Tuxedomoon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tuxedomoon
O membro da banda Steven Brown no final de 2007.
Informação geral
Origem San Francisco, California
País  Estados Unidos
Gênero(s) New wave
Pós-punk
Rock experimental
Música eletrônica
Período em atividade 1977-presente
Gravadora(s) Ralph Records
Crammed Discs
Integrantes Blaine L. Reininger
Steven Brown
Peter Principle
Luc Van Lieshout
Bruce Geduldig
Ex-integrantes Winston Tong
Gregory Cruikshank
Victoria Lowe
Michael Belfer
Paul Zahl
Ivan Georgiev
Nikolas Klau
Página oficial http://www.tuxedomoon.co/

Tuxedomoon é um grupo experimental de pós-punk e/ou new wave formado em 1977 em San Francisco, Califórnia, por Blaine L. Reininger, Steven Brown e Peter Principle e eventualmente outros músicos convidados e colaboradores.[1][2]

O estilo do grupo, que une música ambiente, música concreta e o espirito punk da época o tornou uma banda de culto e seminal, embora nem sempre reconhecida.[3] [4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Anos 80[editar | editar código-fonte]

Em 1980 a banda lançou seu primeiro álbum pela Ralph Records. A banda excursionou pela Europa nos anos 80 e mudou-se para Nova Iorque. Lá, eles se apresentaram e foram destaque na trilha sonora do filme Downtown 81, enquanto isso eles ganhavam popularidade na Holanda e na Bélgica.[5]

Quando eles finalmente se mudaram para Bruxelas, O trompetista Luc van Lieshout se juntou à banda. Em 1987, a banda se apresentou na trilha sonora para o filme de Wim Wenders, Asas do Desejo.[6]

No mesmo ano a banda tocou em Atenas, Grécia, pela primeira vez em dezembro de 1987, lotando o Teatro Pallas duas vezes em uma noite.[7]

Anos 90[editar | editar código-fonte]

No início de 1990, a banda se separou e não se reuniram por cerca de oito anos.[8] Mais tarde eles se reuniram para se apresentar no Next Festival em Tel Aviv.

A banda não tinha tocado juntos por oito anos, quando Brown chamou os membros a se unirem para o concerto. Eles ensaiaram em um estúdio por 10 dias, em Tel Aviv, antes do concerto. Brown creditou o concerto Next Festival como sendo o principal evento para reunir a banda.

Anos 2000 e Atualidade[editar | editar código-fonte]

A banda voltou a se apresentar em 2000, fazendo shows acústicos e eletrônicos de materiais gravados anteriormente.

Seu álbum de 2004, Cabin in the Sky, serviria como seu registro de retorno. A maioria dos registros é instrumental.

Em 2006 a banda lançou um novo disco chamado Bardo Hotel pela Crammed Discs. Gravado em San Francisco, o álbum é uma trilha sonora para um filme de George Kakanakis que no momento do lançamento do álbum permaneceu inacabado. O álbum e o filme são citados no livro Beat Museum - Bardo Hotel , de Brion Gysin. A gravação apresenta influências de dixieland e ópera.[9]

Os membros da banda atualmente vivem na Cidade do México, Porto, Atenas, Bruxelas e Nova Iorque.[10]

Estilo[editar | editar código-fonte]

Steven Brown citou como as principais influências da banda artistas como Brian Eno, David Bowie, John Cage, Bernard Herrmann, Nino Rota, Igor Stravinsky e Ennio Morricone. [11]

E as influências posteriores e atuais incluem Radiohead, Claude Debussy, Miles Davis, Michael Nyman e The Velvet Underground. Sua música encontra influência em gêneros como o punk rock, jazz, funk, tango, e pós-punk.[12]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Singles e EP´s[editar | editar código-fonte]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://uksound.com.br/artist/
  2. http://zmusicbr.com/artista/pt/tuxedomoon/15673/
  3. http://www.lastfm.com.br/music/Tuxedomoon
  4. https://music.meo.pt/artist/tuxedomoon-LRr2coOAd3anS7XjDsolsQ
  5. Body, Sean. Wish The World Away: Mark Eitzel and the American Music Club. [S.l.: s.n.] 
  6. Roger F. Cook; Gerd Gemünden (1997). The Cinema of Wim Wenders: Image, Narrative, and the Postmodern Condition. [S.l.]: Wayne State University Press. p. 261. ISBN 978-0-8143-2578-0. Consultado em 2 de agosto de 2012 
  7. «Tuxedomoon: A lasting affair». Athens News. 19 de setembro de 2011. Consultado em 3 de agosto de 2012 
  8. Brinn, David (27 de setembro de 2004). «Born again in Tel Aviv». Jeruselem Post. Consultado em 3 de agosto de 2012 
  9. Grandy, Eric (6 July 2006). "Tuxedomoon". The Stranger. Retrieved 3 August 2012.
  10. Smith, Rod (11 January 2006). "A Mug of Joeboy". Seattle Weekly. Retrieved 3 August 2012
  11. Gill, John. "Tuxedomoon". Interviews by John Gill. Paris Transatlantic. Retrieved 3 August 2012
  12. Tuxedomoon: A lasting affair". Athens News. 19 September 2011. Retrieved 3 August 2012

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]