UFC 245

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
UFC 245: Usman vs. Covington
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 02019-12-14 14 de dezembro de 2019
Local T-Mobile Arena
Cidade Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Público 16.811
Cronologia
UFC on ESPN: Overeem vs. Rozenstruik UFC 245: Usman vs. Covington UFC Fight Night: Edgar vs. The Korean Zombie

UFC 245: Usman vs. Covington foi um evento de MMA produzido pelo Ultimate Fighting Championship no dia 14 de dezembro de 2019, na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada.

Background[editar | editar código-fonte]

A disputa de cinturão dos meio-médios entre o atual campeão e o vencedor do The Ultimate Fighter: American Top Team vs. Blackzilians Kamaru Usman e o ex-campeão interino dos meio-médios Colby Covington serviu de luta principal da noite.[1]

A disputa de cinturão nos penas entre o atual campeão Max Holloway e Alexander Volkanovski serviu de co-luta principal da noite.[2]

A disputa de cinturão nos galos femininos entre a atual campeã dos galos e dos penas feminino Amanda Nunes e a primeira campeã dos penas feminino do UFC Germaine de Randamie também estava prevista para o evento. O duelo é uma revanche do combate que aconteceu em novembro de 2013 no UFC: Fight for the Troops 3, com Amanda vencendo por nocaute técnico no primeiro round.[3]

Santiago Ponzinibbio era esperado para enfrentar Robbie Lawler no evento. Porém, Ponzinibbio saiu do card no dia 12 de outubro devido a uma infecção por estafilococos. A organização então preferiu retirar Lawler do card.[4]

Sergio Pettis era esperado para enfrentar Kai Kara-France no evento. Entretando, no início de outubro, Pettis informou que não iria renovar a proposta com o UFC e que iria ouvir propostas de outras organizações. Para seu lugar foi chamado Brandon Moreno.[5]

Nas pesagens, a ex-desafiante peso mosca feminino do UFC Jessica Eye falhou ao bater o peso, pesando 131 libras (59.4 kg) ficando 5 libras acima do limite da categoria dos moscas feminino de 126 libras (57.1 kg) em lutas que não valem o cinturão. Ela foi punida com a perda de 30% de sua bolsa que foram para a sua adversária Viviane Araújo.[6]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Card Principal (PPV)
Categoria Método Round Tempo Notas
Meio-Médios

Nigéria Kamaru Usman (c)

derrotou

Estados Unidos Colby Covington

Nocaute Técnico (Socos)

5

4:10

Nota 1

|

Penas

Austrália Alexander Volkanovski

derrotou

Estados Unidos Max Holloway (c)

Decisão Unânime (48-47, 48-47 e 50-45)

5

5:00

Nota 2

|

Galos Feminino

Brasil Amanda Nunes (c)

derrotou

Países Baixos Germaine de Randamie

Decisão Unânime (49-44, 49-46 e 49-45)

5

5:00

Nota 3

|

Galos

Brasil Marlon Moraes

derrotou

Brasil José Aldo

Decisão Dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

3

5:00

|

Galos

Rússia Petr Yan

derrotou

Estados Unidos Urijah Faber

Nocaute (Chute Alto)

3

0:43

|

Card Preliminar (ESPN2)
Meio-Médios

Estados Unidos Geoff Neal

derrotou

Estados Unidos Mike Perry

Nocaute Técnico (Chute Alto e Socos)

1

1:30

|

Galos Feminino

México Irene Aldana

derrotou

Brasil Ketlen Vieira

Nocaute (Socos)

1

4:51

|

Médios

Rússia Omari Akhmedov

derrotou

Estados Unidos Ian Heinisch

Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

3

5:00

|

Meio-Médios

Estados Unidos Matt Brown

derrotou

Estados Unidos Ben Saunders

Nocaute (Cotovelada e Socos)

2

4:55

|

Card Preliminar (UFC Fight Pass)
Penas

Estados Unidos Chase Hooper

derrotou

Suécia Daniel Teymur

Nocaute Técnico (Cotoveladas)

1

4:34

|

Moscas

México Brandon Moreno

derrotou

Nova Zelândia Kai Kara-France

Decisão Unânime (29-28, 30-27 e 29-28)

3

5:00

|

Peso Casado (131 lbs)

Estados Unidos Jessica Eye

derrotou

Brasil Viviane Araújo

Decisão Unânime (29-28, 29-28 e 29-28)

3

5:00

|

Médios

Estados Unidos Punahele Soriano

derrotou

Polónia Oskar Piechota

Nocaute (Soco)

1

3:17

|

Nota 1 Pelo Cinturão Peso Meio-Médio do UFC.
Nota 2 Pelo Cinturão Peso Pena do UFC.
Nota 3 Pelo Cinturão Peso Galo Feminino do UFC.

[7]

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores receberam $50.000 de bônus:[8]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Thomas Gerbasi (1 de outubro de 2019). «Kamaru Usman vs. Colby Covington na luta principal do UFC 245» (em inglês). ufc.com. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  2. Alexander K. Lee (21 de setembro de 2019). «Max Holloway vs. Alexander Volkanovski programado para o UFC 245» (em inglês). mmafighting.com. Consultado em 22 de setembro de 2019 
  3. Nolan King (17 de agosto de 2019). «Amanda Nunes irá defender o cinturão dos galos contra Germaine de Randamie no UFC 245» (em inglês). mmajunkie.usatoday.com. Consultado em 19 de agosto de 2019 
  4. Nick Baldwin (12 de outubro de 2019). «Santiago Ponzinibbio fora da luta contra Robbie Lawler no UFC 245» (em inglês). bloodyelbow.com. Consultado em 12 de outubro de 2019 
  5. Christopher Rieve (4 de outubro de 2019). «Kai Kara-France irá enfrentar Brandon Moreno no UFC 245, Sergio Pettis agora está sem contrato com o UFC» (em inglês). nzherald.co.nz. Consultado em 4 de outubro de 2019 
  6. Jon Fuentes (13 de dezembro de 2019). «Pesagem do UFC 245: Apenas uma lutadora não bate o peso.» (em inglês). lowkickmma.com. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  7. «UFC 245: Usman vs. Covington». Ultimate Fighting Championship. Consultado em 12 de novembro de 2019 
  8. Fernando Quiles Jr. (15 de dezembro de 2019). «Bônus do UFC 245» (em inglês). mmanews.com. Consultado em 15 de dezembro de 2019 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]