USS Macon (ZRS-5)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
USS Macon
Dirigível
Descrição
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Goodyear-Zeppelin Company
Primeiro voo em 11 de março de 1933 (87 anos)
Introduzido em 23 de junho de 1933
Aposentado em 12 de fevereiro de 1935 (Acidente que o deixou inoperacional)

O USS Macon (ZRS-5) foi um dirigível norte-americano operado pela Marinha dos Estados Unidos, encarregue de servir como nave-mãe, levando consigo até cinco caças parasitas Curtiss F9C Sparrowhawk.[1] Cumprindo serviço durante apenas dois anos, em 1935 o Macon foi danificado numa tempestade e afundou-se no oceano,[2] ao largo da costa da Califórnia, apesar de a maior parte da tripulação se ter salvo.[3]

Meia dúzia de metros mais pequeno que o Hindenburg, tanto o Macon como o seu semelhante USS Akron (ZRS-4) encontravam-se entre os maiores objectos voadores do mundo, em termo de comprimento e volume. Embora o Hindenburg fosse o maior, ele era cheio de hidrogénio, enquanto que os dois dirigíveis americanos eram cheios de hélio.

Referências

  1. «Airships U.S.S. Akron and U.S.S. Macon | Flying Aircraft Carriers of the US Navy». www.airships.net. Consultado em 11 de outubro de 2015 
  2. «USS Macon (ZRS-5) - AviationRepublic». AviationRepublic (em inglês). Consultado em 11 de outubro de 2015 
  3. «Rigid Airships Photo Index: USS MACON (ZRS-5)». www.navsource.org. Consultado em 11 de outubro de 2015