dos Homens Sorvetes"[6] .

Além das tiras de jornal o personagem tem histórias publicadas em revistas da Turma da Mônica (a série mais famosa do cartunista, iniciada em 1959 com a publicação das tiras do cãozinho Bidu, ao contrário da Tina, Astronauta não teve título próprio com histórias inéditas[7] , entretanto teve almanaques de republicações nas editoras Globo[7] e Panini[8] .

Os arte-finalistas utilizam nanquim e bico de pena e as cores branco, preto e cinza para compor o fundo das histórias do Astronauta, que geralmente se passam no espaço sideral. Um deles, Sérgio Graciano, afirma que pesquisa revistas científicas para retratar o local da maneira mais fiel possível.[9]

Em 2001 foi publicado pela Editora Globo o Manual do Espaço do Astronauta contendo 240 páginas[10] . Em 2009, ganhou um livro da coleção "Oi, Eu Sou" da Editora Cedic[11] e Astronauta - O Bichinho Comilão pela Editora Melhoramentos[10] .

O Astronauta fez uma participação especial em Turma da Mônica Jovem #3 em Outubro de 2008[12] , o personagem voltou a aparecer em Turma da Mônica Jovem #6, primeira edição do arco de história O brilho de um pulsar[13] , em Turma da Mônica Jovem, o astronauta aparece mais velho e atende pelo nome de Comandante Astronauta, no comando do Cruzador Espacial Hoshi, além do fiel amigo Computador, conta com a colaboração da Tenente Xabéu e do Alferes Zé Luís.

Em 2009, o personagem teve 7 histórias do primeiro álbum da trilogia Mauricio de Sousa por 50 artistas[14] , idealizado pelo editor e jornalista Sidney Gusman, em homenagem aos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa, numa das histórias do primeiro álbum, o MSP 50, Jean Okada, cria a história do primeiro voo espacial do Astronauta e para isso fez uma versão mais verossímil do traje espacial do herói[15] , em outra desenhada pelo quadrinista Flávio Luiz, o personagem faz uma viagem no tempo e encontra o pré-histórico Piteco[16] [17] .

Em 2010 foi lançado o segundo álbum, o MSP+50, nesse álbum uma das histórias do Astronauta foi escrita por Gian Danton e ilustrada por JJ Marreiro[18] .

Para o character design do Astronauta, Marreiro se inspirou em artistas dos comics como Curt Swan (conhecido pelos trabalhos em Superman)[19] e Alex Toth (conhecido pelo trabalhos em séries de animação como Space Ghost, Space Angel e Galaxy Trio)[20] [21] . Danton e Marreiro também se inspiraram em franquias de ficção científica como Perry Rhodan (série que chegou a ter uma fanfic escrita por Gian Danton)[22] , Star Trek, Flash Gordon, Space Ghost, as revista em quadrinhos Planet Comics e Strange Worlds, entre outros[23] . Gian Danton já trabalhou com ambos os artistas, com Jean Okada fez a webcomic de ficção científica Exploradores do Desconhecido[24] e roteirizou uma história da Mulher Estupenda, super-heróina criada por JJ Marreiro em homenagem a Era de Ouro dos Quadrinhos[25] [26]

Em 2011, foi lançado o último álbum MSP Novos 50, nesse álbum o Astronauta protagoniza 5 histórias e participa outras como coadjuvante[27] , uma dessas histórias foi escrita e desenhada por Aluir Amâncio[14] , Aluir iniciou a carreira aos 12 anos de idade desenhando as tiras da Turma da Mônica para o jornal Folha de S.Paulo, é apontado como um dos responsáveis pela reformulação da Tina e do character designer da própria da Turma da Mônica[28] . Aluir também desenhou histórias do Superman, baseados na série de desenho animado Superman: The Animated Series, onde precisou seguir o estilo estabelecido por Bruce Timm (com quem trabalhou na produção das séries de animação da Warner Bros)[28] . Uma outra história contida no livro foi produzida pelo quadrinista paraibano Shiko, que reside na Itália[29] .

Em Novembro do mesmo ano, durante o Festival Internacional de Quadrinhos realizado em Belo Horizonte, Sidney Gusman anunciou quem em 2012, seria lançada linha "Graphic MSP", uma série de graphic novels, diferente dos álbuns da série MSP 50, as graphic trariam histórias fechadas contendo 72 páginas, o quadrinista Danilo Beyruth foi escolhido para criar uma história para o Astronauta, em 2009, Beyruth já havia escrito e desenhado personagens de Mauricio de Sousa, no álbum MSP+50 produziu uma história da Turma do Penadinho, Shiko também seria convidado para o projeto, sendo escalado para criar uma graphic novel do Piteco[29] .


Em agosto de 2012, foi lançado o álbum Ouro da Casa, com histórias produzidas por autores que trabalham na Mauricio de Sousa Produções, sem que usassem o model sheet nas publicações tradicionais, Astronauta participa de cinco histórias, uma delas produzidas por Gérson Teixeira.[30] em outubro, o álbum "Astronauta - Magnetar", escrito por Beyruth e colorizado por Cris Peter, apresenta o herói como um "náufrago espacial"[31] , o álbum ainda conta um texto do navegador brasileiro Amyr Klink[32] , Beyruth admite ter se inspirado nos relatos de Klink, em filmes de ficção científica como Alien - O Oitavo Passageiro e 2001- Uma Odisseia no Espaço[33] e autores como Isaac Asimov e Frank Herbert, Beyruth contou com consultoria científica do astrofísico Eduardo Cypriano. [34] . No início de 2013, o álbum venceu o 29º Prêmio Angelo Agostini na categoria lançamento e Danilo Beyruth na categoria desenhista[35] . Em Agosto de 2014, a MSP anuncia a sequencia:Astronauta – Singularidade[36]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Astronauta ganhou versões animadas na coleção "Videogibi" (um curta-metragem de 6 minutos)[37] , no longa-metragem Uma Aventura no Tempo onde interage com o Cebolinha[38] .

Em 2009 foi anunciado que o personagem ganharia uma série animada em 3D[37] .

Impacto na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Mauricio de Sousa resolveu homenagear o primeiro astronauta brasileiro da NASA, Marcos Pontes, o quadrinista enviou uma e-mail para Marcos contendo uma ilustração do personagem parabenizando o brasileiro pelo feito[4] .

Em 2010, o Astronauta serviu de inspiração para o Troféu HQ Mix[39] .

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Maurício de Sousa». Roda Viva. 9/10/1989. 
  2. Marcus Ramone (12/06/08). «O amor está no ar... e nos quadrinhos também!». Universo HQ. 
  3. «Turma da Mônica em Uma Aventura no Tempo». Diler & Associados. 
  4. a b «Astronauta da "Turma da Mônica" envia mensagem a Marcos Pontes». Folha Online. 29/03/2006. 
  5. Review - Astronauta – Magnetar
  6. Editora Martins Fontes relançará os primeiros livros infantis de Mauricio de Sousa
  7. a b Marcus Ramone. «Almanaque Turma do Astronauta #3». Universo HQ. 
  8. Marcus Ramone (14/06/07). «Almanaque Turma do Astronauta chega às bancas». Universo HQ.  line feed character character in |autor= at position 8 (Ajuda)
  9. «Turma do Mauricio». Superinteressante. Editora Abril. 2004. Consultado em 22 de novembro de 2015. 
  10. a b Marcus Ramone (15/12/2010). «Turma da Mônica: as coleções que marcaram época». Universo HQ. 
  11. «Coleção de Livros "Oi, Eu Sou" da Cedi Apresenta 12 personagens de Maurício». Monica.com.br. 02/03/2009. 
  12. Eduardo Nasi. «Turma da Mônica Jovem #3». Universo HQ. 
  13. Eduardo Nasi. «Turma da Mônica Jovem #6». Universo HQ. 
  14. a b «Artistas recriam personagens da Turma da Mônica em novo livro». Portal G1. 05/08/2011. 
  15. Mauricio de Sousa Por 50 Artistas. Panini Comics, 2009. ISBN 9788573516180
  16. Marcus Ramone (30/06/2009). «Têm início as comemorações dos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa». Universo HQ. 
  17. Eduardo Nasi (2009). «MSP 50 - Mauricio de Sousa por 50 artistas». Universo HQ. 
  18. Eduardo Nasi. «MSP + 50 - Mauricio de Sousa Por Mais 50 artistas». Universo HQ. 
  19. Ivy Press, James L. Halperin (Editor) (2004). Heritage Signature Auction #811 Heritage Capital Corporation [S.l.] p. 237. 9781932899122. 
  20. Hal Erickson (2005). Television cartoon shows :an illustrated encyclopedia, 1949 through 2003 McFarland & Co. [S.l.] 9780786422562. 
  21. Matheus Moura (12/04/2010). «MSP + 50: Primeiras imagens de Astronauta por JJ e Danton». Bigorna.net. 
  22. Jotapê Martins (07 de Novembro de 2000). «Brasileiro escreve livro de Perry Rhodan». Omelete. 
  23. Gian Danton (23 de Setembro de 2010). «Making of do Astronauta». Idéias de Jeca Tatu, blog de Gian Danton. 
  24. «Exploradores do Desconhecido: ficção científica em HQ nacional online». Universo HQ. 16/09/08. Consultado em 28/05/2010.  |coautores= requer |autor= (Ajuda)
  25. Gian Danton (04 de Julho de 2008). Idéias de Jeca Tatu, blog de Gian Danton http://ivancarlo.blogspot.com/2008/07/esta-uma-tira-de-uma-hstria-da-mulher.html.  Texto "titulo" ignorado (Ajuda); Falta o |titulo= (Ajuda)
  26. Marcelo Naranjo (23/03/2011). «Herói Z traz a Mulher-Estupenda e outros super-heróis». Universo HQ. 
  27. Eduardo Nasi (2011). «MSP Novos 50 - Mauricio de Sousa por 50 Novos artistas». Universo HQ. 
  28. a b Carlos Costa (26/03/2009). «Entrevista: Aluir Amâncio». HQManiacs. 
  29. a b Samir Naliato (10/11/2011). «Primeiros lançamentos da linha Graphic MSP são anunciados no FIQ». Universo HQ. 
  30. Review Ouro da Casa
  31. Samir Naliato (11/10/2012). «Detalhes de Astronauta - Magnetar, o primeiro álbum do selo Graphic MSP». Universo HQ. 
  32. Sonia Racy (27/09/2012). «Solitários». Estadão. 
  33. Estefani Medeiros (26/10/2012). «"Astronauta - Magnetar" foca no drama solitário do personagem para conquistar público adulto». UOL. 
  34. Marcelo Garcia (08/11/2012). «Uma odisseia brasileira no espaço». Ciência Hoje. 
  35. Samir Naliato (14/01/2013). «Divulgados os vencedores do 29º Prêmio Angelo Agostini». Universo HQ. 
  36. «Graphic MSP». Omelete.  Texto " Continuação de Astronauta – Magnetar ganha título e sinopse" ignorado (Ajuda)
  37. a b Tom Marques (08/05/2009). «Penadinho e Astronauta em 3D». UOL. 
  38. Fábio Yabu (15 de Fevereiro de 2007). «Turma da Mônica - Uma Aventura no Tempo». Omelete. 
  39. Marcelo Naranjo (11/08/2010). «Personagem escolhido para o Troféu HQMix deste ano é o Astronauta». Universo HQ. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]