Tyson Fury

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tyson Fury
Tyson Fury at Place Bell, Laval Quebec, Canada - Dec 16 2017 (cropped).jpg
Tyson Fury em 2017
Informações
Nome
completo
Tyson Luke Fury
Nascimento 12 de agosto de 1988 (31 anos)
Manchester, Inglaterra
Nacionalidade britânico
Outros nomes Gypsy King
Altura 2,06 m
Divisão Peso-pesado
Envergadura 2,16 m
Posição ortodoxa
Período em
atividade
2008–presente
Cartel profissional no boxe
Total 31
Vitórias 30
Por nocaute 21
Derrotas 0
Empates 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no Boxe pelo BoxRec
última atualização: 22 de fevereiro de 2020

Tyson Luke Fury (Wythenshawe, Manchester, 12 de agosto de 1988) é um pugilista profissional britânico, bicampeão mundial dos pesos-pesados. Ele detém os títulos da revista WBC e The Ring desde que derrotou Deontay Wilder em fevereiro de 2020 (dando a primeira derrota da carreira a Deontay Wilder que somava 41 vitórias e um empate, na primeira luta entre os dois), e anteriormente detinha os títulos unificados da WBA (Super), IBF, WBO, IBO, revista The Ring e linear, derrotando Wladimir Klitschko em 2015.[1]

Como amador, Fury representou a Inglaterra e a Irlanda, pois nasceu em Manchester, mas seus pais são irlandeses, com uma linhagem familiar com parentes em Belfast e Galway. Ele ganhou o título de super-pesado da ABA em 2008 antes de se tornar profissional no final daquele ano, aos 20 anos de idade. Depois de vencer o título dos pesos-pesados inglês duas vezes, ele se tornou campeão britânico e da Commonwealth em 2011 ao derrotar o então invicto Dereck Chisora, que detinha um cartel de 14 vitória em 14 embates. Ele então ganhou os títulos irlandês e WBO Inter-Continental, antes de derrotar Chisora novamente em uma revanche de 2014 pelos títulos europeus e internacionais de pesos pesados da WBO.

Esse sucesso, junto com seu recorde de 24-0, estabeleceu um embate com o campeão mundial Wladimir Klitschko na Alemanha, que Fury venceu por decisão unânime. Em 2015, dez dias após derrotar Wladimir, Fury foi destituído do título da IBF por não ter conseguido agendar uma luta com o desafiante obrigatório da IBF, Vyacheslav Glazkov, devido a uma cláusula de revanche no contrato com Klitschko. A revanche contra Wladimir Klitschko não se concretizou, pois Fury sofria de problemas de saúde mental que o levavam ao alcoolismo, ganho de peso extremo e uso recreativo de drogas, sendo por isso acusado de violações antidoping. Em 2016, ele desocupou os títulos WBA, WBO e IBO; O Ring tirou seu último título remanescente no início de 2018. Mais tarde em 2018, após mais de dois anos de inatividade, Fury disputou o título dos pesos pesados do WBC contra Deontay Wilder. A luta foi controversa como empate, com muitos que acreditam que Fury venceu.[2][3][4][5] O forte desempenho de Fury contra Wilder (incluindo a recuperação de um nocaute pesado na rodada final) lhe rendeu o retorno do ano do The Ring e vários outros prêmios.

Em 2020, ao derrotar Wilder, na revanche entre os dois, Fury se tornou o segundo peso pesado, depois de Muhammad Ali, a defender com sucesso o título da revista The Ring duas vezes, e o segundo peso pesado da história por ter conquistado os títulos WBA (Super), WBC, IBF e WBO, depois de Riddick Bowe. Além disso, o inglês entrou para a história como o primeiro boxeador a acabar com dois reinados de mais de dez defesas de cinturão. Em 2015, ele tirou Wladimir Klitschko após 19 defesas seguidas do então campeão. Wilder já estava com 10.[6]

Em fevereiro de 2020, Fury foi classificado como o melhor peso pesado ativo do mundo pelo Transnational Boxing Rankings Board e o segundo pelo BoxRec.[7]

Cartel no Boxe Profissional[editar | editar código-fonte]

31 Lutas - 30 vitórias (21 nocautes), 0 derrotas, 1 empate
KO = Nocaute • TKO = KO Técnico • UD = decisão unânime • SD = decisão dividida • MD = decisão majoritária
No. Resultado Cartel Oponente Tipo Round, tempo Data Local Notas
31 Vitória 30–0–1 Estados Unidos Deontay Wilder TKO 7 (12), 1:39 22 Fev 2020 Estados Unidos MGM Grand Garden Arena, Paradise, Nevada, Estados Unidos Ganhou o cinturão do WBC, o vacante da The Ring e o título linear do peso-pesado.
30 Vitória 29–0–1 Suécia Otto Wallin UD 12 14 Set 2019 Estados Unidos T-Mobile Arena, Paradise, Nevada, US
29 Vitória 28–0–1 Alemanha Tom Schwarz TKO 2 (12), 2:54 15 Jun 2019 Estados Unidos MGM Grand Garden Arena, Paradise, Nevada, US Ganhou o cinturão intercontinental do peso-pesado da WBO.
28 Empate 27–0–1 Estados Unidos Deontay Wilder SD 12 1 Dez 2018 Estados Unidos Staples Center, Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos Pelo cinturão do peso-pesado do WBC.
27 Vitória 27–0 Itália Francesco Pianeta PTS 10 18 Ago 2018 Reino Unido Windsor Park, Belfast, Irlanda do Norte
26 Vitória 26–0 Albânia Sefer Seferi RTD 4 (10), 3:00 9 Jun 2018 Reino Unido Manchester Arena, Manchester, Inglaterra
25 Vitória 25–0 Ucrânia Wladimir Klitschko UD 12 28 Nov 2015 Alemanha Esprit Arena, Düsseldorf, Alemanha Ganhou os cinturões do peso-pesado da WBA (Super), IBF, WBO, IBO, The Ring e linear.
24 Vitória 24–0 Roménia Christian Hammer RTD 8 (12), 3:00 28 Fev 2015 Reino Unido The O2 Arena, Londres, Inglaterra Manteve o cinturão do peso-pesado da WBO International.
23 Vitória 23–0 Reino Unido Dereck Chisora RTD 10 (12), 3:00 29 Nov 2014 Reino Unido ExCel London, Londres, Inglaterra Ganhou os cinturões do peso-pesado europeu, WBO International e britânico (vacante).
22 Vitória 22–0 Estados Unidos Joey Abell TKO 4 (10), 1:48 15 Fev 2014 Reino Unido Copper Box Arena, Londres, Inglaterra
21 Vitória 21–0 Estados Unidos Steve Cunningham KO 7 (12), 2:55 20 Abr 2013 Estados Unidos Hulu Theater, New York City, New York, Estados Unidos
20 Vitória 20–0 Estados Unidos Kevin Johnson UD 12 1 Dez 2012 Reino Unido Odyssey Arena, Belfast, Irlanda do Norte
19 Vitória 19–0 Estados Unidos Vinny Maddalone TKO 5 (12), 1:35 7 Jul 2012 Reino Unido Hand Arena, Clevedon, Inglaterra Ganhou o cinturão intercontinental dos pesados da WBO.
18 Vitória 18–0 Reino Unido Martin Rogan TKO 5 (12), 3:00 14 Abr 2012 Reino Unido Odyssey Arena, Belfast, Irlanda do Norte Ganhou o título de campeão peso-pesado irlandês.
17 Vitória 17–0 Canadá Neven Pajkic TKO 3 (12), 2:44 12 Nov 2011 Reino Unido EventCity, Manchester, Inglaterra Manteve o título de campeão peso-pesado da Commonwealth.
16 Vitória 16–0 Estados Unidos Nicolai Firtha TKO 5 (12), 2:19 18 Set 2011 Reino Unido King's Hall, Belfast, Irlanda do Norte
15 Vitória 15–0 Reino Unido Dereck Chisora UD 12 23 Jul 2011 Reino Unido Wembley Arena, Londres, Inglaterra Ganhou o título de campeão peso-pesado britânico e da Commonwealth.
14 Vitória 14–0 Brasil Marcelo Luiz Nascimento KO 5 (10), 2:48 19 Fev 2011 Reino Unido Wembley Arena, Londres, Inglaterra
13 Vitória 13–0 Estados Unidos Zack Page UD 8 19 Dez 2010 Canadá Colisée Pepsi, Quebec City, Quebec, Canadá
12 Vitória 12–0 Estados Unidos Rich Power PTS 8 10 Set 2010 Reino Unido York Hall, Londres, Inglaterra
11 Vitória 11–0 Reino Unido John McDermott TKO 9 (12), 1:08 25 Jun 2010 Reino Unido Brentwood Centre Arena, Brentwood, Inglaterra Ganhou o título vacante de campeão peso-pesado inglês.
10 Vitória 10–0 Alemanha Hans-Joerg Blasko TKO 1 (8), 2:14 5 Mar 2010 Reino Unido Leisure Centre, Huddersfield, Inglaterra
9 Vitória 9–0 Chéquia Tomas Mrazek PTS 6 26 Set 2009 República da Irlanda The O2, Dublin, Irlanda
8 Vitória 8–0 Reino Unido John McDermott PTS 10 11 Set 2009 Reino Unido Brentwood Centre Arena, Brentwood, Inglaterra Ganhou o título de campeão peso-pesado inglês.
7 Vitória 7–0 Letónia Aleksandrs Selezens TKO 3 (6), 0:48 18 Jul 2009 Reino Unido York Hall, Londres, Inglaterra
6 Vitória 6–0 Reino Unido Scott Belshaw TKO 2 (8), 0:52 23 Mai 2009 Reino Unido Watford Colosseum, Watford, Inglaterra
5 Vitória 5–0 Reino Unido Matthew Ellis KO 1 (6), 0:48 11 Abr 2009 Reino Unido York Hall, Londres, Inglaterra
4 Vitória 4–0 Reino Unido Lee Swaby TKO 4 (6), 3:00 14 Mar 2009 Reino Unido Aston Events Centre, Birmingham, Inglaterra
3 Vitória 3–0 Rússia Daniil Peretyatko TKO 2 (6), 3:00 28 Fev 2009 Reino Unido Showground, Norwich, Inglaterra
2 Vitória 2–0 Alemanha Marcel Zeller TKO 3 (6), 2:50 17 Jan 2009 Reino Unido DW Stadium, Wigan, Inglaterra
1 Vitória 1–0 Hungria Béla Gyöngyösi TKO 1 (6), 2:14 6 Dez 2008 Reino Unido National Ice Centre, Nottingham, Inglaterra

Referências

  1. Ben Dirs (29 de novembro de 2015). «Tyson Fury beats Wladimir Klitschko to become world champion» (em inglês). Consultado em 5 de abril de 2019 
  2. «Deontay Wilder, Tyson Fury fight to draw in controversial decision in WBC heavyweight title bout». USA TODAY 
  3. «Tyson Fury and Deontay Wilder battle to controversial draw» (em inglês). The Independent. 2 de dezembro de 2018 
  4. Scott Christ (2 de dezembro de 2018). «Wilder vs Fury: Pros react to controversial draw decision» (em inglês). Bad Left Hook 
  5. «Wilder vs. Fury ends in controversial split draw - how boxers and media reacted» (em inglês). The Week UK 
  6. «Tyson Fury destrói, nocauteia Wilder, lambe até sangue de rival e faz história no boxe». espn.com.br. 23 de fevereiro de 2020. Consultado em 5 de abril de 2020 
  7. «BoxRec: Ratings» (em inglês). boxrec.com. Consultado em 23 de fevereiro de 2020