Universidade Estadual do Ceará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de UECE)
Ir para: navegação, pesquisa
Universidade Estadual do Ceará
UECE
Lema Lumen ad viam (luz para o seu caminho)
Fundação 10 de março de 1975 (41 anos)
Tipo de instituição Pública
Localização Fortaleza, Bandeira do Ceará.svgCeará
Docentes 812 (771 efetivos)
Reitor(a) Jackson Coelho Sampaio
Vice-reitor(a) Hidelbrando Santos Soares
Total de Estudantes 21.653 (2013)
Graduação 18.138(2013)
Pós-Graduação 3.515 (2013)
Campus 10
Afiliações CRUB, RENEX e ABRUEM
Orçamento anual 163.730.000 (2013)
Página oficial http://www.uece.br

A Universidade Estadual do Ceará (UECE) é uma universidade pública brasileira, com atuação em ensino, pesquisa e extensão, mantida pela Fundação Universidade Estadual do Ceará (FUNECE). A instituição é uma das três universidades mantidas pelo governo do estado do Ceará, ao lado da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA) e da Universidade Regional do Cariri (URCA).

Seu principal campus é o Campus do Itaperi, que está localizado no bairro do Itaperi, na cidade de Fortaleza. A universidade conta ainda com campi no Bairro de Fátima, em Fortaleza, e nas cidades de Limoeiro do NorteItapipocaTauáQuixadá e Crateús  Iguatu.

Criada em 1975, a partir de institutos de ensino superior isolados que existiam em várias regiões do estado, a UECE possui atualmente cerca de 20 mil estudantes e 800 professores espalhados por 12 centros e faculdades, que oferecem 77 cursos de graduação presenciais e a distância, 27 mestrados, nove doutorados, 154 grupos de pesquisa atuantes em 138 laboratórios e 57 projetos de extensão.[1]

Para o primeiro semestre letivo de 2014, a UECE ofereceu 2.281 vagas para os cursos de graduação, sendo 1 231 para os campi da Capital e 1 050 vagas para o interior do Estado.[2]

De acordo com o Ranking Universitário da Folha de S.Paulo (RUF) de 2014, é considerada a oitava melhor universidade estadual do Brasil, sendo a melhor universidade estadual das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.[3] Em 2013, foi a instituição de ensino superior do Estado melhor avaliada no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). Além disso, os cursos de Administração, Psicologia e Ciências Contábeis figuraram entre os melhores do país.[4] [5] Também é a única universidade brasileira citada no Bright Green Book, o Livro Verde do Século XXI, uma parceria entre o Conselho Euro-Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável (EUBRA) e a ONU-Habitat, o programa de assentamentos urbanos da Organização das Nações Unidas.[6]

História[editar | editar código-fonte]

A história da UECE começa em 18 de outubro de 1973 com a Lei N° 9.753, que autorizou o Poder Executivo estadual a instituir a FUNEDUCE.

Em março de 1975, o Conselho Diretor da FUNEDUCE criou a Universidade Estadual do Ceará, que teve incorporada ao seu patrimônio as unidades de ensino superior já existentes na época: a Escola de Administração do Ceará, a Faculdade de Veterinária do Ceará, a Escola de Serviço Social de Fortaleza, a Escola de Enfermagem São Vicente de Paula, a Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos, além da Televisão Educativa Canal 5. O primeiro reitor foi o professor Antônio Martins Filho, fundador da Universidade Federal do Ceará e professor de direito comercial da Faculdade de Direito da mesma universidade.

A UECE teve sua instalação concretizada somente em 1977. No dia 13 de maio de 1977, através de lista sêxtupla, foi nomeado pelo então governador Adauto Bezerra, o professor Danísio Dalton da Rocha Corrêa como reitor. Em 1981, Danísio assume a Secretaria de Educação do Estado e o professor Padre Luiz Moreira foi nomeado reitor pro tempore. Depois, por ato do governador Virgílio Távora, em 31 de março de 1981, o Padre Luiz Moreira foi definitivamente nomeado como reitor.

Por necessidade de adequação às novas exigências administrativas que se evidenciaram nos três primeiros anos de funcionamento, a FUNEDUCE foi transformada em Fundação Universidade Estadual do Ceará (FUNECE), em maio de 1979.

Em 13 de abril de 1984, foi nomeado pelo então governador Gonzaga Mota, o professor Cláudio Régis de Lima Quixadá para a função de reitor.

A quinta gestão teve como reitor o professor Perípedes Maia Chaves nomeado pelo governador Tasso Jereissati em 14 de abril de 1988.

Na sexta gestão administrativa da UECE foi nomeado reitor, em 12 de maio de 1992, o professor Paulo de Melo Jorge Filho pelo governador Ciro Gomes.

Para a sétima gestão administrativa da UECE foi nomeado, em 24 de maio de 1996, o professor Manassés Claudino Fonteles como reitor, assumindo, a partir 22 de maio de 2000, seu segundo reitorado. Em 06 de outubro de 2003, Claudino se afastou do cargo, sendo sucedido pelo professor Francisco de Assis Moura Araripe, terminando o mandato em 22 de maio de 2004. Durante o reitorado do professor Manassés houve várias mudanças na estrutura da universidade, sendo a mais significativa a aprovação do novo estatuto da FUNECE/UECE, em 23 de novembro de 1999, pelo Conselho Universitário (CONSU).

Em julho de 2005, foi realizado na UECE a 57ª reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Atualmente, a gestão é exercida pelo Prof. José Jackson Coelho Sampaio.

Panorâma dos pavilhões de exposições da 57ª anual da SBPC.
Campus do Itaperi, Fortaleza.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Campi[editar | editar código-fonte]

Reitoria da Universidade Estadual do Ceará

Unidades Acadêmicas[editar | editar código-fonte]

Processo seletivo[editar | editar código-fonte]

Desde 2014, o ingresso nos cursos de graduação da UECE para o primeiro semestre letivo é feito através do ENEM, ofertando 50% de suas vagas pelo Sistema de Seleção Unificada, e os outros 50% através de vestibular organizado pela própria universidade por meio da Comissão Executiva do Vestibular (CEV). No segundo semestre, a seleção é feita exclusivamente por meio do vestibular tradicional. Este último consiste em provas objetivas das disciplinas obrigatórias do ensino médio e uma redação. São 60 questões na primeira fase e 60 questões, divididas em três disciplinas específicas, e uma redação na segunda fase.

Ensino[editar | editar código-fonte]

Cursos de graduação[editar | editar código-fonte]

Ciências Agrárias
Rotatória e Reitoria.
Ciências da Saúde
Ciências Biológicas
Ciências Exatas e da Terra
Ciências Humanas
Ciências Sociais Aplicadas
Linguística, Letras e Artes
  • Música
    • Habilitação em Piano
    • Habilitação em Composição
    • Música Popular/Saxofone
    • Licenciatura

Cursos de Pós-graduação[editar | editar código-fonte]

Doutorados:

  • Administração (PPGA)
  • Ciências Veterinárias (PPGCV)
  • Geografia (PROPGEO)
  • Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde (PPCCLIS)
  • Linguística Aplicada (POSLA)
  • Educação (PPGE)
  • Saúde Coletiva  
  • Biotecnologia
  • Saúde Coletiva 

Mestrados Acadêmicos:

  • Ciências Veterinárias (PPGCV)
  • Geografia (PROPGEO)
  • Cuidados Clínicos em Enfermagem e Saúde (PPCCLIS)
  • Linguística Aplicada (POSLA)
  • Educação (PPGE)
  • Saúde Pública (CMASP)
  • Ciências Fisiológicas (CMACF)
  • Nutrição e Saúde
  • Ciência da Computação (MACC)
  • Ciências Físicas Aplicadas (MACFA)
  • Recursos Naturais
  • Administração (CMAAD)
  • Serviço Social, Trabalho e Questão Social (MASS)
  • Filosofia (CMAF)
  • História (MAHIS)
  • Políticas Públicas e Sociedade
  • Educação e Ensino (MAIE)

Mestrados Profissionais:

  • Computação Aplicada 
  • Planejamento e Políticas Públicas 
  • Saúde da Criança e do Adolescente
  • Saúde da Família
  • Ensino na Saúde
  • Matemática em Rede Nacional (Profmat)
  • Gestão de Negócios Turísticos
  • Letras em Rede Nacional (Profletras) 
  • Biotecnologia em Saúde Humana e Animal

Bibliotecas[editar | editar código-fonte]

  • Biblioteca Prof. Antônio Martins Filho - Campus do Itaperi-Fortaleza
  • Biblioteca Setorial do CH - Centro de Humanidades-Fortaleza
  • Biblioteca Prof. Paulo de Melo Petrola - FACEDI - Faculdade de Educação de Itapipoca
  • Biblioteca Cônego Misael Alves de Sousa - FAFIDAM - Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos
  • Biblioteca Setorial da FAEC - Faculdade de Educação de Crateús
  • Biblioteca Raquel de Queiroz - FECLESC - Faculdade de Educação,Ciências e Letras do Sertão Central
  • Biblioteca Humberto Teixeira - FECLI - Faculdade de Educação de Iguatu
  • Biblioteca Setorial do CECITEC - Centro de Educação, Ciências e Tec. da Região dos Inhamuns

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «A UECE em números - 2013» (PDF). Consultado em 17 de setembro de 2014. 
  2. «Uece divulga resultado final do vestibular 2014.1». Diário do Nordeste. 6 de janeiro de 2014. Consultado em 17 de setembro de 2014. 
  3. «Uece lidera ranking no Norte e no Nordeste». O Povo Online. 11 de setembro de 2014. Consultado em 17 de setembro de 2014.  Ligação externa em |publicado= (Ajuda)
  4. http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/uece-e-a-instituicao-de-ensino-do-estado-melhor-avaliada-no-enade/ Uece é a instituição de ensino do Estado melhor avaliada no Enade
  5. http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/ceara/enade-ufc-e-uece-tem-cursos-entre-os-melhores-do-brasil/ Enade: UFC e Uece têm cursos entre os melhores do Brasil
  6. «Conheça 5 iniciativas brasileiras que estão no Livro Verde do Século 21». Superinteressante. 16 de setembro de 2011. Consultado em 17 de setembro de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Universidade Estadual do Ceará