USB-C

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2018). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
USB-C
USB Type-C icon.svg
Tipo Conector digital áudio/vídeo/dados/ Conector energia
Designer USB Implementers Forum
Projetada(o) 11 de Agosto de 2014 (primeira publicação)[1]
Pinos 24
Usb-type-c-plug-pinout

O USB-C também conhecido como USB Type-C é um padrão de conectores e cabos pensado em melhorar as especificações convencionadas dos conectores e cabos no padrão USB 3.1, diminuindo o tamanho dos conectores, podendo ser montados em lugares ainda menores e melhorando a usabilidade aos usuários. Pode-se transferir áudio[2], vídeo e dados em alta velocidade, bem como transferir energia elétrica com o limite de até 3A (Amperes)[3][4].

Visão geral[editar | editar código-fonte]

Sua proposta foi melhorar os conectores do padrão USB 3.1 para algo compacto que poderiam ser utilizado em equipamentos com pouco espaço para os conectores USB-A ou USB-B até então largamente utilizados na indústria de eletrônicos e informática como laptops e smartphones.

Foram colocados três pilares como objeto desse projeto[4];

  • Portas (conector fêmea) montados nos dispositivos em alturas menores que 3 mm;
  • Plugues que não fosse polarizados podendo ser colocados tanto de cima ou de baixo;
  • Facilidade na conexão entre os dispositivos em qualquer direção;
  • Obviamente que a obsolescência programada também mostra-se presente.

História[editar | editar código-fonte]

No decorrer do desenvolvimento do padrão USB 3.1, surgiu uma iniciativa entre AMD, HP, Intel e Microsoft para apresentar um projeto de uma nova conexão USB para laptops mais finos e leves que originou o padrão USB-C. Inicialmente os primeiros a implementar o USB-C foram a Apple e a Google nos seus produtos Macbook e Chromebook Pixel respectivamente[5].

Porta USB tipo C no smartphone

Detalhes[editar | editar código-fonte]

Os conectores USB-C conectam-se tanto em hosts e quanto em dispositivos, isto é, diferente do padrão anterior o cabo tem os mesmos conectores não diferenciando hosts ou dispositivos. Possui um sistema de conexão simétrica com rotação dupla, isto é, não há polarização de lado, podendo se conectar tanto do lado voltado para cima ou para baixo.[4][6]

Quanto as dimensões o conector USB-C fêmea (receptáculo) possui aproximadamente as seguintes dimensões externas, 8,34 mm por 2,56 mm[7], é menor que o conector USB 3.1 Micro-B com dimensões externas aproximadas de 12,85 mm por 2,45 mm[8] e ligeiramente maior que o conector USB 2.0 Micro-B com dimensões externas aproximadas de 7,5 mm por 2,45 mm[9].[nota 1]O conector fêmea (receptáculo) possui quatro pinos de alimentação e quatro pinos de aterramento, dois pares diferenciais para dados USB de alta velocidade, quatro pares diferenciais blindados para dados Enhanced SuperSpeed ​​(dois pares de transmissão e dois de recebimento) dois pinos de uso de banda lateral (SBU) e dois pinos de canal de configuração (CC). O conector macho (plugue) tem apenas um par diferencial de alta velocidade, e um dos pinos CC é substituído por VCONN, para alimentar os componentes eletrônicos do cabo, e o outro é usado para transportar os sinais do canal de configuração. Esses sinais são usados ​​para determinar a orientação do cabo, bem como para transportar comunicações USB PD.[10]

Porta USB-C (Type C) no Apple Macbook

Para conectar dispositivos mais antigos a hosts com receptáculo USB-C requer um cabo ou adaptador com um plugue ou receptáculo USB-A ou USB-B e no outro um plug USB-C, conforme especificado na documentação da USB-IF[11].

Modo alternativo[editar | editar código-fonte]

Lista de especificações de parceiros do modo alternativo
Nome Data Protocolo
DisplayPort Alternate Mode Publicado em Setembro de 2014 DisplayPort 1.3[12][13]
MHL Alternate Mode announced in November 2014[14] MHL 1.0, 2.0, 3.0 and superMHL 1.0[15][16][17]
Thunderbolt Alternate Mode announced in June 2015[18] Thunderbolt 3 (includes DisplayPort 1.2 Alternate Mode)[18][19][20][21]
HDMI Alternate Mode announced in September 2016[22] HDMI 1.4b[23][24][25][26]

Produtos[editar | editar código-fonte]

Adaptadores[editar | editar código-fonte]

Smartphones[editar | editar código-fonte]

  • Asus ZenFone Zoom S 3
  • Moto One
  • Moto One Plus
  • Moto X4
  • Moto G7 Power
  • Moto G7 Plus
  • Moto G6
  • Moto G6 Plus
  • Moto G7 Play
  • Moto Z
  • Moto Z3 Play
  • Nexus 5X
  • Lumia 950
  • Galaxy S8
  • Galaxy S8+
  • Galaxy S9
  • Galaxy S9+
  • Galaxy S10e
  • Galaxy S10
  • Galaxy S10+
  • Xiaomi MI 6
  • Xiaomi MI 8
  • Xiaomi MI 9
  • Xiaomi MI A2
  • Redmi Note 7
  • Redmi Note 7 Pro
  • Xperia XA2
  • LG G6
  • LG V30
  • LG G7
  • LG V4
  • LG Q7+

Notas

  1. As informações sobre o padrão USB se encontram no site oficial da Universal Serial Bus Implementers Forum (em inglês).

Referências

  1. USB-IF (2017). Universal Serial Bus Type-C Cable and Connector Specification Revision 1.3 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 14 páginas 
  2. USB-IF (2017). Universal Serial Bus Type-C Cable and Connector Specification Revision 1.3 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 213 páginas 
  3. USB-IF (2017). Universal Serial Bus Type-C Cable and Connector Specification Revision 1.3 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 26 páginas 
  4. a b c USB-IF (2017). Universal Serial Bus Type-C Cable and Connector Specification Revision 1.3 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 21 páginas 
  5. Intel (10 de Março de 2015). «USB Type-C: Where It Came From and Where It's Going» (em inglês). Intel Press Release. Consultado em 20 de Junho de 2018 
  6. Hruska, Joel (13 de Março de 2015). «USB-C vs. USB 3.1: What's the difference?» (em inglês). Extremetech. Consultado em 20 de Junho de 2018 
  7. USB-IF (2017). Universal Serial Bus Type-C Cable and Connector Specification Revision 1.3 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 33 páginas 
  8. USB-IF (2017). USB 3.1 Legacy Connector and Cable Specification Revision 1.0 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 32 páginas 
  9. USB-IF (2007). MicroUSB Specification to the USB 2.0 Specification, Revision 1.01 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 22 páginas 
  10. USB-IF (2017). Universal Serial Bus Type-C Cable and Connector Specification Revision 1.3 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 59 páginas 
  11. USB-IF (2017). Universal Serial Bus Type-C Cable and Connector Specification Revision 1.3 (em inglês). Estados Unidos: Universal Serial Bus Implementers Forum. 67 páginas 
  12. «VESA® Brings DisplayPort™ to New USB Type-C Connector». DisplayPort. 22 de setembro de 2014. Consultado em 18 de junho de 2015 
  13. «DisplayPort Alternate Mode on USB-C - Technical Overview» (PDF). usb.org. USB-IF. 20 de outubro de 2016. Consultado em 12 de outubro de 2017. Arquivado do original (PDF) em 20 de dezembro de 2016 
  14. «MHL® – Expand Your World». MHLTech.org. Consultado em 18 de junho de 2015 
  15. «MHL Releases Alternate Mode for New USB Type-C Connector». MHLTech.org. MHLTech.org. 17 de novembro de 2014. Consultado em 18 de junho de 2015 
  16. «MHL Alternate Mode over USB Type-C to support superMHL». www.mhltech.org. www.mhltech.org. 6 de janeiro de 2015. Consultado em 15 de novembro de 2016 
  17. «MHL Alt Mode: Optimizing Consumer Video Transmission» (PDF). usb.org. MHL, LLC. 18 de novembro de 2015. Arquivado do original em 14 de setembro de 2016 
  18. a b «Thunderbolt 3 – The USB-C That Does It All | Thunderbolt Technology Community». Thunderbolttechnology.net. Consultado em 18 de junho de 2015 
  19. One port to rule them all: Thunderbolt 3 and USB Type-C join forces, consultado em 2 de junho de 2015 
  20. Thunderbolt 3 is twice as fast and uses reversible USB-C, consultado em 2 de junho de 2015 
  21. Anthony, Sebastian (2 de junho de 2015). «Thunderbolt 3 embraces USB Type-C connector, doubles bandwidth to 40Gbps». Ars Technica UK 
  22. «HDMI Press Release: HDMI Releases Alternate Mode for USB Type-C™ Connector». hdmi.org 
  23. «HDMI LLC - HDMI Over USB Type-C» (PDF). usb.org. HDMI LLC. 20 de outubro de 2016. Consultado em 12 de outubro de 2017. Arquivado do original (PDF) em 18 de fevereiro de 2017 
  24. «HDMI Alt Mode for USB Type-C Announced». anandtech.com 
  25. «A new standard will allow your USB-C devices to connect to HDMI». neowin.net 
  26. «HDMI Alt Mode for USB Type-C™ Connector». hdmi.org 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre USB-C
Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.