Tutti-frutti (confeite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Tutti-Frutti
Sorvete de frutas fritas.
Ingrediente(s)
principal(is)
Frutas cristalizadas ou aroma de frutas
Receitas: Tutti-Frutti   Multimédia: Tutti-Frutti

Tutti frutti (do italiano tutti i frutti, "todas as frutas"; também hifenizado, tutti-frutti) é um confeite colorido contendo várias frutas picadas e geralmente cristalizadas, ou um aroma artificial ou natural simulando o sabor combinado de muitas frutas diferentes. É mais notável nos países ocidentais fora da Itália, sob a forma de sorvete.

As frutas usadas para o sorvete de tutti-frutti incluem cerejas, uvas passas e abacaxi, muitas vezes acompanhadas de nozes.[1] Na Holanda, tutti-frutti (também "tutti frutti", "tuttifrutti") é uma compota de frutas secas, servida como sobremesa[2][3] ou um acompanhamento de um prato de carne.[4][5] Na Bélgica, tutti-frutti é frequentemente visto como sobremesa.[6] Normalmente, contém uma combinação de passas, groselhas, damascos, ameixas, tâmaras e figos.

Nos Estados Unidos, tutti-frutti também pode se referir a frutas embebidas em conhaque ou outros destilados, ou mesmo a frutas fermentadas em um líquido contendo açúcar e fermento.[7]

Em inglês indiano, tutti-frutti geralmente se refere a mamão cru cristalizado. Estas são geralmente pequenas peças cúbicas, muitas vezes coloridas. A cor mais comum sendo vermelha, também está disponível em verde e amarelo. Estes são utilizados em vários produtos de panificação, incluindo bolos, leite-pães, biscoitos, Dilkhush e pães. Tutti-frutti também é usado em sobremesas frias como cobertura para sorvetes e sundaes. Eles também são usados em paans doces e sangeet (ou "papel-masala").

No Brasil, o tutti-frutti de balas, chicletes, pirulitos, gelatinas e sorvetes brasileiros é baseado no aroma da banana e no sabor da laranja. Mas essas frutas nunca estão sozinhas. As combinações podem incluir outros sabores. No Brasil, o mix mais usado pela indústria leva banana, laranja, abacaxi e morango.[8]


História[editar | editar código-fonte]

Sorvetes[editar | editar código-fonte]

O sorvete Tutti frutti foi servido por pelo menos 150 anos, como apareceu no cardápio de um jantar de 1860 na Inglaterra.[9]

Receitas para sorvetes de tutti frutti foram encontradas em livros de culinária do final do século XIX. Uma receita de sorvete de tutti frutti foi incluída no livro de culinária de 1874 Common Sense in the Household: Um manual de práticas domésticas[10] Esta receita pede tutti frutti, e não é nomeada extravagantemente. No livro de culinária de 1883, The Chicago Herald Cooking School, há também uma receita de sorvete de tutti frutti.[11]

Em 1888, um dos primeiros sabores de chicletes a serem vendidos em uma máquina de venda automática, criada pela Adams New York Gum Company, era tutti frutti.[12]

Muitos cardápios de restaurantes por volta de 1900 na coleção da Biblioteca Pública de Nova York também listam essa variedade de sorvetes.[13]

Pelo menos um livro de receitas americano do início do século XX contém uma sugestão de que o sorvete de tutti frutti era popular na América. O italiano Cookbook[14] contém uma receita para sorvete de tutti-frutti e diz: "Este não é o sorvete de tutti frutti como é conhecido na América".

Um livro de receitas de 1928, Seven Hundred Sandwiches, de Florence A. Cowles (publicado em Boston), inclui uma receita para um sanduíche de tutti frutti, com uma cobertura feita com chantilly, tâmaras, passas, figos, nozes e açúcar.[15]

Referências

  1. Marshall, Robert T.; H. Douglas Goff; Richard W. Hartel. Ice Cream. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-306-47700-3 
  2. Duquesnoy, C. Toveren met toetjes. [S.l.: s.n.] ISBN 978-90-6611-268-1 
  3. van Blommestein, Irene; Annelène van Eijndhoven; José van Mil; Paul Somberg; Fon Zwart. Kook ook: het nieuwe kookboek met productinformatie, alle basistechnieken en meer dan 1400 recepten. [S.l.: s.n.] ISBN 978-90-6611-287-2 
  4. ten Houte de Lange, Clara. Dutch cooking today. [S.l.: s.n.] ISBN 978-90-6611-845-4 
  5. Duijker, H.; Clara ten Houte de Lange. Wijn & Wild. [S.l.: s.n.] ISBN 978-90-6611-514-9 
  6. Declercq, M. Koken op z'n Belgisch. [S.l.: s.n.] ISBN 978-90-6611-248-3 
  7. Emery, Carla. The Encyclopedia of Country Living: An Old Fashioned Recipe Book. [S.l.: s.n.] ISBN 978-1-57061-377-7 
  8. «Do que é feito o sabor tutti-frutti?». Superinteressante. Consultado em 24 de maio de 2019 
  9. «A Festival Commemorative of the Birth of the Immortal 'Bard of Avon'», The Crayon: 173–176, junho de 1860, consultado em 9 de setembro de 2016 
  10. «Common Sense in the Household: A Manual of Practical Housewifery». Google Books 
  11. «The Chicago Herald Cooking School: a professional cook's book for household use, consisting of a series of menus for every day meals and for private entertainments, with minute instructions for making every article named, originally published in the Chicago Daily Herald». Open Library 
  12. «Thomas Adams - Inventor of the First Modern Chewing Gum» 
  13. «What's on the menu? Dishes Tutti Frutti Ice Cream». New York Public Library 
  14. Gentile, Maria (1919). The Italian Cookbook (PDF). [S.l.: s.n.] 
  15. «Sandwiches, 1920s style»