Ubiratan Iorio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ubiratan Iorio
Nome nativo Ubiratan Jorge Iorio de Souza
Nascimento 24 de maio de 1946 (73 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Alma mater Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Getúlio Vargas
Ocupação economista, escritor
Empregador Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Instituto Mises Brasil, Banco Central do Brasil, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais
Página oficial
http://www.ubirataniorio.org/

Ubiratan Jorge Iorio (Rio de Janeiro, 24 de maio de 1946) é economista, professor da UERJ, Diretor Acadêmico do Instituto Ludwig von Mises Brasil e Presidente do Centro Interdisciplinar de Ética e Economia Personalista (CIEEP).[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bacharelou-se em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), obtendo o grau de mestre e doutor em Economia pela Escola de Pós-Graduação em Economia (EPGE) da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro (FGV-RJ).[3][4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Foi do Banco Central do Brasil e do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE) da FGV-RJ, além de ter sido pesquisador do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC).

É Professor Associado do Departamento de Análise Econômica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Lecionou também em cursos de MBA da FGV-RJ e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Anteriormente, trabalhou na Faculdade de Economia e Finanças do IBMEC no Rio de Janeiro.[5]

Atua há bastante tempo como colunista de diversos jornais, como o Monitor Mercantil, o jornal O Dia, o Jornal da Tarde, o Jornal do Brasil, tendo escrito mais de 500 artigos para a imprensa brasileira sobre economia, ética e temas sociais. Atualmente, vem escrevendo regularmente para a Gazeta do Povo.[6][7]

É Diretor Acadêmico e Sócio Honorário do Instituto Ludwig von Mises Brasil, onde vem promovendo intensas iniciativas de cunho acadêmico, destacando-se o Primeiro Curso de Pós-Graduação em Escola Austríaca, do qual é o Coordenador Geral, e a revista acadêmica MISES - Revista Interdisciplinar de Filosofia, Direito e Economia, onde é Editor Responsável.

É também Presidente Executivo e sócio-fundador do Centro Interdisciplinar de Ética e Economia Personalista (CIEEP). É articulista e membro do Conselho Editorial da revista Liber@amente, editada pela Fondazione Vincenzo Scoppa, de Catanzaro (Itália). Em 2013, foi agraciado com o Premio Internazionale Liber@mente, conferido anualmente pela mesma fundação.[8]

Representante da Escola austríaca de pensamento econômico, foi o primeiro teórico dessa vertente de pensamento econômico atuando na academia brasileira.

Ubiratan Jorge Iorio demonstra interesse em tornar acessível ao público lusófono as ideias do liberalismo austríaco. Em seu website disponibiliza artigos, cursos, podcasts e vídeos em que aplica os ensinamentos da Escola Austríaca aos problemas do Brasil e do mundo.[9]

Seu livro Economia e Liberdade: A Escola Austríaca e a Economia Brasileira, editado inicialmente em 1995, foi a primeira obra sistemática publicada no Brasil sobre o tema.

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Macroeconomia e Política Monetária, (IBMEC, 1984);[10]
  • Uma Análise Econômica do Problema do Cheque sem Fundos no Brasil, (IBMEC, 1985);
  • Economia e Liberdade: A Escola Austríaca e a Economia Brasileira, (Forense Universitária, 2ª edição, 1997);
  • Economia, Política e Ética: Ensaios Contra o Vento, (Prestígio Editorial, São Paulo, 2010);
  • Ação, Tempo e Conhecimento: a Escola Austríaca de Economia, (Instituto Ludwig von Mises Brasil, São Paulo, 2011);[11]
  • Dez Lições Fundamentais de Economia Austríaca, (Instituto Ludwig von Mises Brasil, 2013);[12][13]
  • Dos ProtoAustríacos a Menger, (Instituto Ludwig von Mises Brasil, São Paulo, 2015);[14]

Referências

  1. «Instituto Rothbard - Ubiratan Jorge Iorio». Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  2. «Ubiratan Iorio». Ludwig von Mises Italia (em italiano). Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  3. «Autor - Ubiratan Iorio». Instituto Millenium. Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  4. Souza, Ubiratan Jorge Iorio de (1984). «Uma análise econômica do problema do cheque sem fundos no Brasil» 
  5. «Ubiratan Iorio». www.rplib.com.br. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  6. «Artigo – Do RPLIB: A liberdade vem com tudo, por Ubiratan Iorio | A Voz do Cidadão». Consultado em 29 de janeiro de 2019 
  7. «As duas categorias de brasileiros». Gazeta do Povo. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  8. Iorio, Ubiratan Jorge. «Ubiratan Jorge Iorio, Autor em Burke Instituto». Burke Instituto. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  9. «'Ensaios contra o Vento'». Instituto Liberal. 27 de setembro de 2010. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  10. «IBGE | Biblioteca | Detalhes | Macroeconomia e politica macroeconomica / Ubiratan Jorge Iorio de Souza. -». biblioteca.ibge.gov.br. Consultado em 30 de janeiro de 2019 
  11. Iorio, Ubiratan Jorge (1 de agosto de 2017). Ação, tempo e conhecimento: A escola Austríaca. [S.l.]: LVM Editora. ISBN 9788562816260 
  12. Iorio, Ubiratan Jorge (14 de junho de 2013). DEZ LIÇÕES FUNDAMENTAIS DE ECONOMIA AUSTRÍACA. [S.l.]: Instituto Ludwig Von Mises Brasil. ISBN 9788581190471 
  13. Iorio, Ubiratan Jorge. Dez Liçoes Fundamentais De Economia Austriaca. [S.l.]: LVM EDITORA. ISBN 9788581190501 
  14. Iorio, Ubiratan Jorge (22 de junho de 2018). Dos Protoaustríacos a Menger: Uma breve história das origens da Escola Austríaca de Economia. [S.l.]: LVM Editora. ISBN 9788593751332 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]