Turn- und Sportgemeinschaft 1899 Hoffenheim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TSG Hoffenheim.png
Nome TSG 1899 Hoffenheim
Alcunhas Hoffe
Fundação 1 de julho de 1899 (116 anos)
Estádio Rhein-Neckar-Arena
Capacidade 30.150
Localização Sinsheim, Alemanha
Presidente Alemanha Jochen Rotthaus
Treinador Alemanha Markus Gisdol
Patrocinador Alemanha SAP
Material esportivo Itália Lotto
Competição Alemanha Bundesliga
Alemanha Copa da Alemanha
BL 2014–15
CA 2014–15
a disputar
a disputar
Website Site oficial
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Turn- und Sportgemeinschaft 1899 Hoffenheim e.V., mais conhecido apenas como TSG 1899 Hoffenheim é um clube de futebol alemão situado em Hoffenheim, um subúrbio de Sinsheim, no estado de Baden-Württemberg.

Em 2007, o clube decidiu adaptar o uso de forma abreviada o nome de 1899 Hoffenheim no lugar do tradicional TSG Hoffenheim. De um quinto lugar na quinta divisão, em 2000, o clube fez um avanço notável para a Bundesliga, em 2008, com o apoio financeiro do magnata do software SAP AG, Dietmar Hopp.

História[editar | editar código-fonte]

O clube em tempos modernos foi formado em 1945, quando o clube de ginástica Turnverein Hoffenheim (fundado em 1 de julho de 1899) e o clube de futebol Fußballverein Hoffenheim (fundado em 1921), resultante da fusão.

Por volta de 1990, o magnata Dietmar Hopp retornou ao clube de sua juventude como um apoio financeiro. Dietmar Hopp foi o co-fundador da empresa de software SAP e ele colocou parte de seu dinheiro no clube. Suas contribuições gerado resultados quase imediatos: em 2000 o Hoffenheim venceu a Verbandsliga e foi promovido para a quarta divisão (Oberliga Baden-Württemberg). Com outro primeiro lugar o clube foi promovido até a Regionalliga Süd (III) para a temporada 2001-02. Terminaram em 13º na sua primeira temporada na Regionalliga, mas melhoraram significativamente no ano seguinte, obtendo um quinto lugar.

Hoffenheim terminou em quinto e sétimo nas próximas duas temporadas, antes de melhorar para o quarto lugar em 2005-06, para ganhar o seu melhor resultado até agora. O clube fez sua primeira partida pela Copa da Alemanha em 2003-04 e foi bem, avançando para as quartas de final, eliminando o Eintracht Trier e Karlsruher ambos da 2. Bundesliga e o Bayer Leverkusen, clube da Bundesliga, antes de perder para o Lübeck da 2. Bundesliga.

As negociações para fundir o TSG Hoffenheim, Astoria Walldorf e o Sandhausen e criar o FC Heidelberg 06, em 2005, foram abandonadas devido à resistência dos dois últimos clubes, e pela falta de acordo sobre onde o novo estádio devia estar localizado em Heidelberg ou Eppelheim. Dietmar Hopp preferiu claramente Heidelberg, mas não conseguiu superar a resistência da firma local Wild, que já havia reservado o local do estádio planejado para sua nova unidade de produção.

Em 2006, o clube procurou melhorar o seu elenco e a equipe técnica ao trazer jogadores com vários anos de experiência na Bundesliga alemã, como Jochen Seitz e Tomislav Marić, com a contratação do técnico Ralf Rangnick, ex-dirigente e técnico de equipes da Bundesliga como Hannover 96, Schalke 04, Stuttgart e Ulm 1846, para um contrato de cinco anos. O investimento valeu a pena na temporada 2006-07 com a promoção do clube à 2. Bundesliga depois de terminar em 2º a Regionalliga Süd.

Surpreendentemente, o clube passou apenas uma única temporada na 2. Bundesliga, onde terminou em 2º lugar e recebeu a promoção automática para a Bundesliga 2008-09. Já na temporada 2008-09 o Hoffe supreendeu a Bundesliga, ao conseguirem o inesperado 1º lugar durante o inverno, com 35 pontos, assim, ganhando o título "não oficial" "Herbstmeister" (outono-campeão). No entanto, eles sofreram um duro golpe durante a pausa de inverno, quando o bósnio Vedad Ibišević, que foi artilheiro da Bundesliga na primeira metade da temporada européia, rompeu um ligamento durante um jogo-treino contra o Hamburgo. Sem sua maior força ofensiva, o Hoffenheim cairia para a 7º posição, uma posição respeitável para um time recém-promovido da 2. Bundesliga.

O Hoffenheim anunciou em 02. Janeiro 2011 a substituição do treinador do time, Ralf Rangnick, pelo seu assistente, Marco Pezzaiuoli. O motivo foram a decisão da directoria de vender o meia brasileiro Luiz Gustavo ao Bayern de Munique.[1]

Nas temporadas 2009-2010 e 2010-2011, o Hoffenheim terminou a Bundesliga na 11ª colocação.

Estádio[editar | editar código-fonte]

Antes de ser promovido para a Bundesliga 2008-09, o clube jogou no Dietmar-Hopp-Stadion, que foi construída em 1999 com uma capacidade de 5.000 (1.620 lugares).

O TSG 1899 Hoffenheim cresceu ainda mais suas ambições em 2006, quando a administração do clube, decidiu construir um novo estádio o Rhein-Neckar-Arena com capacidade para 30.150 pessoas, 21.000 em cadeiras e 9.150 em arquibancadas assim se adequando para receber a Bundesliga.[2] O estádio era para ser originalmente construído em Heidelberg antes da escolha de um local em Sinsheim.

O Rhein-Neckar-Arena foi inaugurado oficialmente em 24 de janeiro de 2009, com capacidade de 30.150 pessoas, 21.000 lugares em cadeiras, 9.150 lugares em arquibancadas, a dimensão do campo é de 100m x 65m, com 200 refletores, o placar eletrônico são de dois painéis em LED com 58 m² cada e muito mais.[2] Mas sua primeira partida oficial no Rhein-Neckar-Arena, foi apenas no dia 31 de janeiro de 2009, após abrir a temporada jogando no Carl-Benz-Stadion.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacionais[editar | editar código-fonte]

Alemanha Oberliga Baden-Württemberg: 1

(2001)

Alemanha Verbandsliga Nordbaden: 1

(2000)

Alemanha North Baden Cup: 4

(2002, 2003, 2004 e 2005)

Cronologia recente[editar | editar código-fonte]

O desempenho recente da temporada por temporada do clube:[3] [4]

Temporada Divisão Módulo Posição
1999–00 Verbandsliga Nordbaden V 1ª ↑
2000–01 Oberliga Baden-Württemberg IV 1ª ↑
2001–02 Regionalliga Süd III 13ª
2002–03 Regionalliga Süd
2003–04 Regionalliga Süd
2004–05 Regionalliga Süd
2005–06 Regionalliga Süd
2006–07 Regionalliga Süd 2ª ↑
2007–08 2. Bundesliga II 2ª ↑
2008–09 Bundesliga I
2009–10 Bundesliga 11ª
2010–11 Bundesliga 11ª
2011–12 Bundesliga 11ª

Jogadores[editar | editar código-fonte]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

  • Atualizado em 6 de julho de 2015.[5]


Goleiros
Jogador
1 Alemanha Oliver Baumann
13 Alemanha Jens Grahl
33 Alemanha Alexander Stolz
Defensores
Jogador Pos.
4 Bósnia e Herzegovina Ermin Bičakčić Z
5 Suíça Fabian Schär Z
12 Alemanha Tobias Strobl Z
22 Alemanha Nicolai Rapp Z
25 Alemanha Niklas Süle Z
32 Alemanha Benedikt Gimber Z
3 República Checa Pavel Kaderábek LD
15 Alemanha Jeremy Toljan LE
20 Coreia do Sul Jin-su Kim LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
8 Polónia Eugen Polanski V
16 Suíça Pirmin Schwegler V
36 Alemanha Grischa Prömel V
6 Alemanha Sebastian Rudy M
10 França Jonathan Schmid M
11 SuéciaAzerbaijão Jiloan Hamad M
14 Noruega Tarik Elyonoussi M
17 Suíça Steven Zuber M
31 Alemanha Kevin Volland M
34 Alemanha Nadiem Amiri M
38 Alemanha Kai Herdling M
Atacantes
Jogador
9 Chile Eduardo Vargas
19 Alemanha Mark Uth
28 Hungria Ádám Szalai
29 Alemanha Joshua Mees
30 Alemanha Philipp Ochs
40 Brasil Joelinton
Comissão técnica
Nome Pos.
Alemanha Markus Gisdol T
Alemanha Frank Fröhling AS
Alemanha Frank Kaspari AS
Alemanha Michael Rechner TG
Alemanha Dr. Thomas Frölich MD
Alemanha Sören Johannsen FT
Alemanha Michael Schumacher FT
Alemanha Peter Geigle FT

Saíram por empréstimo[editar | editar código-fonte]

No. Posição Jogador
Alemanha G Marvin Schwäbe (para o VfL Osnabrück)
Croácia G Marko Marić (para o Lechia Gdańsk)
Alemanha D Kevin Akpoguma (para o Fortuna Düsseldorf)
Áustria D Christoph Martschinko (para o FK Austria Wien)
Peru M Junior Ponce (para a Universidad San Martín)
Posição Jogador
Brasil M Guilherme Biteco (para o Santa Cruz)
Brasil M Bruno Nazário (para o Lechia Gdańsk)
Alemanha A Janik Haberer (para o VfL Bochum)
Coreia do Sul A In-hyeok Park (para o FSV Frankfurt)

Elenco do time B[editar | editar código-fonte]

  • Atualizado a 6 de julho de 2015.[6]


Goleiros
Jogador
Alemanha Dominik Draband
Alemanha Ricco Cymer
Defensores
Jogador Pos.
Alemanha Luca Dähn Z
Alemanha Leon Fesser Z
Alemanha Pelle Jensen Z
Alemanha Kingsley Schindler LD
Alemanha Jesse Weippert LD
Alemanha Alexander Rossipal LE
Alemanha Nico Rieble LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Alemanha Marcus Mann V
Alemanha Yannick Thermann V
Alemanha Maximilian Waack M
ArgentinaAlemanha Nicolás Sessa M
AlemanhaTurquia Erdal Öztürk M
TurquiaAlemanha Bahadır Özkan M
Estados Unidos Russell Canouse M
Atacantes
Jogador
Alemanha Felix Lohkemper
Alemanha Lucas Röser
Alemanha Benjamin Trümmer
TurquiaAlemanha Barış Atik
Comissão técnica
Nome Pos.
Alemanha Marco Wildersinn T
Áustria Andreas Ibertsberger AS
Alemanha Steffen Krebs TG
Alemanha Dr. Ralph Kern MD
Alemanha Karolin Kieffer FT

Principais Jogadores[editar | editar código-fonte]

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Uniformes atuais[editar | editar código-fonte]

  • 1º - Camisa azul, calção e meias azuis.
  • 2º - Camisa branca, calção e meias brancas.
  • 3º - Camisa amarela, calção e meias amarelas.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro Uniforme

Uniformes dos goleiros[editar | editar código-fonte]

Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'

Uniformes anteriores[editar | editar código-fonte]

  • 2012-13
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro
  • 2011-12
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro


  • 2010-11
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro
  • 2009-10
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro
  • 2008-09
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro
  • 2007-08
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Primeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Segundo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Terceiro

Referências

  1. Folha: Venda de brasileiro provoca saída de técnico do Hoffenheim
  2. a b Fatos e Estatísticas - TGS Hoffenheim. Visitado em 24 de agosto de 2009.
  3. Das deutsche Fußball-Archiv (em alemão) Históricos de tabelas domésticos da Bundesliga
  4. Fussball.de - Ergebnisse (em alemão) A recente performance do clube
  5. Kader Profis (em alemão) TSG 1899 Hoffenheim. Visitado em 15 de julho de 2015.
  6. Kader U23 (em alemão) TSG 1899 Hoffenheim. Visitado em 15 de julho de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]