Turn Me On

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Turn Me On"
Single de David Guetta com Nicki Minaj
do álbum Nothing but the Beat
Lançamento 13 de dezembro de 2011
Formato(s) Download digital
Gravação 2011
Gênero(s) House, dance
Duração 3:19
Gravadora(s) Virgin, EMI
Composição Ester Dean, David Guetta, Giorgio Tuinfort
Produção David Guetta, Giorgio Tuinfort, Black Raw
Informações sobre o vídeo musical
Gravação Novembro de 2011
Diretor(es) Sanji
Duração 3:19
Cronologia de singles de David Guetta
"Titanium"
(2011)
"LaserLight"
(2012)
Cronologia de singles de Nicki Minaj
"Dance (A$$)"
(2011)
"Gimme All Your Luvin"
(2012)

Turn Me On é uma cançao do disc jockey francês David Guetta que serve como o quinto single oficial do quinto álbum de estúdio de Guetta, Nothing but the Beat. Apresenta os vocais da rapper trinidiana-americana Nicki Minaj. Escrita por David Guetta, Giorgio Tuinfort e Ester Dean, que anteriormente ajudou Minaj a co-escrever sua canção de maior sucesso, "Super Bass". A canção recebeu respostas mistas e favoráveis dos críticos. Foi adicionada em rádios dos Estados Unidos em 13 de dezembro de 2011. A canção está disponível no segundo álbum de estúdio de Minaj, Pink Friday: Roman Reloaded que estreou em 3 de abril de 2012.[1][2]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

"Turn Me On" foi escrita por Ester Dean, David Guetta e Giorgio Tuinfort. Em uma entrevista ao vivo para a revista Billboard, Guetta disse: "Estou muito orgulhoso do que fiz com Nicki, porque sabemos que ela canta aqueles raps loucos, mas em outra gravação que temos, ela está cantando como um homem. O mundo vai ficar chocado. Ninguém a conhece desse jeito."[3] Para o portal do canal de televisão MTV, o disc jockey confirmou mais uma faixa do álbum com participação de Minaj e afirmou que ela estava cantando e não fazendo rap.[4]

Composição[editar | editar código-fonte]

"Turn Me On" é uma canção de clube de dança com andamento mediano, com batidas pesadas e apresentação vocal de Nicki Minaj. É a segunda faixa do álbum ‘Nothing but the Beat’ com participação de Minaj, junto com o single Where Them Girls At.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

A canção recebeu opiniões mistas de críticos profissionais de música. Scott Schelter escreveu para o "Pop Dust", que "É legal que Guetta queira fazer um som diferente, mas diferente para ele soa como tudo o que estão fazendo no mundo da música dance. Ainda assim, tendo Minaj cantado a música vale a pena, mesmo que 'cantar' deva ser usado entre aspas porque há varios processamento em sua voz."[5] Al Fox do BBC Music redatou que "os melhores resultados vêm quando Guetta sem piedade arranca os artistas de sua zona de conforto – ter Minaj como ave canoras em 'Turn me On'."[6] David Jeffries do portal musical Allmusic escreveu que "Nicki Minaj faz um striptease sobre a mesa de operação em 'Turn Me On'", escolhendo-a como uma das melhores faixas do álbum.[7] Carol Cooper do Village Voice deu um comentário sobre sua voz, redatando que "em Turn me On, Nicki Minaj corajosamente se descola entre ela e [os estilos] das faixas de Madonna e Rihanna."[8] Os pensamentos de Ken Capobianco e Cooper ecooaram como mesmos, escrevendo que "Nicki Minaj se entrega sólida cantando a faixa."[9]

Joe Copplestone do PopMatters proporcionou uma crítica mista, redatando que "a canção apresenta um desempenho melódico e suspeito de Minaj, com ganchos que de alguma forma maciça a deixe fazer a transição de aberração para diva".[10] Harley Brown do Consequence of Sound pensava que "os pulos da batida e os gritos dos sintetizadores eram mais reconhecidos como techno quintessência".[11] Genevieve Koski do The A.V. Club foi mais negativo, escrevendo que na canção de Minaj é uma "disco diva sem cara".[12] Outra revisão negativa veio de Becky Bain do Idolator, que rejeitou "A decisão de Guetta de levar uma das rappers mais emocionantes de hoje e não apenas tê-la fazendo rap, mas afongando-a em auto-tune."[13]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Antecedentes e sinopse[editar | editar código-fonte]

O vídeo musical de "Turn Me On" foi filmado em novembro de 2011 com direção de Sanji.[14] Uma prévia do vídeo foi divulgada em 27 de janeiro de 2012 com o lançamento oficial previsto para 31 de janeiro de 2012.[15] No clipe, Guetta vive um cientista maluco criando sua própria "Nicki Minaj" com peças de sucatas. O cientista é mostrado dando os seus últimos retoques na boneca enquanto uns lábios de látex canta a canção.[16] Assim que o refrão começa, pode-se perceber que a criação não está muito bem trabalhada. A pele da boneca é de plástico brilhante, totalmente nua, com ela se transformando lentamente em Minaj com aparência humana.[16] Aparentemente satisfeito com a sua criação, Guetta libera-a para o mundo. Minaj vaga pelas ruas que estão cheias de cobaias do cientista, com elas olhando enciumadas para a incrível e realista criação de Guetta. Algumas criaturas femininas vão até o laboratório de Guetta, obrigado-o a dar uma aparência mais realista a elas, com algumas delas transformando-o em um homem de malha metálica.[16] Enquanto isso, Minaj é rodeada na cidade por bonecos masculinos, com a mesma desempenhando a canção ao mesmo tempo. Ao fim do vídeo, Minaj é vista montada em um cavalo, fugindo da cidade, enquanto algumas bonecas, que saiam do laboratório de Guetta, seguindo ela.[16]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O vídeo recebeu opiniões positivas de profissionais da música. Um editor da rádio 92.3 Now, se referiu ao vídeo como "essa merda é uma louca", depois relatando que o vídeo é exatamente o que Nicki Minaj é: uma artista visual, e finalizou confessando que amou o vídeo.[17] Chauda, do portal Ill Vibes disse que "Turn Me On" é "mais quente do que quente" e que ela tinha certeza que a canção seria um sucesso, finalizando com parabenização à Guetta e sua "Minajestade" — um trocadilho de "majestade" com Minaj —.[18]

Apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

David Guetta e Nicki Minaj apresentaram a canção pela primeira vez no American Music Awards 2011 como ato de abertura, logo em seguida o sucesso de Minaj, Super Bass com uma introdução da canção "Sweat", do rapper norte-americano Snoop Dogg.[19] Também foi apresentada no Ano Novo de 2012 no Dick Clark's New Year's Rockin' Eve with Ryan Seacrest.[20]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

Download digital[21]
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Turn Me On" (com participação de Nicki Minaj) Ester Dean, David Guetta, Giorgio Tuinfort David Guetta, Giorgio Tuinfort, Black Raw 3:19

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Parada (2011) Melhor
posição
 Alemanha - Media Control Charts[23] 35
 Austrália - ARIA Charts[24] 14
 Áustria - Ö3 Austria Top 75[25] 16
 Canadá - Canadian Hot 100[26] 6
Escócia - Scottish Singles Chart[27] 12
Flag of Spain.svg Espanha - PROMUSICAE[28] 30
 Estados Unidos - Billboard Hot 100[26] 4
 Estados Unidos - Billboard Pop Songs[26] 10
 Estados Unidos - Billboard Dance/Club Play Songs[26] 1
 Finlândia - Suomen virallinen lista[29] 20
 França - SNEP[30] 54
 Irlanda - Irish Singles Chart[30] 11
 Noruega - VG-lista[31] 33
 Nova Zelândia - RIANZ[32] 33
 Reino Unido - UK Dance Chart[33] 4
 Reino Unido - UK Singles Chart[34] 20

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação
 Austrália - ARIA 3× Platina[35]
 Estados Unidos - RIAA 2× Platina[36]
 Reino Unido - BPI Ouro[37]

Tabelas de Fim de Ano[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2012) Posição
 Reino Unido - Official Charts Company[38] 35
 Estados Unidos - Billboard Hot 100[39] 35
 Estados Unidos - Billboard Hot Dance Club Songs[40] 11

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato
 Estados Unidos 13 de Dezembro de 2011[41] Mainstream
Rhythmic contemporary

Referências

  1. Minaj, Nicki (24 de janeiro de 2012). «Yep! 'Turn Me On' is on the album. Video to come any day now... Pink Friday: ROMAN RELOADED ••• 4.3.12». Twitter. Consultado em 26 de janeiro de 2012 
  2. «Nicki Minaj Pushes 'Pink Friday: Roman Reloaded' to April». Rap-Up. 20 de janeiro de 2012. Consultado em 22 de janeiro de 2012 
  3. Bain, Becky (18 de agosto de 2011). «Listen To A Snippet Of Nicki Minaj Singing On David Guetta's "Turn Me On"» (em inglês). Idolator. Consultado em 13 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  4. Elias, Matt (29 de junho de 2011). «Nicki Minaj's 'Turn Me On' Will Shock Fans» (em inglês). MTV. Consultado em 13 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  5. St Asaph, Katherine (22 de agosto de 2011). «The Singles Bar: David Guetta ft. Nicki Minaj, "Turn Me On"». Pop Dust. Consultado em 19 de janeiro de 2012 
  6. Fox, Al (16 de agosto de 2011). «BBC - Music - Review of David Guetta - Nothing but the Beat». BBC Music. Consultado em 25 de agosto de 2011 
  7. Jeffries, David (30 de agosto de 2011). «David Guetta - Nothing but the Beat - Allmusic». Allmusic. Consultado em 16 de setembro de 2011 
  8. Cooper, Carol. «David Guetta's Dance Music Melting Pot». The Village Voice. Consultado em 11 de janeiro de 2012 
  9. Capobianco, Ken (29 de agosto de 2011). «David Guetta - Boston.com». Boston Globe. Consultado em 11 de janeiro de 2012 
  10. Copplestone, Joe (27 de setembro de 2011). «David Guetta: Nothing But the Bea < PopMatterst». PopMatters. Consultado em 11 de janeiro de 2012 
  11. Brown, Harley (30 de agosto de 2011). «Album Review: David Guetta – Nothing But The Beat». Consequence of Sound. Consultado em 10 de janeiro de 2012 
  12. Koski, Genevieve. «David Guetta: Nothing But the Beat - Music - Music Review - The A.V. Club». The A.V. Club. Consultado em 11 de janeiro de 2012 
  13. Bain, Becky. «Nicki Minaj Sings On David Guetta's "Turn Me On": Listen To The Full Song». Idolator. Consultado em 11 de janeiro de 2012 
  14. Gottlieb, Steven (23 de novembro de 2011). «IN PRODUCTION: David Guetta f/ Nicki Minaj - Sanji, dir.». Video Static. Consultado em 30 de janeiro de 2012 
  15. Ruben (27 de janeiro de 2012). «David Guetta "Turn Me On (ft. Nicki Minaj)" Video Sneak Preview!». Entertainment Rocks. Consultado em 30 de janeiro de 2012 
  16. a b c d Vena, Jocelyn (31 de janeiro de 2012). «Guetta plays mad scientist creating Minaj out of scrap parts». MTV. Consultado em 31 de janeiro de 2012 
  17. «Music Video Premiere: David Guetta and Nicki Minaj – "Turn Me On"». 92.3 Now. 31 de janeiro de 2012. Consultado em 31 de janeiro de 2012 
  18. «Video Premiere of "Turn Me On" by David Guetta ft. Nicki Minaj». Ill Vibes. 31 de janeiro de 2012. Consultado em 31 de janeiro de 2012 
  19. «Nicki Minaj, David Guetta to Open AMAs». Rap-Up. 10 de novembro de 2011. Consultado em 30 de janeiro de 2012 
  20. «Dick Clark's New Year's Rockin' Eve 2012: A Complete Look». Celebrity Gossip. 1 de janeiro de 2012. Consultado em 30 de janeiro de 2012 
  21. «Turn Me On (Feat. Nicki Minaj)». Amazon. Consultado em 30 de janeiro de 2012 
  22. «Turn Me On (Feat.Nicki Minaj) [Remixes]». Amazon. Consultado em 30 de janeiro de 2012 
  23. «Musicline.de - Chartverfolgung - David Guetta feat. Nicki Minaj - Turn Me On» (em alemão). Media Control Charts. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  24. «Australian-charts.com - David Guetta feat. Nicki Minaj - Turn Me On» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  25. «David Guetta feat. Nicki Minaj - Turn Me On Austriancharts.at» (em alemão). Ö3 Austria Top 75. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  26. a b c d «Turn Me On - David Guetta» (HTML). Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc.. Prometheus Global Media. 1 páginas. Consultado em 18 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  27. «2011 Top 40 Scottish Singles Archive 10th September 2011» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  28. «"Spanishcharts.com – David Guetta feat. Nicki Minaj – Turn Me On"» (em inglês). Canciones Top 50. 1 páginas. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  29. «Finnishcharts.com - David Guetta feat. Nicki Minaj - Turn Me On» (em inglês). Suomen virallinen lista. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  30. a b «Lescharts.com - David Guetta feat. Nicki Minaj - Turn Me On» (em francês). SNEP. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda) Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "fra" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  31. «Norwegiancharts.com – David Guetta feat. Nicki Minaj – Turn Me On» (em inglês). VG-lista. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  32. «Charts.org.nz – David Guetta feat. Nicki Minaj – Turn Me On» (em inglês). RIANZ. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  33. «2011 Top 40 Dance Singles Archive 17th September 2011» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 19 de janeiro de 2012  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  34. «TOP 40 OFFICIAL UK SINGLES ARCHIVE» (em inglês). The Official UK Charts Company. Consultado em 12 de maio de 2011  |lang= e |língua2= redundantes (ajuda)
  35. (em inglês). ry Association (ARIA) http://www.aria.com.au/pages/httpwww.aria.com.aupagesSINGLEaccreds2012.htm. Consultado em 04 de abril de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  36. (em inglês). ry Association (ARIA) http://www.riaa.com/goldandplatinumdata.php?artist=%22Turn+Me+On%22. Consultado em 04 de abril de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  37. (em inglês). ry Association (ARIA) http://www.bpi.co.uk/certified-awards.aspx. Consultado em 04 de abril de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  38. (em inglês). Billboard http://www.officialcharts.com/chart-news/the-official-top-40-biggest-selling-singles-of-2012-revealed-1784/. Consultado em ‎14 de dezembro de ‎2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  39. (em inglês). Billboard http://www.billboard.com/news#/charts-year-end/hot-100-songs?year=2012&begin=31&order=position. Consultado em ‎14 de dezembro de ‎2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  40. (em inglês). Billboard http://www.billboard.com/news#/charts-year-end/hot-100-songs?year=2012&begin=31&order=position. Consultado em ‎14 de dezembro de ‎2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  41. «Radio 1 Playlist» (em inglês). BBC Radio 1. Consultado em 18 de Abril de 2011. Cópia arquivada em 18 de Abril de 2011 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.