Twist and Shout

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Twist and Shout é uma canção escrita por Phil Medley e Bert Russell. A primeira gravação da canção foi feita pelos The Topnotes, depois ela foi regravada pelos The Isley Brothers e mais tarde pelos Beatles, com John Lennon no vocal principal, e lançada pela banda em seu primeiro álbum Please Please Me. A canção também foi regravada pelo The Mamas & the Papas (no estilo balada) em 1967 no álbum Deliver.

Top Notes[editar | editar código-fonte]

Em 1960, Phil Spector tornou-se produtor na Atlantic records. No ano seguinte ele foi designado para produzir um single para um grupo vocal chamado the Top Notes (às vezes chamado de "Topnotes") com a canção "Twist and Shout."

Isley Brothers[editar | editar código-fonte]

Em 1962, o grupo The Isley Brothers decidiu gravar a canção e foram produzidos pelo próprio compositor Bert Russell, que não tinha ficado satisfeito com a produção de Phil Spector. A canção tornou-se a primeira gravação do trio a atingir a entrar para lista da revista Billboard (entre as 40 mais). A canção logo se tornou um cover frequente da música soul no início dos anos 60. Quando os the Isleys gravaram "Twist & Shout," eles não pensaram que ela se sairia tão bem quanto seu hit de três anos atrás "Shout!". Para a surpresa deles, a canção se tornou hit dentre as listas de música pop e rhythm and blues.

The Beatles[editar | editar código-fonte]

Gravação[editar | editar código-fonte]

Os Beatles lançaram a canção em seu álbum de estréia no Reino Unido, Please Please Me. Em uma única sessão, eles gravaram 11 canções para o álbum e Twist and Shout foi a última a ser gravada.

John Lennon, o líder vocal da canção, estava com gripe no dia e usava pastilhas para a garganta, por isso, ele produziu uma memorável performance vocal, rouca e dinamica."[1]

Foram gravados dois takes para a canção, a primeira pode ser ouvida no álbum. George Martin disse, "Eu tentei o segundo take ... mas a voz do John tinha desaparecido."[2]

Está uma das primeiras canções que os Beatles apresentavam o "wooo" na harmonia, o que se tornou um cliché no início da carreira deles.

Nos Estados Unidos, a canção foi lançada em 2 de março de 1964[3] como um single pela Vee-Jay Records. Ela atingiu o segundo lugar no dia 4 de abril do mesmo ano. Neste país, a canção foi o único cover dos Beatles a vender 1 milhão de cópias e o único a atingir as 10 mais tocadas em qualquer lista de paradas de sucesso norte-americanas.

Sucesso novamente em 1986[editar | editar código-fonte]

A versão dos Beatles para a canção fez parte do filme de 1986 Ferris Bueller's Day Off, com o ator Matthew Broderick no papel principal. O uso da canção em 1986 fez com que ela entrasse na lista da Billboard Hot 100, atingindo o pico de número 23.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Brian Poole and the Tremeloes[editar | editar código-fonte]

Em 1962 a Decca Records assinou contrato com The Tremeloes, um grupo de Dagenham, Essex, em preferência aos Beatles. Ambos os grupos tiveram uma audição no mesmo dia, e os Beatles foram rejeitados pela gravadora. Ironicamente, Brian Poole and the Tremeloes não tinham nenhum sucesso até os Beatles darem início ao "boom" britânco ao rock. Assim o grupo Brian Poole and the Tremeloes imitou o estilo deles e regravou "Twist and Shout" quatro meses após os Beatles atingindo a paradas de sucesso do Reino Unido (#4).

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. The Beatles. The Beatles Anthology. Chronicle Books, LLC, 2000.
  2. Mark Lewisohn, The Complete Beatles Recording Sessions
  3. Beatles US single releases
Ícone de esboço Este sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.