UFC 213

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UFC 213: Romero vs. Whittaker
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02017-07-08 8 de julho de 2017
Local T-Mobile Arena
Cidade Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Público 12 834
Arrecadado US$2 400 000
Cronologia
The Ultimate Fighter: Redemption Finale UFC 213: Romero vs. Whittaker UFC Fight Night: Nelson vs. Ponzinibbio

UFC 213: Romero vs. Whittaker foi um evento de artes marciais mistas (MMA) produzido pelo Ultimate Fighting Championship, ocorrido no dia 8 de julho de 2017, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada.[1][2]

Background[editar | editar código-fonte]

O evento aconteceu durante a Semana Internacional da Luta, que acontece anualmente no UFC.[2][3]

Foi esperado que uma luta valendo o Cinturão Peso Galo do UFC entre o atual campeão, Cody Garbrandt, e o ex-campeão, T.J. Dillashaw, estivesse presente neste evento, possivelmente como a luta principal.[4] No entanto, em 23 de maio, Garbrandt retirou-se do combate devido a uma lesão nas costas, e a luta foi desfeita.[5]

A luta pelo Cinturão Peso-Galo Feminino do UFC entre a atual campeã, Amanda Nunes, e a multi-campeã mundial de muay thai, Valentina Shevchenko, seria a principal deste evento.[6] Elas se enfrentaram anteriormente em março de 2016, no UFC 196, e Nunes venceu por decisão unânime.[7] No entanto, a luta foi cancelada apenas algumas horas antes do início do evento, pois Nunes adoeceu.[8]

Um combate valendo o Cinturão Peso-Médio Interino do UFC entre o medalhista olímpico de luta livre em 2000 e ex-campeão mundial de freestyle wrestling, Yoel Romero, e o vencedor do The Ultimate Fighter: The Smashes no peso-meio-médio, Robert Whittaker, seria a luta co-principal.[9] Devido ao cancelamento da luta entre Nunes e Shevchenko, esta luta foi anunciada como a nova atração principal.[8]

Uma luta no peso-meio-médio entre o ex-Campeão Peso-Meio-Médio do UFC, Robbie Lawler, e o ex-desafiante ao Cinturão Peso-Leve do UFC, Donald Cerrone, foi originalmente reservada para o UFC 205. No entanto, Lawler retirou-se dela, alegando precisar de um pouco mais de tempo de descanso após perder seu título por nocaute no UFC 201.[10] A luta foi reprogramada para ocorrer neste evento.[11] Boatos começaram a circular, em 28 de junho, que Cerrone havia sofrido uma pequena lesão, mas a luta continuaria firme, só que no UFC 214, três semanas depois.[12] O Presidente do UFC, Dana White, confirmou mais tarde que Cerrone de fato teve uma infecção por estafilococos e uma distensão na virilha e, enquanto o plano seria manter a luta, isso não aconteceria no UFC 214.[13] No final, em 2 de julho, a luta foi confirmada para o UFC 214.[14]

Alan Jouban enfrentaria Brian Camozzi no evento. No entanto, em 6 de junho, foi anunciado que Jouban saiu da luta por ter quebrado o pé.[15] Ele foi substituído pelo vencedor do The Ultimate Fighter Nations: Canadá vs. Austrália no peso-meio-médio, Chad Laprise.[16]

Uma luta no peso-galo entre Douglas Silva de Andrade e Rob Font foi originalmente reservada para o UFC 175, em julho de 2014. No entanto, Andrade foi substituído por George Roop. A luta acontecerá neste evento.[17]

Card Oficial[editar | editar código-fonte]

Card Principal
Categoria Método Round Tempo Notas
Médios Austrália Robert Whittaker derrotou Cuba Yoel Romero Decisão Unânime (48-47, 48-47 e 48-47) 5 5:00 Nota 1
Pesados Países Baixos Alistair Overeem derrotou Brasil Fabrício Werdum Decisão Majoritária (28-28, 29-28 e 29-28) 3 5:00
Pesados Estados Unidos Curtis Blaydes derrotou Polónia Daniel Omielańczuk Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27) 3 5:00
Leves Estados Unidos Anthony Pettis derrotou Estados Unidos Jim Miller Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 30-27) 3 5:00
Galos Porto Rico Rob Font derrotou Brasil Douglas Silva de Andrade Finalização (Guilhotina) 2 4:36
Card Preliminar (Fox Sports 1)
Pesados Rússia Oleksiy Oliynyk derrotou Estados Unidos Travis Browne Finalização (Mata Leão) 2 3:44
Meio-Médios Canadá Chad Laprise derrotou Estados Unidos Brian Camozzi Nocaute Técnico (Socos) 3 1:27
Médios Brasil Thiago Santos derrotou Estados Unidos Gerald Meerschaert Nocaute Técnico (Socos) 2 2:04
Meio-Médios Territórios palestinos Belal Muhammad derrotou Canadá Jordan Mein Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 30-27) 3 5:00
Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Penas Estados Unidos Cody Stamann derrotou Estados Unidos Terrion Ware Decisão Unânime (30-27, 30-27 e 29-28) 3 5:00
Meio-Pesados Estados Unidos Trevin Giles derrotou Estados Unidos James Bochnovic Nocaute (Socos) 2 2:54

Nota 1 Pelo Cinturão Peso Médio Interino do UFC.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus

Referências

  1. UFC 213: Amanda Nunes x Valentina Shevchenko promovida a luta principal
  2. a b Staff (22 de março de 2017). «UFC requests 3 straight July dates at T-Mobile Arena in Las Vegas for International Fight Week». mmajunkie.com. Consultado em 22 de março de 2017 
  3. Staff (8 de abril de 2017). «UFC International Fight Week headlined by UFC 213 and exciting two-day ufc fan experience». ufc.com. Consultado em 8 de abril de 2017 
  4. Staff (9 de abril de 2017). «Dana White confirms bantamweight champ Cody Garbrandt meets former champ T.J. Dillashaw at UFC 213». mmajunkie.com. Consultado em 9 de abril de 2017 
  5. Rob Goldberg (23 de maio de 2017). «TJ Dillashaw vs. Cody Garbrandt scratched from UFC 213». bleacherreport.com. Consultado em 23 de maio de 2017 
  6. Dave Doyle (3 de maio de 2017). «Amanda Nunes vs. Valentina Shevchenko in the works for UFC 213». mmafighting.com. Consultado em 4 de maio de 2017 
  7. Ben Fowlkes (5 de março de 2016). «UFC 196 results: Amanda Nunes outlasts Valentina Shevchenko for decision win». mmajunkie.com. Consultado em 4 de maio de 2017 
  8. a b Ariel Helwani (8 de julho de 2017). «Amanda Nunes ill, out of UFC 213 main event». mmafighting.com. Consultado em 8 de julho de 2017 
  9. Damon Martin (23 de maio de 2017). «Yoel Romero vs. Robert Whittaker interim middleweight title fight set for UFC 213». foxsports.com. Consultado em 23 de maio de 2017 
  10. Ariel Helwani (10 de setembro de 2016). «Robbie Lawler vs. Donald Cerrone scratched from UFC 205». mmafighting.com. Consultado em 4 de abril de 2017 
  11. Tim Burke (3 de abril de 2017). «Lawler set to face Cerrone at UFC 213 in July». bloodyelbow.com. Consultado em 3 de abril de 2017 
  12. Luke Thomas (28 de junho de 2017). «Donald Cerrone injured, Robbie Lawler bout likely moving to UFC 214». mmafighting.com. Consultado em 28 de junho de 2017 
  13. Simon Samano and John Morgan (28 de junho de 2017). «Dana White: Donald Cerrone too injured to make up Robbie Lawler fight at UFC 214». mmajunkie.com. Consultado em 28 de junho de 2017 
  14. Staff (2 de julho de 2017). «Report: Donald Cerrone vs. Robbie Lawler rebooked for UFC 214 after all». mmajunkie.com. Consultado em 2 de julho de 2017 
  15. Shaun Al-Shatti (6 de junho de 2017). «Alan Jouban out of UFC 213 bout against Brian Camozzi due to foot injury». mmafighting.com. Consultado em 6 de junho de 2017 
  16. Mike Bohn (8 de junho de 2017). «Chad Laprise replaces Alan Jouban, meets Brian Camozzi at UFC 213». mmajunkie.com. Consultado em 8 de junho de 2017 
  17. Staff (21 de junho de 2017). «Rob Font vs. Douglas Silva de Andrade official for UFC 213». mmajunkie.com. Consultado em 21 de junho de 2017